Página Inicial » Dietas e Nutrição » Tabela de Índice Glicêmico dos Carboidratos

Tabela de Índice Glicêmico dos Carboidratos

Nessa tabela com o índice glicêmico dos carboidratos, você poderá encontrar os alimentos de acordo com sua glicemia e incluir nos momentos certos da dieta ao longo do dia.

Quando montamos uma dieta, sabemos da importância de priorizar certos carboidratos em determinados períodos do dia, os carboidratos de baixo a moderado índice glicêmico (IG) são recomendamos na maior parte do dia até antes do treino, por ter uma absorção mais lenta, vai fornecer energia contínua e uma elevação mais estável e lenta do açúcar no sangue, o que já não acontece com os carboidratos de alto índice glicêmico, que são mais indicados para depois do treino, pois elevam o nível de glicose no sangue, aumentando a glicemia e fornecendo energia rapidamente, necessária para recuperar-se dos treinos, repondo o glicogênio muscular e aumentado à demanda de insulina, hormônio altamente anabólico e que além de tudo vai ajudar na absorção de nutrientes (proteínas, vitaminas, minerais…) nas células musculares.

De posse dessas informações, fica mais fácil saber quais alimentos incluir em nossa dieta, por isso montei essa tabela com os principais alimentos do nosso cardápio e seu índice glicêmico.

 Alimentos com valor de IG até 55 são considerados de baixo Índice Glicêmico.

Entre 56 a 69 de IG moderado.

70 ou mais, de Alto IG.

Alimentos com I.G. Baixo

Alimentos com I.G. Moderado

Alimentos com I.G.
Alto

Até 55

IG

56 a 69

IG

70 ou mais

 

IG

Cenoura crua

16

Ameixa

56

Pão de forma

70

Soja

18

Raviole carne

56

Purê de batata

70

Aspargos

20

Pão sírio

57

Cream cracker

71

Brócolis

20

Damasco

57

Pão branco de trigo

71

Couve de Bruchellas

20

Suco de maçã

58

Sorvete Light

71

Repolho

20

Espaghetti Branco

59

Inhame

73

Couve-flor

20

All Bran

60

Suco de laranja

74

Pepino

20

Pessego Fresco

60

Kiwi

75

Salsão

20

Laranja

62

Abóbora

75

Berinjela

20

Yakult leite fermentado

64

Waffles

76

Cogumelo

20

Macarrão

64

Pão preto

76

Tomate

20

Capellini

64

Bebidas Isotônicas

78

Abobrinha

20

Passas

64

Gatorade

78

Espinafre

20

Sopa de feijão preto

64

Bolacha de água

78

Couve

20

Lactose

65

Pão de Centeio

78

Alface

20

Uva

66

Pão sem glúten

79

Iogurte light

20

Abacaxi

66

Pipoca

79

Amendoim

21

Suco de Abacaxi

66

Musli

80

Cereja

22

Pêssego enlatado

67

Manga

80

Feijão de soja

23

Nhoque

67

Arroz branco

81

Iogurte c/ frutas

26

Pão de Centeio Light

68

Banana

83

Iogurte sem sacarose

27

Arroz parboilizado

68

Corn flakes

83

Feijão preto

30

Biscoito de água

69

Chocolate

84

Damasco seco

31

Sorvete

84

Cereja

32

Sopa de feijão

84

Palatinose

32

Pizza de queijo

87

Frutose

32

Pão de Hamburger

87

Iogurte desnatado

33

Sacarose

87

Iogurte

36

Mingau de aveia

87

Feijão-fradinho

36

Bolos

87

Cevada

36

Beterraba

88

Lentilhas

38

Biscoitos

90

Leite integral

39

Pão de semolina

92

Ravioli

39

Cuscus

93

Grão-de-bico

42

Pudim de leite condensado

93

Pão de mel

43

Nutri-granola

94

Leite de Soja

43

Pão francês

95

Batata Doce

44

Pão de Cevada

95

Damasco seco

44

Croissant

96

Feijão manteiga

44

Milho

98

Fettuccine

46

Farinha de trigo

99

Leite desnatado

46

Mamão papaia

100

Nozes

47

Pão branco

100

Centeio

48

Melancia

103

Iogurte com sacarose

48

Mel

104

Ervilha fresca

48

Maltose (Maltodextrina)

