Página Inicial » Corridas » Projeto 2014: Correr uma Maratona!

Projeto 2014: Correr uma Maratona!

Todas as pessoas que entram no mundo da corrida, e que são mordidas pelo “Bichinho da corrida” tem o desejo de completar uma maratona. Somente quem treina e sente na pele o que é a corrida de longa distância sabe das dificuldades de correr uma maratona. Completar os 42,195 Km que o soldado Fedípides correu do campo de batalha Maratona até Atenas é um sonho de muitos. Mas completar os 42 k não é uma tarefa para aventureiros! O treinamento requer pelo menos 18 meses de prática, isso em casos de pessoas com bom nível de condicionamento. Menos tempo que isso pode ser arriscado, pois as adaptações que seu corpo necessita para aguentar o tranco de uma maratona não ocorrem tão rápido.

Dicas para quem vai correr uma maratona

Para completar uma maratona, sim completar, pois pela dificuldade da prova, só o fato de cruzar a linha de chegada já é uma grande vitória, você precisará de um treino muito bem estruturado. Eu acredito que amadores, que são a grande maioria dos corredores, devem seguir uma sequência de provas, primeiro para sentirem-se seguros, depois para ter o tempo necessário para se adaptar. Creio que se você começou a correr a pouco tempo, provas entre 5 e 10 k são as mais indicadas. Depois vem a meia, seu primeiro desafio, pois a preparação já é árdua, como citei neste artigo (Como se preparar para sua primeira meia maratona). para a maratona então, o treino é muito mais difícil, pois, quem corre sabe que as chances de “quebrar” na maratona são muito maiores. Diversos estudiosos apontam que o treinamento para maratona, a longo prazo, pode ser prejudicial para a saúde, mas este é assunto para um próximo artigo.

Caso você já tenha completado pelo menos 2 meias, você já está apto para encarar sua primeira maratona. Creio que nestas condições, você precise de pelo menos 5 a 6 meses de preparação específica, já que a básica você já possui com as corridas de 21k.

Inicialmente você tem que desenvolver mais sua resistência. Inúmeros corredores relatam que a maratona transcorre normalmente até o quilômetro 30 e depois deste, encontra-se o temível “paredão”. Este paredão é o momento onde o corpo começa a pedir para parar e se a preparação física e psicológica não for muito bem feita, é o que acaba acontecendo. Portanto, rodagens de no mínimo 30 a 35k nos longões são imprescindíveis. Arriscar os 42k no treino também é essencial, para sentir de verdade a distância.

Outro fator é o respeito a sua velocidade. Maratona não é lugar para arriscar. Estabeleça uma meta de ritmo que você consiga suportar e a siga rigorosamente. Para ter uma ideia, geralmente o pace da maratona é de 30 segundos a 1 minuto mais lento que o da meia. Treinos de velocidade e intervalados são importantes, mas lembre-se que neste momento o mais importante é desenvolver ao máximo sua resistência aeróbica e muscular. E por falar em resistência muscular, a musculação e os treinos específicos de força, como os treinos em ladeira (Leia:Treino em ladeira para corredores) são essenciais. Caso você seja negligente com eles, as chances de não ter força para terminar são imensas. Além disso, o treino para maratona deve ser feito com acompanhamento de um bom profissional de educação física e autorização médica, pois esta é uma prova muito perigosa para quem não tem as condições mínimas de segurança.

Enfim, correr uma maratona é um sonho de muitos, que se não for muito bem planejado pode vir a se tornar um pesadelo. Lembre-se que paciência e treinamento de qualidade são fundamentais para enfrentar a prova mais tradicional do fundismo, o PhD da corrida.

Sobre Sandro Lenzi

Educador físico apaixonado pelo desenvolvimento humano. Atuo como produtor de conteúdo, personal trainer e com consultoria online.
CREF: 22643-G/SC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *