Página Inicial » Dietas e Nutrição » Pasta de Amendoim – o que é, como preparar, consumir e seus benefícios

Pasta de Amendoim – o que é, como preparar, consumir e seus benefícios

Todas as informações sobre a pasta de Amendoim. Seu preparo, composição, benefícios para saúde, se engorda ou auxilia na hipertrofia, e quais as melhores formas de se consumir.

Pasta de Amendoim


Ingrediente base
Originário de nossas terras e suas regiões de fronteira, o amendoim é uma planta pertencente a família das leguminosas de ciclo anual, é classificada como uma semente e possui grande importância econômica, principalmente na indústria alimentar.

O amendoim contém grande quantidade de nutrientes, já foi até considerado vilão devido a seu valor calórico (596 kcal para 100gr), porém hoje em dia, devido a evidencias de suas implicações benéficas em vários órgãos e sistemas, o consumo diário de uma pequena porção é bem vinda e usada no tratamento e preservação do bom estado de saúde.

De fácil digestão, sua composição apresenta elevada quantidade de vitaminas, 25% a 30% de proteínas, ácidos graxos insaturados (ácido oléico, ácido linoléico e ácido alfa-linolênico) e pouca quantidade de ácidos graxos saturados. É ótima fonte de fibra dietética, vitaminas antioxidantes, minerais e também fitoquímicos.

Industrialização do amendoim

As maneiras mais comuns de consumir amendoim é inteiro cru, torrado ou em pasta. Além dessas finalidades o amendoim tem sido utilizado para fabricação de óleo, doces, produtos de panificação e também tem sido usado na elaboração de receitas e pratos. Além de servir como alimento é usado na fabricação de tintas, vernizes, óleos lubrificantes, roupas de couro, mobiliário polonês, inseticidas e nitroglicerina são feitos de óleo de amendoim.

A elaboração de pasta de amendoim é um processo industrial que se mostra muito simples: depois de descascar o amendoim e deixá-lo livre de todas as matérias estranhas, ele é levado para assar em torradores especiais e em seguida colocado para esfriar. Logo após as amêndoas são torradas e desembaraçadas dos embriões e são esmagadas, deixando escorrer uma pasta oleosa com a consistência de manteiga. Antes disso, os fabricantes eliminavam a película dos grãos, riquíssima em vitamina B-1, alegando que dava uma aparência desagradável ao produto e o depreciava comercialmente.

Depois de várias experiências nos EUA, passou a ser preparado com a mesma, sucedendo-se ampla campanha publicitária explicando que o aspecto da manteiga não era devido à inclusão de corantes no seu preparo, mas sim à película, de valor vitamínico bastante elevado.

Pasta de amendoim, creme de amendoim ou manteiga de amendoim?

Tudo depende do receituário do produto.

Este produto pode receber adição de óleo vegetal, açúcar ou carboidratos como maltodextrina, conter pedaços íntegros de amendoim, entre outros ingredientes. O ideal é que você opte pelo produto elaborado apenas com amendoim integral.

Histórico do consumo da pasta de amendoim

Fãs de cinema americano já viram a pasta de amendoim ser usada para rechear sanduiches muitas vezes nos filmes. Isso porque durante um período chamado de “Grande Depressão” com inicio no ano de 1929 e que durou a década de 30, onde houve transformação estrutural econômica que afetou muitos países deixando todos em crise econômica.

Devido aos efeitos na economia, os EUA criaram políticas de incentivo à fabricação/industrialização de alimentos de baixo custo mas com elevado valor nutricional, a peanut butter teve excelente aceitação pelo publico tendo seu consumo consolidado entre a população.

Recentemente observamos à pasta de amendoim invadir o mercado de suplementos / alimentos de praticantes de atividade fisica com grande força, sendo consumida em larga escala. Esta “moda” é muito bem vinda, uma vez que a pasta integral de amendoim é saudável e vem sendo usada para substituir produtos não saudáveis que eram usados anteriormente.

Benefícios da pasta da pasta de amendoim

– Melhora o humor!

A pasta de amendoim fornece grande quantidade de vitaminas do complexo B, com isso são observados benefícios ao sistema digestivo e ao sistema nervoso. Estará garantida a formação de neurotransmissores sinônimos de bem estar como a serotonina.

– Redução da incidência de várias doenças!

Evidencias apontam para redução de casos de Mal de Alzheimer e doenças cardiovasculares com consumo de pasta de amendoim em pequena quantidade diariamente.

– Gordinha, mas as gorduras são boazinhas!

Rica em ácidos graxos insaturados (monoinsaturados), os ácidos gordos contidos na pasta de amendoim evitam o aparecimento de doenças cardiovasculares.

– Alta quantidade de nutrientes!

A pasta de amendoim possui proteínas vegetais, fibras dietéticas, vitaminas antioxidantes, minerais e fitoquimicos a pasta de amendoim possui alegação de alimento funcional devido a sua composição.

– Benefícios a estética!

A pasta de amendoim possui nutrientes renovadores celulares e que protegem contra envelhecimento precoce.

– Anti-inflamatório!

A pasta de amendoim consumida diariamente ajuda a prevenir o dano muscular induzido pelo exercício.

– Fortalece os ossos!

Rica em cálcio e magnésio a pasta de amendoim ajuda a prevenir a osteoporose.

Propriedades funcionais da pasta de amendoim

Os alimentos funcionais são aqueles que fornecem nutrientes e/ou fitoquímicos que exercem papel decisivo na prevenção e/ou tratamento de doenças.

Rica em ácidos graxos insaturados (ácido oléico, ácido linoléico e ácido alfa-linolênico) e pobres em ácidos graxos saturados a pasta de amendoim é uma ótima fonte de proteína vegetal, fibra dietética, vitaminas antioxidantes, minerais (selênio, magnésio e manganês) e fitoquímicos.

– Os fitoquimicos, os fitoesteróis contidos no amendoim provocam efeito protetor contra câncer. Acontece efeito inibitório da proliferação de células tumorais. Em pesquisa realizada por King e sua equipe identificaram redução de 33% no crescimento de tumores em indivíduos que consumiam amendoim diariamente. Os fitoesteróis também reduzem a quantidade de triglicerídeos e LDL de indivíduos consumidores de amendoim em comparação a não consumidores.

– A pasta de amendoim fornece arginina, usado na produção de um nutriente gasoso chamado óxido nítrico, este nutriente por sua vez está intimamente ligado a mobilização de defesas naturais do organismo.

Nutrientes que estão envolvidos na síntese deste nutriente, o oxido nítrico são muito buscados por indivíduos praticantes de atividade física, pois é precursor do mecanismo de aumento da perfusão sanguínea, o que significa melhoria da nutrição do tecido muscular com consequência na otimização do trabalho de recuperação muscular e hipertrofia.

– A pasta de amendoim conta ainda com uma grande quantidade de vitamina E, trata-se de um excelente antioxidante que auxiliará o organismo ativando sistema de defesa contra agressores, estresse físico entre outros.

– A pasta de amendoim possui ainda uma quantidade significativa de Omega-3, reduz moderadamente os níveis de triglicérides no sangue e a pressão arterial. Possui ainda importante papel em processos inflamatórios além de muitos outros benefícios.

* No ano de 1819 um pesquisador chamado BLACK observou que os franceses apesar de terem um grande consumo de gorduras saturadas sofriam pouco de aterosclerose, este fato foi definido como “Paradoxo Francês”, muito tempo depois este fato foi explicado através dos benefícios encontrados nos compostos fenólicos, estes nutrientes presentes no amendoim e também no vinho inibem a oxidação do colesterol LDL.

Perigos do o Amendoim

A indústria brasileira do amendoim conta com um programa chamado Pró-Amendoim,  implementado pela ABICAB (Associação Brasileira da indústria de chocolates, cacau, amendoim, balas e derivados) há 12 anos para garantir a qualidade, autorregulamentação e a expansão do consumo do produto.

Todas as empresas que atendem aos requisitos da legislação e fabricam produtos à base de amendoins com qualidade recebem o Selo Pró-Amendoim, certificado fundamental para que o consumidor possa comprar seus produtos com segurança.

A aflatoxina é uma toxina proveniente de fungos. Ela é perigosa para a saúde e potencialmente cancerígena. A substância tem efeito cumulativo no organismo e, quando consumida em doses elevadas, pode causar sérios danos à saúde, como cirrose, hepatite B e hemorragia nos rins.

Na gravidez, a aflatoxina pode causar mutações no feto. Os cuidados com o amendoim pensando em prevenir a sua contaminação devem ser implementados desde a colheita até o armazenamento.

O amendoim esta presente na lista de alimentos alergênicos descritos pela ANVISA em documento publicado 24/06/2015. As proteínas do amendoim possuem capacidade de causar alergia, assim como as proteínas do leite, do ovo, do trigo. Entretanto as proteínas do amendoim não são as mais frequentes de serem observadas como alergênicas, tudo depende de cada individuo.

Alguns casos de contaminação por salmonella também foram encontrados em produtos industrializados com amendoim.

Faça você mesmo em casa!

Você precisa de: AMENDOIM!

– Amendoim torrado com pele sem sal (1 xícara).

Modo de preparar a pasta de amendoim

O segredo é fazer com o amendoim ainda em temperatura levemente alta (é importante porque quando quente, ele libera um óleo que facilita o processo).

Bata no liquidificador ou processador até que vire uma pasta. Que tals?

Dica extra do nutricionista.

Assim como algumas empresas fabricantes você também pode adicionar sabores a sua preparação. Adição de cacau em pó + adoçante seria uma das opções que mudariam o sabor e elevariam ainda mais o teor nutricional deste produto.

Se quiser mudar ainda mais um pouco pode adicionar essências, farinhas de frutas (farinha de uva, de morango, de coco..). Uma visita a uma casa de produtos naturais e você teria mais umas 5 opções.

obs. Adoçante indicado são estévia(100%) e xylitol.

Comprar pasta de amendoim pelo melhor preço

Recomendação para consumo

30gr ao dia é a quantidade de pasta de amendoim suficiente por trazer todos estes benefícios que observamos, isso equivale a 1 colher de sopa e meia.

O horário de preferência para consumi-la é ao final da tarde devido a mobilização de maquinário enzimático-hormonal e também a estratégia de nutrient timing.

Em períodos de dieta com objetivo de redução de gorduras a primeira refeição deve ser rica em acidos graxos e hidratos de carbono, nesta refeição a pasta de amendoim também seria bem vinda.

Texto desenvolvido pelo Nutricionista esportivo Diogo Círico.
R.T. Growth Supplements

Referências
FERNANDEZ, ELENA MERCEDES  and  ROSOLEM, CIRO ANTONIO. ÁCIDOS GRAXOS E PROTEÍNA EM GRÃOS DE AMENDOIM EM FUNÇÃO DA CALAGEM E DO MÉTODO DE SECAGEM. Bragantia [online]. 1998, vol.57, n.1
FREITAS, Jullyana Borges  and  NAVES, Maria Margareth Veloso. Composição química de nozes e sementes comestíveis e sua relação com a nutrição e saúde. Rev. Nutr. [online]. 2010, vol.23, n.2 [cited  2015-10-08], pp. 269-279
FONSECA, Homero  e  NERY, Humberto Del. Ocorrência de aflatoxina em pastas de amendoim (Arachis hypogaea L.). An. Esc. Super. Agric. Luiz de Queiroz [online]. 1970, vol.27 [citado  2015-10-08], pp. 181-190
FOOD SAFETY BRAZIL – 2015-10-08
LOTTENBERG, Ana M. P. et al. Eficiência dos Ésteres de Fitoesteróis Alimentares na Redução dos Lípides Plasmáticos em Hipercolesterolêmicos Moderados. Arq. Bras. Cardiol. [online]. 2002, vol.79, n.2 [citado  2015-10-08], pp. 139-142
MARCHIORI, V,. Amendoim – Propriedades Funcionais. Rev. ABICAB, 2015
MARTIN, P. S. Amendoim: Uma Planta da História no Futuro Brasileiro. 2 ed. São Paulo: Ícone, 1987
OLIVEIRA, L., M. Programa de Pós Graduação em Alimentos e Nutrição – UNIRIO, Ciclo de Palestras – 2014/2
Organización Mundial de la Salud. Informe de una consulta mixta de expertos OMS/FAO. Dieta, Nutrición y Prevención de Enfermedades Crónicas. Genebra: OMS; 2003. OMS Serie de Informes Técnicos, n. 916.
PHILIPPI ST, LATTERZA AR, CRUZ ATR, RIBEIRO LC. Pirãmide Alimentar: Guia para Escolha dos Alimentos. Rev Nutr Campinas, 12(1):65-80, 1999.
PROVIDENCIA R. Protecção cardiovascular por bebidas alcoólicas: bases científicas do paradoxo francês. RevPortCardiol.2006;25(11):1043-58.
Silva AGH, Cozzolino SMF. Cálcio. In: Cozzolino SMF. Biodisponibilidade de nutrientes. Barueri: Manole; 2007. p.456-81
SOUSA, O. Ferreira de  e  ABRAMIDES, Eduardo. Ensaios de variedades de amendoim: resultados de ensaios regionais. Bragantia [online]. 1952, vol.12, n.10-12 [citado  2015-10-08], pp. 349-358
SUPLEMENTO DO CONSENSO BRASILEIRO SOBRE ALERGIA ALIMENTAR, Ver. Médica de Minas Gerais, 2007, pag 6 – 37
VILLELA, NB., and ROCHA, R. Manual básico para atendimento ambulatorial em nutrição [online]. 2nd. ed. rev. and enl. Salvador: EDUFBA, 2008. 120 p. ISBN 978-85-232-0497-6. Available from SciELO Book

Sobre Diogo Cirico

Graduado em Nutrição, pós-graduação em Nutrição Esportiva R.T GrowthSupplements. CRN 10 - 2067

7 Comentários

  1. Diogo, Obrigado por este excelente artigo.

    Sempre fui fã de amendoim e comecei a consumir a pasta a pouco tempo. E tenho visto alguns resultados já.

    Sou corredor e também faço musculação e os nutrientes a pasta tem me ajudado principalmente na recuperação muscular pós treino.

    Abraço

    Rodolfo

  2. Caetano Verdeli Costa

    Rodolfo, também sou corredor e pratico musculação de manhã. Em qual horário você ingere a pasta de amendoim? Sou um pouco leigo no assunto, se puder me ajudar com isso ficarei eternamente grato. Abraços! ;D

  3. PAULO OTAVIO GARCIA CORREA CORREA

    Bom dia , depois da pasta de amendoim aberta , deve se manter ela dentro ou fora da geladeira ?

  4. GOSTARIA DE SABER QUAIS AS MARCAS DE PASTA DE AMENDOIM QUE TEM SELO PRO AMENDOIM ABRICAB

  5. Muito bom o artigo sobre os benefícios da pasta de amendoim. Além de ter gorduras boas ela também é uma fonte de proteínas, vegetais naturais.

    Nós criamos um infográfico top sobre a pasta de amendoim, dá uma conferida lá!

    Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!