105

Arroz integral

50

Trigo cozido

105

Espaghetti integral

50

Batata frita

107

Maçã

52

Donuts

108

Sopa de tomate

54

Waffle

109

Pêra

54

barra de cereais

109

 Aveia  55

Tapioca

115

Arroz Krispies

117

Corn Flakes

119

Batata cozida

121

Pão de Trigo

129

Baguette Francês

136

Dextrose c/ sabor

 

138

Índice Glicêmico em Relação à Glicose = 100

Como podem notar, alguns alimentos estão em negrito, são os que estão ainda mais presentes em nosso cardápio e que eu costumo incluir em minha dieta, se tiver dificuldade de encontrar algum alimento, de um CTRL+F para fazer a busca e senão tiver ai na tabela, mande pela área de comentários que iremos pesquisar.

Fonte: Glycemicindex.com

46 Comentários

  1. Fala sobre o Pequi e o Bife de Fígado.

  2. Muito obrigado, tava procurando isso!

  3. A tapioca possui IG de 115, o que e bastante alto. Porque esse alimento e considerado adequado como suporte na dieta alimentar?

    • Olá.
      Não sei não. Gostaria de saber por que todos os endocrinologistas não cortam de vez os alimentos
      que contém carboidratos dos alimentos do diabeticos. Arroz integral tem mais carbo do que o arroz
      comum. Tudo que é diet não tem açucar, ou melhor, não tem adição de açucar, mas são ricos em carbo que por sua vez se transformarão em açucar que é veneno para diabetes.
      Quando vi minha diabetes estava em 380. Dai começou aquela correria e consegui baixa-lá a níveis controláveis.
      Comecei a seguir uma receita recomendada, mas ainda ingerindo alimentos diet e integrais. Contudo, minha
      glicemia ainda não caia a níveis desejáveis. Ai entrou em ação o remédio.
      Hoje não como nada diet, cortei tudo que é grão, como muita salada, carnes e ovos, e acredite, se for
      pesquisar há uma infinidade de coisas gostosas para fazer com as folhas verdes e afins, e isso já tem uns
      3/4 meses e os meus exames me surpreendem a cada vez que os faço. Minha hemoglobina glicosilada esta caindo e o colesterol, tanto o bom quanto o mal estão dentro dos parametros normais.
      Eu sei que cada caso é um caso, mas se o fumo te faz mal você corta, se a bebida te faz mal voce corta, se
      o açucar te faz mal corte-o. Fuja de alimentos diet (todos) refrigerantes todos, principalmentes os diet. Para não colocarem mais açucar nos refrig tem-se que colocar uma infinidade de produtos quimicos para dar aquele sabor adocicado e para voce eliminar um copo de refri voce precisar tomar 18 copos de agua. Aindustria diet é fantastica para ludibriar e persuadir. Os melhores alimentos são os in natura.
      Não sei, se voce enfrenta problemas como eu, investigue, vale a pena, e olha estou quase parando de tomar remédio.
      Quero frisar que não estou criticando os endócrinos não. São profissionais capacitados e merecem respeito
      e credibilidade, mas acho que precisariam abndonar aquela teoria academica de sei lá, vamos dizer assim: tapar o sol com a peneira. SE VOCE NÃO PODE COM CARBOIDRATOS VOCE TEM DE PARAR DE COME-LOS.
      Sucesso a todos.

