Página Inicial » Treinos » Princípios do treinamento de força – A continuidade

Princípios do treinamento de força – A continuidade

O princípio da continuidade dentro do treinamento de força está totalmente ligado ao da adaptação. Entenda melhor esse princípio para aplicar nos treinos.

Antes de falar do princípio da continuidade, é extremamente necessário falarmos antes disso dos tais “projetos de verão” que nessa época do ano deixam de fazer parte do cotidiano de certas pessoas. Como já tratei no artigo sobre a furada do projeto verão, exercitar-se apenas durante algumas épocas do ano não é nem saudável e nem consegue produzir resultados positivos de verdade. Qualquer um que estude um pouco de treinamento físico e fisiologia do exercício sabe que não é possível conseguir resultados satisfatórios de maneira saudável em cerca de 2 meses, como a maioria dos “projetos de verão” prometem.

GettyImages

Pois bem, esta pequena introdução serviu para entrarmos no assunto do princípio da continuidade. Este princípio está intimamente ligado ao princípio da adaptação, tratado neste artigo (Princípios do treinamento de força – A adaptação). Na verdade estes princípios interagem entre si e os seguir é fundamental para seu real desenvolvimento. O corpo só vai se adaptar a um exercício, e com isso se desenvolver, se o treinamento for contínuo. Isto chega a soar como clichê para os praticantes, mas é importante ressaltar isso por que os programas “milagrosos” surgem cada vez mais. E se eles surgem é por que tem adeptos.

Tubino (1994) diz que:


“ Pode-se dizer que este princípio compreenderá sempre no treinamento em curso uma sistematização de trabalho, que não vai permitir uma quebra de continuidade, isto é, que o mesmo apresente uma intervenção compacta de todas as variáveis atuantes entre si. Em outras palavras, considerando um tempo maior, o princípio da continuidade pode ser definida é aquela diretriz que não permite interrupções durante esse período”.

Podemos afirmar então que o treinamento físico, independente do objetivo é a soma do que vem sendo feito ao longo do tempo. Uma pessoa que passa metade de um ano, terá menos adaptação e piores resultados. Como já expliquei neste artigo (Como periodizar seu treino de musculação) um treino bem planejado será feito em um ciclo de cerca de um ano, chamado de macrociclo. Quem não da continuidade ao treino, reduz seu macrociclo, e consequentemente os meso e microciclos. A consequência mais óbvia é um resultado muito aquém do esperado.

Este é apenas um dos problemas em não darmos continuidade ao treino. Se você treinar sazonalmente, os princípios adaptativos do treino não serão crônicos. Imagine alguém que faça musculação, e que de tempos em tempos pare de treinar, ou que não tenha uma rotina de treinos de pelo menos 3 sessões semanais. Esta pessoa não irá obter os benefícios da supercompensação e consequentemente irá ficar com seu treino estagnado, sem desenvolver aspecto nenhum e ainda por cima impondo seu corpo a agentes estressores que podem causar lesões.

Então quer dizer que a pessoa precisa treinar o tempo todo, sem nenhum período de férias? Novamente falando em periodização, claro que não. Dentro de um bom planejamento do treino, períodos de férias ou de descanso ativo, onde se utilizem atividades recreativas e se deixa a prática da musculação de lado, tem de estar presentes. É o chamado período de destreinamento, necessário para que a pessoa possa recuperar seu corpo para o próximo ciclo. Mas este período tem de ser planejado e não pode ser demasiadamente longo, para não prejudicar o restante do macrociclo. Além do mais, algumas pesquisas sugerem que quanto maior o desenvolvimento da pessoa, mais tempo ela leva para perder sua condição física.

Assim, treinar ( se é que podemos usar este termo aqui) sazonalmente além de não te ajudar em nada, pode vir a trazer lesões, pois seu corpo não chega a passar pelo processo de adaptação, e se passa, perde tudo o que foi conquistado com o breve treinamento.

Sobre Sandro Lenzi

Educador físico apaixonado pelo desenvolvimento humano. Atuo como produtor de conteúdo, personal trainer e com consultoria online.

Um comentário

  1. alguma referencia para mostrar ?
    estou a procura …..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!