Página Inicial » Saúde » Sertralina – Todas as informações sobre esse medicamento

Sertralina – Todas as informações sobre esse medicamento

O Cloridrato de sertralina é usado para o tratamento da depressão. Veja todas as suas indicações, bula, efeitos colaterais, se emagrece e seu preço.

Cloridrato de sertralina

Sertralina é um antidepressivo em um grupo de medicamentos chamados inibidores seletivos de recaptação de serotonina, ISRSs. A sertralina afeta substâncias químicas no cérebro que podem estar instáveis, em pessoas com depressão, pânico, ansiedade, ou sintomas obsessivo-compulsivo.

A sertralina é usada para tratar depressão, transtorno obsessivo-compulsivo, transtorno do pânico, transtornos de ansiedade, transtorno de estresse pós-traumático, e transtorno disfórico pré-menstrual.

Informação Importante

O indivíduo não deve usar sertralina se também tomar pimozida, ou se estiver sendo tratado com injeção de azul de metileno. Não usar sertralina se tomou um inibidor da MAO nos últimos 14 dias. Uma interação de medicamento perigosa poderia acontecer.

Alguns jovens têm pensamentos sobre suicídio quando inicialmente tomando um antidepressivo. Permanecer alerta para mudanças no próprio humor ou sintomas. Relatar qualquer novidade ou agravamento de sintomas ao médico.

Relatar qualquer novidade ou agravamento dos sintomas ao médico como alterações do humor ou comportamento, ansiedade, ataques de pânico, problema em dormir, se sentir-se impulsivo, irritado, agitado, hostil, agressivo, inquieto, hiperativo mentalmente ou fisicamente, mais depressivo, ter pensamentos sobre suicídio ou se machucar.

Não dar sertralina para qualquer pessoa menor de 18 anos sem o aconselhamento de um médico. A sertralina é aprovada por FDA para crianças com transtorno obsessivo-compulsivo. E não é aprovada para tratamento da depressão em crianças.

Antes de tomar este medicamento

O indivíduo não deve usar sertralina se for alérgico a mesma, se também tomar pimozida, ou se estiver sendo tratado com injeção de azul de metileno. Não usar sertralina se tiver tomado um inibidor da MAO nos últimos 14 dias.

Uma interação de medicamento perigosa poderia acontecer. Após parar de tomar sertralina, é dever aguardar ao menos 14 dias antes de começar a tomar um MAOI.

Para se certificar que sertralina é segura para si, dizer ao médico se tem:

  • doença hepática ou renal;
  • convulsões ou epilepsia;
  • um sangramento ou doença de coagulação sanguínea;
  • doença bipolar, depressão maníaca, ou histórico de abuso de drogas ou pensamento suicida.

Alguns jovens têm pensamentos sobre suicídio quando inicialmente tomando um antidepressivo. O médico deve verificar o próprio progresso em visitas regulares. A família e outros devem também estar alertas para mudanças no humor ou sintomas.

Tomar um antidepressivo ISRS, como sertralina, durante a gravidez pode causar graves problemas pulmonares ou outras complicações no bebê. No entanto, é possível ter uma recaída de depressão se parar de tomar o antidepressivo.

Dizer ao médico imediatamente se ficar grávida. Não começar ou parar de tomar este medicamento durante a gravidez sem recomendação do médico. Não se sabe se a sertralina passa ao leite materno ou se poderia prejudicar um bebê em amamentação. Dizer ao médico se estiver amamentando um bebê.

Não dar sertralina a qualquer pessoa menor de 18 anos sem o aconselhamento de um médico. A sertralina é aprovada por FDA para crianças com transtorno obsessivo-compulsivo. E não é aprovada para tratar depressão em crianças.

Leia também: Fluoxetina emagrece? Saiba mais sobre suas indicações e efeitos colaterais

Como tomar Sertralina

Tomar sertralina exatamente como prescrito pelo médico. Seguir todas as instruções na etiqueta de prescrição. O médico pode ocasionalmente mudar a dose para certeza de obter os melhores resultados. Não tomar este medicamento em quantidades maiores ou menores ou por mais tempo do que o recomendado.

A sertralina pode ser tomada com ou sem alimento. Tentar tomar o medicamento em mesmo horário a cada dia. A forma líquida, concentrado oral, da sertralina, deve ser diluída antes de tomar. Certificar-se de obter a dose correta, medir o líquido com o conta-gotas fornecido.

Misturar a dose com meia xícara de água, limonada, ou suco de laranja, refrigerante de limão/lima, refrigerante de gengibre. Não usar quaisquer outros líquidos para diluir o medicamento. Agitar esta mistura e beber tudo de imediato. Para certificar-se de obter a dose completa, acrescentar um pouco mais de água no mesmo copo, agitar bem e beber imediatamente.

