Página Inicial » Emagrecimento » Semente de chia – Benefícios para saúde e emagrecimento

Semente de chia – Benefícios para saúde e emagrecimento

Conheça os 11 principais benefícios da semente de chia. Para que serve, como ela ajuda emagrecer e melhores formas de se consumir.

Semente de chia

Chia, Salvia hispanica L., se caracteriza planta herbácea de família das lamiáceas, em que ainda integram sálvia e linho, sendo popular como “salvia hispânica”. Com origem no México, as próprias sementes já tinham uso como item alimentar por povos que compunham civilizações da América Central há vários séculos.

A relevância da ingestão de tal semente tem recebido reforço pelos especialistas na nutrição humana, já que nela são presentes ácidos graxos poli-insaturados essenciais, proteínas, fibras e mais nutrientes.

Porém a popularidade notória de chia foi adquirida pelos próprios efeitos em relação à dieta, já que a semente vai contribuir para a perda de peso. Ingerir a mesma quer dizer receber vários benefícios, a incluir desde regular os níveis de colesterol, do sangue, ao fortalecimento de sistema imunológico.

Composição da Semente de Chia

Para cada 25 gramas, uma porção, da semente de chia, são 122 kcal. Chia tem possibilidade de ser de modo fácil ingerida com saladas ou em mistura de vitaminas e sucos, sem contar mais receitas, em porção de 2 colheres de sopa, equivalendo a 25 gramas.

A mesma apresenta alto teor dos ácidos graxos poli-insaturados essenciais, modelos de gorduras determinadas benéficas para organismo, e chia é rica no ácido graxo alfa-linolênico, também popular de ômega 3.

E ainda possui carboidratos determinados de baixo índice glicêmico, já que em torno de 34.4% da quantidade de 100 g da semente é formada pelas fibras alimentares. Afinal, a semente também tem compostos fenólicos com consideração como fonte natural dos antioxidantes. Entre estes se encontram ácido cafeico e ácido clorogênico.

A própria semente é determinada como fonte protéica interessante por apresentar alto teor das proteínas, se caracterizando em sua maioria, aminoácidos essenciais, portanto, os que não têm produção pelo organismo, leucina, lisina, isoleucina, fenilalanina, treonina, triptofano, metionina, histidina e valina.

Para entender, é necessário o consumo em torno de 50 gramas das proteínas, diariamente, segundo Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Anvisa, com consideração da dieta de 2 mil calorias por dia. Isto representa que 25 gramas da chia apresentam 8% de proteína necessária no único dia.

Porém chia ultrapassa mesmo em porção de fibras, 2 colheres de chia têm 8.6 gramas das mesmas. Já que é necessário ingerir 25 gramas destas substâncias diariamente, isto significa que a porção apresenta 34% de fibras necessárias por dia.

Chia emagrece?

Uma das razões que fazem da chia importante aliada no emagrecimento se resume em sentir saciedade gerada pela semente. As suas fibras apresentam capacidade de absorção de bastante água, com transformação em tipo de gel. Basta realizar o teste, ao deixar uma quantidade de molho em copo para notar o inchaço da semente em tempo curto.

Na situação de consumida, a reação é parecida. Ao ter contato com sucos gástricos, suas fibras têm transformação neste gel, aumentando dilatação do estômago. Tal mecanismo se resume um dos aspectos que contribuem para saciedade, e como conseqüência, leva à ingestão inferior dos alimentos.

E, a ingestão regular da chia pode ser benéfica para formação da gordura localizada evitada, mais uma enorme inimiga dos indivíduos que enfrentam os ponteiros em relação ao peso.

Um estudo com publicação em European Journal of Clinical Nutrition fez validação da pesquisa. Nesta, 11 pessoas saudáveis ingeriram a semente durante 12 semanas e conquistaram diminuição em glicemia depois da refeição, portanto, não ocorreram picos da insulina pelo sangue, então, a glicose teve liberação de modo lento em organismo.

Este processo evita que a gordura tenha acúmulo, e como decorrência, afasta o excesso em relação ao peso. Os participantes do estudo ainda fizeram relato de redução do apetite até 120 minutos depois da ingestão da refeição, de forma diferente das pessoas que não ingeriram a chia, indicando então seu efeito em aumentar saciedade.

Leia também: Quinoa – Benefícios e como preparar

11 Benefícios da Chia

1° Efeito Contra a Celulite
Já é entendido que a chia apresenta porções relevantes do ômega 3 e vários estudos têm feito relação da ingestão deste ácido graxo e a redução da inflamação, o que seria favorável para reduzir e evitar celulite, processo de inflamação.

2° Pele e Cabelos Lindos
Na própria composição nutricional, a chia ainda possui vitamina A, nutriente que atua de antioxidante enfrentando radicais livres e ainda ajuda a reduzir acne e prevenir pele ressecada. A semente ainda carrega vitamina B2, essencial à pele, cabelos e unhas saudáveis.

3° Prevenção e Controle de Diabetes
Por apresentar fibras e elevar o período de liberação de glicose, chia pode ser associada à prevenção de diabetes tipo 2. E tem funcionamento da seguinte maneira.

A digestão de carboidratos inicia pela boca e finaliza em intestino, lugar em que partes superiores do carboidrato têm transformação em espécies variadas do açúcar, frutose, galactose, glicose, para terem absorção.

Na situação de ingerida com fontes dos carboidratos, pães, massas, frutas, as fibras de chia possuem de efeito a redução de velocidade, em relação à saída do carboidrato do estômago e chegada para intestino, para finalizar de ter digestão e absorção, exatamente por terem transformação no gel.

Desta maneira, a glicose tem liberação de modo lento pela corrente sanguínea, induzindo que o hormônio insulina, essencial para transportar a mesma para células, também tenha liberação em doses diminutas.

A vantagem do processo todo é que com quantidade inferior de doses de tal hormônio a circular pelo organismo, é evitada então situação denominada resistência à insulina.  

O quadro acontece na situação de ser necessária quantidade superior do composto para que a quantidade idêntica da glicose tenha armazenamento, e em grande prazo contribui para surgimento de diabetes tipo 2.

4° Prevenção de Doenças Cardiovasculares
A ingestão regular da chia tem capacidade de evitar enfermidades, sendo exemplo derrame, infarto e hipertensão, devido às próprias quantidades enormes de ômega 3.

Tal ácido graxo diminui a composição dos coágulos sanguíneos e arritmias, e reduz o colesterol a circular pelo sangue. E, ômega 3 auxilia em regular pressão de vasos sanguíneos, já que eleva a fluidez sanguínea, com aumento da pressão arterial então evitado.

5° Colesterol Regulado
Da gordura total que forma a chia, em torno de 77% são compostos pelos ácidos graxos ômega 3 e 6. Tais gorduras apresentam como uma das próprias principais propriedades, diminuir colesterol ruim, LDL, e aumento do colesterol bom, HDL, e também baixa triglicérides pela corrente sanguínea.

E as fibras da semente também possuem efeito interessante para reduzir concentração de lipídios pelo sangue, que é a situação de colesterol, como um aspecto importante.

6° Efeito para Desintoxicar
Antioxidantes, sendo exemplo ácido cafeico, da própria composição, se resumem responsáveis por ajudar em desintoxicar o fígado, e impedir a composição dos radicais livres que atuam a destruir membranas celulares, com desencadeamento do processo do envelhecimento.

7° Fonte para Cálcio
Por conter muito cálcio, a chia se caracteriza alternativa às pessoas que possuem intolerância com lactose, precisando das fontes opcionais deste mineral. No entanto, alimentos como exemplo gergelim e tofu, apresentam quantidades superiores do cálcio, e é interessante ingeri-los também.

8° Proteção ao Cérebro
A mesma ainda pode contribuir para ligações cognitivas pelo cérebro. Vários estudos fazem relação de ácidos linoléico e alfa-linolênico encontrados em semente, com composição de membranas celulares, transmissão dos impulsos nervosos e funções cerebrais.

9° Fortalecimento da Imunidade
Por apresentar minerais, sendo exemplo zinco e selênio, que ajudam sistema imunológico, a chia é essencial para reforço de defesas, com afastamento das enfermidades, como exemplo gripes, processos infecciosos e resfriados.

