Perder gordura localizada e abdominais para “perder barriga” é possível?

Sanando de uma vez a dúvida sobre perder gordura localizada, dentre elas, fazer abdominais para perder barriga.

Sonho da maioria das pessoas: Queimar gordura localizada. Mas será que isso é possível? Muitas dietas e exercícios, difundidos principalmente em revistas e em sites na internet, prometem essa façanha: a perda de quilinhos, pneusinhos e gordura em lugares determinados.

A ideia geral é perder, através da queima, gordura que se depositou em certos pontos do corpo. Em teoria, exercícios localizados serviriam para auxiliar a queima naquele local. Mas existem variáveis a serem discutidas em relação à veracidade de tal situação.

A princípio, podemos descrever a gordura localizada como sendo depósitos de energia. Quando nos alimentamos incorporamos nutrientes e energias a partir dos alimentos. Alguns alimentos nos proporcionam mais ou menos energia. Podemos ver quais têm mais ou menos energia através das calorias. Alimentos mais calóricos nos proporcionarão mais energia a ser gasta durante as atividades. Quando incorporamos mais energia do que será gasta com as atividades, o corpo retém tal energia em forma de reservas. As reservas são depositadas, na maioria das vezes, em pontos predeterminados pela genética de cada pessoa. Os principais pontos, que recebem energia em forma de reserva, ou seja, como gordura, são o abdômen, cintura, pescoço, braço, culote, glúteos, entre outros.

Alguns pontos do nosso corpo têm mais tecido adiposo. São nesses locais que acumulamos as células de gordura quando engordamos. Algumas pessoas, mesmo magras, acumulam células adiposas. Essa escolha do organismo, por certos locais e por sempre ter deposição de gordura em alguns pontos, são as variantes. Cada organismo tem uma maneira de promover a reserva de gordura. Algumas pessoas se alimentam bem, fazem exercícios e mesmo assim não perdem as gorduras localizadas. Por outro lado, algumas pessoas são sedentárias, não se alimentam bem e mesmo assim não tem nenhuma reserva corporal. A predisposição genética explica muito desses acontecimentos. Além disso, quando ficamos muito tempo sem nos alimentarmos, o organismo retém mais reservas. A lógica disso é a falta de energia em momentos escassos. Quando passamos muito tempo sem nos alimentarmos, em jejum, o corpo não tem de onde retirar energia. Assim, quando nos alimentamos, o corpo tende a pedir por mais alimento, fazendo com que nos alimentemos de uma porção maior, em que uma parte dessa porção será convertida à reserva, e outra será imediatamente transformada em energia. Quando nos alimentamos pouco, mas várias vezes por dia, o corpo não tem a necessidade de criar uma reserva, afinal sabe que receberá alimento imediatamente quando necessitar.

Seria possível, então, fazer exercícios localizados para eliminar as gorduras? Quando exercitamos somente um certo músculo, fazendo abdominais, por exemplo, somente os músculos serão trabalhados. A gordura localizada, como dito anteriormente, não é queimada dessa forma, pois se trata de energia acumulada em forma de gordura. Para conseguirmos queimá-la é necessário que gastemos energia.

Pesquisas recentes demonstram que a perda de gordura ocorre de maneira geral. Quando se exercita o corpo, as gorduras, que foram depositadas em certos pontos devido ao consumo maior de energia em relação ao que se gastava, tendem a ser eliminadas, queimando-se em forma de energia. Para tanto, exercícios de alto desgaste calórico, que são, na maioria, os aeróbicos, são os mais aconselhados. Porém, para que ocorra a queima dos depósitos de gorduras é necessário que ocorra um menor consumo de alimentos ricos em calorias, para que o corpo tenha que retirar energia dos depósitos.

Portanto, para perder gordura em certos pontos, acontecerá uma diminuição da gordura corporal global. Os exercícios localizados auxiliaram no ganho de tônus muscular e, quiçá, de aumento muscular, que também pode ser proporcionada pela associação de alimentação e musculação. Ao perder gordura, os músculos que ficam abaixo do tecido adiposo, ficarão mais expostos, definindo formas e melhorando o aspecto físico do indivíduo.

O que acontece, então, no corpo das pessoas que são magras e, ainda sim, têm depósitos de gordura localizados? A queima de gordura não ocorre. Tais pessoas, provavelmente, não se exercitam regularmente, permanecem muito tempo sem se alimentar, tem a genética para auxiliar e, principalmente, não consomem alimentos saudáveis, que promovem a maior queima de gordura.

Os exercícios locais, como abdominais, não diminuem a gordura naquele ponto, mas dão maior tônus e fortalecem a musculatura da barriga, até porque, são exercícios de hipertrofia. Quando se associa exercícios abdominais com aeróbicos, como corrida, dança, natação etc., a gordura que outrora tampava a musculatura abdominal irá sumir gradativamente, deixando à mostra os músculos definidos da barriga.

Para queimar as gorduras localizadas, os exercícios físicos são os principais aliados. Fazer, no mínimo, 30 minutos de atividade aeróbica, como os que foram citados anteriormente, ajuda a queimar gordura, transformando-a em energia, além de acelerar o metabolismo. A musculação, três vezes por semana, também ajuda a queimar gordura, pois quanto maior for o tecido muscular, mais energia é gasta. A alimentação auxilia muito na diminuição da gordura localizada. Alguns alimentos, como frutas e termogênicos, aceleram a queima de gordura, pois possuem propriedades que aceleram o metabolismo.

O segredo para perder gordura é concentrar os esforços em exercícios aeróbicos, na alimentação saudável, cortando doces e alimentos ricos em carboidratos, e bebendo muito liquido. As gorduras localizadas não são somente um problema estético, mas, também, um problema de saúde, pois podem causar a diminuição do metabolismo, da produção de insulina, assim como causar problemas no coração, devido à interrupção de passagens do sangue por depósitos de gordura localizadas nas veias. Consulte seu médico para avaliar o risco à saúde que a gordura localizada poderia implicar. Vá a um nutricionista para que este indique uma dieta para a queima de gordura. Faça exercícios físicos com a assessoria de um profissional do esporte, para que este indique os melhores exercícios para seu propósito.

por Raquel Torres Costa Bressan Redatora formada em Letras pela Universidade Federal de Viçosa.
[ratings]

8 comentários

  1. Excelente matéria. Nota 10!

  2. Amigo, treino de manhã, assim q acordo ja vou para academia! É valido fazer aeróbico em jejum? Recomenda Efedrina e/ou Cafeina e/ou pó de guaraná? Logo após o aeróbico em jejum não posso treinar pesado com pesos? Abraços

  3. Ola amigo eu sou uma pessoa normal nao muito magra mais nao tenho barriga, eu imagreci muito nesses ultimos tempos maiss somente com uma boa alimentaçao e essercicios fisicos eu na atualidade faso academia de musculaçao, taekwondo e jiu jitso e tomo BCAA para nao perde massa e faço uma dieta para imagreser mais nao perco os famosos ” pneusinho” o q eu faço? Obrigado.

  4. Eu nunca tive predisposição para ter aquele barriga saliente. Mas devido a muitas horas de trabalho mais cursos, acabei ficando um bom tempo sem exercícios, culminando numa barriguinha com os tais pneuzinhos. Voltei a fazer o que sempre fiz. Misturei exercícios aeróbicos com localizados. Menos de um mês recuperei a forma física.
    Eu corro quarenta minutos sem parar na areia da praia, e nesse meio tempo paro para fazer localizados, como me pendurando nas “barras” e elevando as duas pernas como também sentado na rampa, elevando o tronco.

  5. Micael de Souza Bezerra

    Muito legal essas dicas valeu!!!

  6. A minha postagem ficou cortada.

    Olá, adorei as dicas.
    Enfim, tenho 17 anos e comecei a malhar tem uns 3 meses. Só que não tenho condição de comer de 3 em 3 horas e estou com um pouco de gordura localizada na região abdominal. O que é mais indicado pra quem quer perder especialmente essa gordura?
    Sem contar que ganhei o whey com BCAA, é indicado eu tomar ou esperar perder a gordura pra começar?

  7. Excelente matéria, bastante esclarecedora, parabéns

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


5 + 7 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top