Este medicamento pode causar a ter um teste de triagem de droga positivo falso. Se fornecer uma amostra de urina para triagem de drogas, dizer à equipe de laboratório que está tomando sertralina.

Pode levar até 4 semanas antes que os sintomas melhorem. Manter uso do medicamento como prescrito e informar ao médico se os sintomas não melhoram.

Não parar de usar sertralina repentinamente, ou o indivíduo poderia ter sintomas de abstinência desagradáveis. Perguntar ao médico como parar de modo seguro o uso da sertralina. Armazenar em temperatura ambiente longe da umidade e calor.

O que acontece ao perder uma dose?

Tomar a dose perdida tão logo lembrar. E pular a dose perdida se está quase na hora para a próxima dose agendada. Não tomar medicamento extra para compensar a dose esquecida. Em caso de ocorrer overdose, buscar atenção médica de emergência.

O que evitar enquanto tomando sertralina

Perguntar ao médico antes de tomar um medicamento anti-inflamatório não esteroide para dor, artrite, febre ou inchaço. Isto inclui a aspirina, ibuprofeno, naproxeno, celecoxibe, diclofenaco, indometacina, meloxicam, e outros. O uso de um medicamento anti-inflamatório não esteroide com sertralina pode causar a situação de machucar ou sangrar facilmente.

Sertralina e álcool
Beber álcool pode aumentar determinados efeitos colaterais da sertralina. Não tomar a forma líquida da sertralina se estiver tomando dissulfiram. A sertralina líquida pode conter álcool e o indivíduo poderia ter uma reação grave a dissulfiram. Este medicamento pode prejudicar o pensamento ou reações. Ter cuidado se dirigir ou fazer qualquer coisa que exija estar alerta.

Efeitos colaterais da sertralina

Obter ajuda médica de emergência se tiver sinais de uma reação alérgica à sertralina, erupção cutânea ou urticária com ou sem febre ou dor em articulação. Ainda dificuldade em respirar, inchaço do rosto, lábios, língua, ou garganta.

Relatar qualquer novidade ou agravamento dos sintomas ao médico como alterações de comportamento ou humor, ansiedade, ataques de pânico, problema em dormir, se sentir-se impulsivo, irritado, agitado, hostil, agressivo, inquieto, hiperativo mentalmente/fisicamente, mais depressivo, ou ter pensamentos sobre suicídio ou se machucar.

Contatar o médico imediatamente se tiver:

– um ataque repentino, convulsões;

– níveis altos de serotonina no corpo, agitação, alucinações, febre, ritmo cardíaco rápido, reflexos alterados, náusea, vômito, diarréia, perda da coordenação, desmaio

– níveis baixos de sódio no corpo, dor de cabeça, confusão, fala arrastada, fraqueza severa, vômito, perda da coordenação, sensação instável, ou

– episódios maníacos, pensamentos acelerados, energia aumentada, comportamento incomum de risco, felicidade extrema, estar irritável ou falador.

Os efeitos colaterais comuns de sertralina podem incluir:

– sonolência, tonturas, sensação de cansaço;

– náusea leve, dor estomacal, desconforto estomacal, constipação;

– boca seca;

– alterações no apetite ou peso;

– problemas para dormir, insônia ou impulso sexual reduzido, impotência, ou dificuldade em ter orgasmo.

Esta não é uma lista completa dos efeitos colaterais e outros podem acontecer. Contatar o médico para aconselhamento sobre efeitos colaterais.

Quais outros medicamentos afetarão a Sertralina?

Tomar sertralina com outros medicamentos que deixa sonolento ou retarda a respiração pode aumentar tais efeitos. Perguntar ao médico antes de tomar sertralina com um comprimido para dormir, medicamento narcótico para dor, relaxante muscular, ou remédio para ansiedade ou convulsões.

Dizer ao médico sobre todos os remédios atuais e de algum modo começar ou parar o uso, especialmente:

– qualquer outro antidepressivo

  • cimetidina
  • fenitoína
  • erva-de-são-joão
  • tolbutamida
  • tramadol  
  • triptofano
  • anticoagulante
  • medicamento para ritmo do coração
  • medicamento para tratar ansiedade, transtornos do humor, ou doença mental, como esquizofrenia
  • medicamentos para enxaqueca

Esta lista não está completa. Outros medicamentos podem interagir com sertralina, incluindo medicamentos com prescrição e sem prescrição, vitaminas e produtos naturais. Nem todas as possíveis interações estão listadas neste guia de medicação.

Suspensão da Sertralina

A sertralina tem uma meia-vida de cerca de 1 dia, o que significa que para cada dia que passa sem tomar o medicamento, o nível de medicação no sangue cai por aproximadamente 50%. Depois de um dia o nível de sangue é reduzido a 50% do nível original, após 2 dias é em 25%, depois de 3 dias para 12.5% e assim por diante.

Se sertralina for interrompida muito rapidamente, os sintomas de abstinência que foram relatados são náusea, tremores, tontura, dores musculares, fraqueza, insônia, e ansiedade. Enquanto a maioria das pessoas suspendendo sertralina tenha nenhum destes sintomas, alguns relataram um ou mais.

Os sintomas geralmente duram aproximadamente de 1 a 2 semanas, mas foram conhecidos a gradualmente diminuir ao longo de um período de tempo de duração de 1 mês. É absolutamente imperativo que sertralina seja interrompida sob supervisão de um médico.

Sertralina emagrece ou engorda?

Os médicos prescrevem sertralina para tratamento de transtornos depressivos, ansiedade e outras condições de saúde mental.  A sertralina pode causar mudanças de peso em algumas pessoas.

Sabendo que esta complicação poderia ocorrer, pode auxiliar o indivíduo a fazer ajustes necessários no estilo de vida para prevenir isso ou lidar de modo eficaz se vivenciar situação.

A perda de peso é um efeito colateral comum da sertralina, afetando crianças e adolescentes mais freqüentemente do que adultos, que necessitam monitorar de perto quando tomando este medicamento. Segundo eMedTV, 7% das crianças tomando sertralina vivenciaram perda de peso maior do que 7% do seu peso corporal.

Em torno de 2% dos adolescentes perderam mais do que 7%. Se o indivíduo perder grandes quantidades de peso e não precisar perder, é possível ter que parar de tomar a medicação. Em torno de 1% ganha peso quando tomando sertralina.

Não é claro se a medicação por si ou uma combinação de mudanças de estilo de vida, condições subjacentes e outros fatores é o motivo para ganho de peso em pacientes tomando sertralina.

Sinais e Sintomas

A perda de peso é muitas vezes precedida pela perda do apetite, náusea depois de comer, e desinteresse em preparação da comida e consumo. A ingestão reduzida calórica e ocasionalmente um aumento na atividade física por causa dos sintomas depressivos reduzidos são geralmente as causas principais da perda de peso em pacientes tomando sertralina.

O apetite aumentado, compulsão alimentar, desejos por comida e preocupação com alimento são comumente associados com ganho de peso em pessoas que tomam sertralina. As escolhas alimentares pobres, como ingestão de alimentos ricos em gorduras saturadas e açúcares, são uma causa principal do ganho de peso para muitas pessoas.

Leia também: Sibutramina: O que é, como tomar, efeitos, preços e onde comprar

Complicações

As alterações de peso de 2,2 kg a 4,5 kg são improváveis a causar problemas de saúde graves na maioria das pessoas. No entanto, o ganho ou perda de peso rápido pode ter implicações de saúde. As pessoas com peso reduzido são mais propensas a sofrer de imunidade inferior, de baixos níveis de energia e deficiências nutricionais, British National Health Services adverte.

As mulheres com peso reduzido podem ter ciclos menstruais irregulares e fertilidade reduzida. Os problemas de sobrepeso e obesidade são endêmicos nos Estados Unidos. National Heart Lung and Blood Institute afirma que as pessoas com excesso de peso estão em um risco superior de doença cardíaca, diabetes tipo 2, apneia do sono e vários tipos de câncer.

Prevenção/Solução

A melhor maneira para prevenir o ganho de peso excessivo ou perda de peso enquanto tomando sertralina é aderir a uma dieta saudável e se exercitar regularmente. Os frutos e legumes frescos, cereais integrais, carnes magras e produtos lácteos com baixo teor de gordura são excelentes escolhas para uma dieta saudável.

Os exercícios de treino de força podem ajudar a construir massa muscular em pacientes com peso reduzido, enquanto os exercícios aeróbicos regulares como corrida ou bicicleta podem ajudar a queimar calorias naqueles que estão acima do peso.

Nem todos os pacientes tomando sertralina vivenciam alterações de peso ou outros efeitos colaterais. O ganho e perda de peso são geralmente mais pronunciados no começo do tratamento e muitas vezes estabilizam depois de alguns meses. Se as alterações de peso são persistentes ou graves, o médico pode ajustar a dose de medicação ou prescrever outros tratamentos.

Sertralina preços
Em uma pesquisada realizada na internet, constatamos que a caixa contendo 30 comprimidos de 50mg tem seu preço média de R$38,50 até R$48,00 dependendo do laboratório. Já a caixa com 30 comprimidos de 25mg, tem seu preço de R$34,40 até R$43,00, também depende do laboratório.

Sobre Fernanda Mayumi

3 Comentários

  1. Ola , uso de setralina tem algum poblema se tomar tribulus terrestris ?

  2. EXISTE ALGUMA DIFERENÇA ENTRE CLORIDRATO DE SERTRALINA 75 MG PARA O tOLREST 75 MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!