Página Inicial » Saúde » Sinvastatina: Para que serve, indicações, efeitos colaterais e se ela emagrece mesmo

Sinvastatina: Para que serve, indicações, efeitos colaterais e se ela emagrece mesmo

Todas as informações sobre a Sinvastatina. O que é, quais as indicações, seus efeitos colaterais e se esse medicamento emagrece mesmo.

sinvastatina para que serve efeitos colaterais emagrece

No início da década de 50, alguns cientistas começaram a pesquisar sobre a biossíntese do colesterol. Em 1959 foi descoberta uma enzima que chamaram de HMG-CoA redutase (hidroximetilglutaril-co-enzima A), uma das principais responsáveis pela produção de colesterol. A partir disso, vários cientistas se mobilizaram para descobrir um meio de inibir a ação dessa enzima. O objetivo principal de todo esses esforço por parte da medicina era o desenvolvimento de um medicamento chamado Lovastatina que ajudava a tratar e prevenir a hipertensão arterial. No final das contas acabaram descobrindo um inibidor da enzima através da fermentação do fungo Aspergillus terreus ao qual deram o nome de sinvastativa.

Como funciona a Sinvastatina

A sinvastatina é um composto sintético que pertence à classe de fármacos das estatinas, medicamentos utilizados no tratamento da hipercolesterolemia e na prevenção da aterosclerose. Ela tem como função principal reduzir as taxas do LDL (mau colesterol) e triglicérides e aumentar o bom colesterol (HDL). Essa substância consegue minimizar a produção de colesterol a partir do fígado (onde está localizada a maior fonte de colesterol endógeno) ao mesmo tempo que consegue remover parte do colesterol circulante na corrente sanguínea. Quando você toma sinvastatina e faz uma dieta balanceada você estará reduzindo o colesterol que consome e também a quantidade que o seu organismo produz dessa substância.

Para quem é indicado a Sinvastatina

Esse remédio é indicado pelo médico para pessoas que tenham ou possam vir a ter doenças do sistema cardiovascular. Ela ajuda a minimizar os danos que o excesso de colesterol no organismo pode trazer com o passar do tempo. Porém independente do seu nível de colesterol, a sinvastatina ajuda a:

  • prolongar a vida por reduzir as chances de infarto do miocárdio ou AVC;
  • minimiza a necessidade de cirurgias vasculares para melhorar o fluxo sanguíneo como na colocação de stent;
  • também reduz as chances do paciente sentir dor no peito, também chamada de angina.

Leia também: Como evitar e combater o colesterol alto

Níveis elevados de colesterol na corrente sanguínea podem trazer inúmeros problemas para saúde. Um exemplo muito comum é a DAC (doença coronariana) que ocorre por conta do acúmulo de colesterol nos vasos sanguíneos. Isso faz com que a luz do vaso fique menor impedindo a passagem de nutrientes importantes como oxigênio em quantidade suficiente. O excesso de colesterol também pode causar o endurecimento das artérias e a isso chamamos de arteriosclerose. Com a parede do vaso mais rígida o sangue passa por ele com maior dificuldade e se a pressão sanguínea aumentar, a parede pode se romper.

O que pode provocar elevados níveis de colesterol?

Um dos maiores violões neste caso é a alimentação. Comidas ricas em gordura saturada como manteiga e outras gorduras que ficam sólidas em temperatura ambiente têm um papel significante. Outro problema é os distúrbios genéticos como a dislipidemia que altera os níveis de lipídeos ou lipoproteínas circulantes. Existem outros fatores que podem causar DAC:

  • tabagismo;
  • hipertensão arterial;
  • obesidade;
  • diabetes;
  • fatores hereditários;
  • sexo masculino.