E por apresentar nutrientes, sendo exemplo cálcio, manganês, potássio, fósforo e sódio, a semente é essencial para manutenção de células íntegras e saudáveis.

10° Fonte Importante de Ferro
O mineral encontrado em quantidade enorme em chia tem muito boa absorção neste alimento. Trata-se do principal nutriente na composição de glóbulos vermelhos, que fazem transporte do oxigênio no corpo.

A diminuição de tais glóbulos e de oxigenação acarreta anemia, cansaço e fadiga, eleva chances de infecções e ainda tem relação com baixa em imunidade.

11° Fonte de proteínas
 Ótima fonte de proteínas para os vegetarianos que não consomem carnes bovinas, em 100g de chia, encontra-se 16g de proteínas. 

Leia também: Semente de linhaça: a mais nova aliada da dieta

Quantidade Adequada para Consumo da Chia

A chia pode ser adquirida nos supermercados gerais, lojas de produtos naturais, e naquelas que comercializam os próprios produtos online. Os especialistas afirmam que não existe porção diária determinada à ingestão de chia.

Porém, estudos com condução nos humanos que tiveram resultados interessantes usaram 25 g de semente, em torno de 2 colheres de sopa, diariamente. É importante frisar que algumas pessoas utilizaram mais. Porém, como a mesma é calórica, o mais indicado é que sejam mantidas 25 gramas diariamente.

A chia pode ser ingerida crua, na forma de gel, de óleo, ou triturada. A semente é capaz de manter suas propriedades nestas formas de ingestão todas. É possível usar a chia substituindo ovos de receitas, em forma de gel, de farinha. Ainda com óleo de chia, semente seca.

Em relação à dúvida de uso da chia apenas ou com mais grãos, geralmente os indivíduos fazem mistura de grãos fontes de nutrientes diversos, para alcançar benefício particular, nem sempre com promoção por todos os grãos da mistura.

Apresentando benefícios para saúde próximos para da chia, há gergelim, girassol e linhaça. Porém, não é adequado o consumo de uma porção de cada uma, diariamente, por causa da quantidade elevada das calorias que tais sementes carregam. Então, a solução pode se resumir a preparar mix de tais grãos e ingerir até 25 gramas do mix diariamente.

Como consumir a semente de chia

A recomendação dos nutricionistas é consumir duas colheres de sopa por dia, uma meia hora antes do almoço e outra meia hora antes do jantar, com um copo de água.

Grão – pode ser utilizado em diversas receitas, como pães e bolos.

Óleo – pode ser utilizado como tempero de saladas ou peixes. Lembrando que quando está na versão óleo, a chia perde suas fibras, no entanto, os demais nutrientes continuam presentes.

Farinha – é uma ótima opção para acompanhar frutas e iogurtes. Experimente acrescentar também na salada.

Leia também: Três receitas de chia e quinoa para a sua dieta

Contraindicações e Riscos

Não existe contraindicação à ingestão de chia, no entanto, suplementos devem ser usados apenas através da prescrição médica ou do nutricionista. Em relação aos riscos, a chia se caracteriza carboidrato, mesmo contendo fibras, e com excesso, pode acarretar ao ganho de peso, aos desconfortos gástricos, já que retarda que os alimentos saiam de estômago.

E constipação do intestino, em especial se a pessoa não beber quantidade adequada da água. O consumo em excesso das fibras pode fazer interferência do modo negativo em absorver minerais, sendo exemplo zinco e cálcio.

5 Comentários

  1. Onde encontrar essas sementes de chia…

  2. Alguém que tenha tomado a semente de chia, gostou dos resultados obtidos, conseguiu mesmo emagrecer?

    Grata se alguém pode ajudar.

    • Eu estou tomando há duas semanas e já consegui perder 3kg, mas é o que a reportagem fala: vc deve tomar moderado, pois possui alto teor energetico consumido em grande quantidade. Pesquisando, encontrei que deve ser consumido até 6 colheres de chá nas refeições. Ai vc coloca 1 colher em cada refeiçao.

      Espero ter ajudado

    • Eu estou usando chia na água, tomo todos os dias já perdi 3 kgs em 1 mês, realmente ela tira a fome, estou super feliz em usar chia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!