Página Inicial » Doenças » Osteoporose: O que é, causas e alimentos que ajudam a prevenir

Osteoporose: O que é, causas e alimentos que ajudam a prevenir

Deficiência de cálcio e não praticar atividades físicas estão entre as principais causas da osteoporose. Veja agora como prevenir e dicas de alimentos.

Osteoporose

A cada dia nós envelhecemos mais um pouco. É a lei da vida. Mas cabe a nós fazer escolhas do que queremos para o nosso futuro e, uma delas é sobre o que colocamos para dentro do nosso corpo. Alimentar-se bem significa evitar doenças no futuro e viver com mais qualidade.

E falando em envelhecer, uma das doenças que mais afeta os idosos é a osteoporose. É uma patologia que começa de forma silenciosa e, muitas vezes, você não sabe que tem até ter uma fratura sem mais, nem menos. Só descobre quando vai a médico para tratar o incidente, porém, ela pode ser descoberta facilmente através de exames de rotina.

O que é a osteoporose

É um tipo de doença metabólica, ou seja, a capacidade de absorção de algum nutriente pelo nosso corpo não está em perfeita harmonia. A osteoporose também é uma doença sistema, que atinge todos os ossos do corpo. Os nossos ossos se comportam da mesma maneira que qualquer outro tecido orgânico do corpo. Ele precisa de nutrientes para se manter forte e quando eles não estão presentes, as células começam a morrer e não são repostas.

A osteoporose em si é uma dificuldade que o nosso corpo apresenta para absorver material suficiente para reconstruir os ossos. Desta forma, ele começa a ficar poroso, cheio de buracos, tornando-se frágil. Os ossos estão em constante processo de renovação do qual fazem parte os osteoblastos que têm como função principal a formação do osso e os osteoclastos, responsáveis pela reabsorção óssea. Quando ocorre um desequilíbrio na função do osteoclasto, aparecem algumas patologias como a osteoporose.

Causas da doença

Existem vários motivos que podem levar um indivíduo a desenvolver osteoporose. A falta de exercícios físicos, por exemplo é um deles. O exercício estimula a reabsorção óssea deixando os ossos mais fortes e prevenindo fraturas. No período da menopausa, as mulheres estão mais propensas a terem a doença porque a absorção óssea reduz. Além disso, o fator hereditário também pode influenciar mas isso não significa dizer que a pessoa vai ter a doença.

A principal causa da osteoporose é a deficiência de cálcio. Esse mineral é essencial para a formação dos ossos. O corpo pode estar funcionando perfeitamente, mas se não tem cálcio não tem osteogênese. Além de auxiliar na manutenção do esqueleto, o cálcio também participa da contração muscular, incluindo o músculo cardíaco. A melhor forma de suprir o nosso corpo com essa substância é através da alimentação. Veja a seguir quais são os alimentos ricos em cálcio e que não devem faltar na dieta.

Alimentos que ajudam a prevenir a osteoporose

Leite
Já bastante conhecido da população como uma rica fonte de cálcio. O ideal, para pessoas com menos de 50 anos, é ingerir 1000 mg de cálcio por dia. Um copo com 250 de leite consegue oferecer 300 mg de cálcio e, como é de origem animal, é absorvido de forma muito mais rápida pelo nosso organismo. Porém, aqueles que são intolerantes à lactose terão que absorver esse mineral de outras fontes.

Derivados do leite
Existem aquelas pessoas que simplesmente não tomam leite por que não gostam. Basta sentir o cheiro e já torcem o nariz para ele. Para elas, um bom copo de iogurte pode ser muito útil, afinal, 250 ml tem praticamente a mesma quantidade de cálcio que um copo de leite.

Uma vantagem é comprar iogurtes que já vêm acompanhados de vitamina D, melhorando a absorção do mineral. O queijo também é uma ótima opção e você pode encontrar versões com menos gordura e até aqueles sem lactose.

Leia também: 13 alimentos ricos em cálcio e que ainda trazem ótimos benefícios à saúde

Soja
Além de possuir uma grande quantidade de proteínas, esse grão contém uma substância chamada de isoflavona, que atua no nosso corpo de forma muito parecida com o estrógeno. Esse hormônio por sua vez melhora a absorção de minerais pelos ossos. Desta forma, a soja é um excelente alimento para mulheres que entraram na menopausa.

Nozes e castanhas
Além de conter o cálcio em si, essas oleaginosas contém ômega-3, um tipo de gordura boa que ajuda a proteger os ossos, deixando-os mais saudáveis e reduzindo a perda mineral.

Salmão
Tanto ele quanto o atum e a truta possuem 3 substâncias essenciais para a boa formação dos ossos: cálcio, vitamina D e ômega-3. Combinando uma alimentação rica nesses peixes e exercícios físicos frequentes, é muito difícil desenvolver osteoporose. Mulheres na menopausa também devem ingerir muito salmão na alimentação pois a gordura dele reduz a perda de massa óssea.

Sardinha
Barata, rápida e eficiente, a sardinha é um excelente peixe para quem quer prevenir a osteoporose. Isso porque além de ter quantidades excelentes de cálcio, também oferece vitamina D, essencial para que esse mineral seja absorvido e utilizado para a formação de células ósseas. Ela chega a ser mais eficiente do que um copo de iogurte ou leite.

Vegetais
Todos os vegetais são importantes para a saúde como um todo. Eles são cheios de nutrientes e vitaminas, como a vitamina D, por exemplo, muito importante para a reposição óssea. Dê preferência às hortaliças de cor verde escura que além da vitamina, também são ricas fontes de cálcio, conseguindo aumentar até 3% da densidade óssea.

Sobre Calila Galvao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!