Contraindicações da Sinvastatina

Caso seja alérgico a algum componente da sinvastativa (hipromelose, ácido cítrico, amido, hidroxianisol butilado, polissorbato 80, estearato de magnésio, hiprolose, celulose microcristalina lactose monoidratada, ácido ascórbico, macrogol, óxido de ferro vermelho, dióxido de titânio, talco, óxido de ferro vermelho) você deve avisar ao seu médico para que ele prescreva outra medicação. Outro motivo para não tomar é caso tenha alguma doença hepática já que o fígado e o responsável por metabolizar esse fármaco. E se estiver amamentando, tentando engravidar ou gestante, a sinvastatina também é contraindicada. Caso você esteja tomando a medicação e engravidar pare imediatamente e procure o médico. A sinvastatina pode causar malformação do feto durante a gestação. Ela também não é indicada para crianças.

Como usar a sinvastatina

Inicialmente, a sinvastatina é prescrita com uma dose entre 20 a 40 mg ao dia, numa dose única que deve ser tomada no período noturno. A dose máxima que pode ser ingerida sem grandes riscos é de 80 mg por dia também por dose única e também na parte da noite. As doses também podem ser mais baixas que as descritas logo acima se você estiver tomando algum outro medicamento que interfira ou se tiver alguma patologia renal. Basta tomar com água para ajudar o comprido a descer de forma mais suave.

E se eu esquecer de tomar uma dose?

A primeira coisa que você deve ter em mente é: não dobre a dose. Apenas deixe aquele dia que esqueceu de tomar vago e não tente compensar no dia seguinte. Tome a apenas uma dose, como é de costume. Caso você esqueça mais de um dia o melhor a fazer é consultar um médico e seguir as suas orientações.

Quais os efeitos colaterais e adversos que podem aparecer?

Geralmente, a sinvastatina é bem aceita pelos pacientes não ocorrendo muitos efeitos colaterais. Porém se aparecerem sintomas que sejam difíceis de serem tolerados como dores intensas, procure o médico. Veja abaixo quais os principais efeitos adversos:

  • dor de cabeça;
  • fraqueza muscular;
  • mialgia;
  • problemas hepáticos;
  • dor nas articulações e febre e falta de ar podem aparecer nos casos de alergia.

Alguns desses sintomas como a fraqueza e a dor muscular, que podem acontecer devido a rápida “quebra” da musculatura esquelética, podem atrapalhar o seu treino. A melhor forma de resolver isso é procurando um médico.

A Sinvastatina emagrece?

A Sinvastatina é indicada pelo próprio fabricante como foco principal na diminuição dos níveis de LDL sanguíneo, ou seja, diminuir o colesterol ruim, mas isso não significa que esse medicamento ajuda a emagrecer. E nem possui estudos científicos que provem sua eficacia no emagrecimento. A melhor forma para emagrecer de forma saudável e sem comprometer a saúde é através de uma alimentação equilibrada e a pratica de atividades físicas regularmente.

Leia também: Os principais remédios para emagrecer e cuidados importantes

É importante lembrar que o colesterol não é o vilão da história. Ele é essencial para o bom funcionamento do corpo e, principalmente, porque é o responsável pela formação e desenvolvimento da bicamada lipídica que forma a membrana de todas as células do nosso corpo. A presença de colesterol também é necessária para a produção de vitamina D, na formação do sistema nervoso e condução de informações por este e na produção de hormônios sexuais. O colesterol só se torna o bandido quando consumido em excesso através de alimentação ruim ou quando você não pratica nenhum tipo de atividade física, levando uma vida sem qualidade e sedentária.

Sobre Calila Galvao

8 Comentários

  1. Obrigado,por esclarecer duvidas.geralmente os médicos não esclarecem,apenas prescrevem e fica tudo no vácuo.

    Obrigado

  2. Leonel Monteiro Jr.

    Gostava de saber se a Sinvastatina cria dependência. Ou seja uma vez tomada a Sinvastatina terei que tomar para o resto da vida?

    • Tomo sivastina Eli faz mal

    • Para quem tem problemas cardíacos e já passou por angioplastia o uso da sinvastatina é para o resto da vida, sim. E ela não ajuda a emagrecer, apenas ajuda a diminuir o colesterol ruim. O que emagrece é a dieta que devem fazer para ajudar na diminuição da gordura no fígado e nas artérias sanguíneas.

  3. Carlene pires de carvalho

    Tenho veias entupidas, posso tomar Sinvastatina?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!