      • Fernando, você tem toda razão do mundo! Eu também estava fazendo uma dieta de massa integral (pão de trigo integral) pensado que ia melhorar minha glicemia, porém minha glicose e hemoglobina glicada só ia aumentando a cada dia. Então, resolvi tirar tudo e só consumir vegetais tais como folhas, verduras e frutas de baixo índice glicêmico. Tirei todas as massas refinadas e integrais, refri, açúcar, adoçantes, leite, carnes. De proteína somente ovo caipira, às vezes seis a oito por dia. No mais, muito caldo de verduras, folhas e feijão verde. Líquido somente água e sucos verdes no liquidificador. Quando a fome aperta, eu como batata doce com abacate (dois vegetais de Baixo IG) numa espécie de purê amassado que eu faço com os dois e acho super gostoso e que me dá saciedade. Depois de um ano, o resultado foi minha glicose quase que normal e às vezes dando até normal. Adeus minha Esteatose Hepática (já estava no grau 3 – grave) e minha Bactéria H. Pilory também se foi sem antibiótico. Nenhum sintoma mais de minha Hérnia de Hiato e as pedras nos rins sumiram da ultrasom. Meus colesterois bom e ruim estão ótimos pela primeira vez em décadas e de quebra perdi 15 quilos. Aprendi meu caminho: uma dieta alcalina com vegetais e frutas de baixo IG e muita ingestão de líquidos nos intervalos das refeições. Ia esquecendo: todas as minhas dores da artrose nas articulações foram embora (pescoço e coluna). Não parece um milagre? Meu amigo, tirando o glúten e a caseína do leite todas a dores vão embora e a gente emagrece que é uma beleza! Estou economizando uma fortuna de médicos e remédios e minha qualidade de vida é outra. Sinto-me alforriado. Quem quiser experimente só por alguns meses e verá a diferença. Sinto-me agraciado por Deus e por isso repasso estas dicas de saúde. Nunca passei fome agora nestes mais de dois anos desta dieta. Na verdade, no meu comentário anterior em 2013 eu tinha emagrecido 18kg, mais como andei saindo um pouco da linha, engordei 3kg, mas já voltei para dieta de base, inclusive, além das pedras nos rins terem sumido, o cisto em um deles também sumiu. Agradeço muito a este blog. Grato, Gil!

        • Galera, lembrem-se que cada caso é um caso. Se a pessoa realmente tiver algum problema de saúde, ela vai ter que fazer um corte brusco nos carboidratos. Mesmo que pão integral tenha um IG baixo, verduras e legumes vão ter IG mais baixos ainda e pelo fato de terem poucos carboidratos o corpo vai absorver melhor. Não é porque com vocês alguns alimentos não funcionaram que com outras pessoas também não vai, depende de como o organismo vai responder.
          Respondendo o Miki, a tapioca apesar de ter alto IG, tem poucas calorias, além de ser basicamente carboidrato, sem gorduras, proteínas e diversos nutrientes. Em dietas que buscam o a hipertrofia ela pode ser consumida ao acordar ou depois do treino, como qualquer outro alimento com alto IG, como forma de brecar o estado de catabolismo do corpo. Tem-se uma longa discussão sobre esses estados de catabolismo, mas isso é algo muito extenso, que não vale a pena falar aqui.

  4. Não entendi, esses valores são por porções? Como me basear??

  5. Olá Carlos, muito útil esta tabela, obrigada por compartilhar.

    Teria como você dizer o qual o máximo destes carboidratos devemos colocar nas refeições? Este índice vale para qualquer quantidade ou somente para uma porção, tipo 100g por exemplo?

    Obrigada

    Cleide

  6. Primeiramente, obrigada pela tabela que é muito útil!
    Notei que Pão de mel com IG 43. Que tipo de pão de mel é esse? E fettuccine está na lista duas vezes, uma vez aparece com IG 32 e outra com IG 46.

  7. Leiam o Livro ” BARRIGA DE TRIGO” do doutor Charles Davis e vocês entenderão o índice glicêmico dos alimentos e seus efeitos no corpo.

  8. Pô, eu nunca sei se banana é de alto ou baixo índice glicêmico. Tem site que diz uma coisa e outro que diz o contrário… Rsrs. No mais, ótimo texto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


1 + 9 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>