Página Inicial » Emagrecimento » O elíptico emagrece? Conheça todos os benefícios desse aparelho

O elíptico emagrece? Conheça todos os benefícios desse aparelho

O elíptico ou transport é um aparelho muito usado como uma alternativa para a esteira ou bike. Mas será que ele é efetivo? Quais as possibilidades de utilização?

Aparelho elíptico

Os exercícios aeróbicos têm uma característica muito importante: no geral, eles são cíclicos. O que isso significa na prática? Eles seguem um padrão de movimento e de ritmo. Por isso, é fundamental compreender as possibilidades de cada atividade e principalmente, a quem se destinam.

No caso do aparelho elíptico, temos inúmeras questões que precisam ser levadas e conta. Ele é um aparelho muito interessante para determinados contextos e não muito indicado para outros.

Neste sentido, é fundamental compreender que o elíptico, assim como qualquer outro exercício, extrair suas qualidades. Para isso, é importante entender a forma como o movimento age no corpo!

Aparelho elíptico, o que é?

Basicamente, o elíptico é classificado como um simulador de caminhada. Ele busca simular exatamente os movimentos naturais da caminhada, sem a questão do impacto. Desta forma, ele seria uma saída muito interessante para quem tem qualquer alteração osteomuscular e que não pode executar exercícios básicos, como caminhada e corrida.

No geral, o elíptico apresenta não apenas o movimento natural de membros inferiores, mas também, de membros superiores. Com isso, temos um trabalho acentuado em mais músculos, o que em tese, aumenta o gasto calórico total.

Porém, isso nem sempre é vantajoso. Em casos onde não há limitações articulares, ósseas ou musculares, podemos alternar o elíptico com outros movimentos cíclicos, como corrida ou bike. Isso porque, este exercício acaba tendo limitações em termos de amplitude e qualidade de movimento.

Então não devemos executar o elíptico? No cenário adequado sim! Porém, é preciso entender que este é um movimento com limitações e para casos bastante específicos.

Veja agora, como deve ser a execução do elíptico!

Aparelho elíptico, como executá-lo corretamente?

Muitas pessoas acreditam que basta subir no elíptico e sair “caminhando”. Pois bem, este é um engano muito comum. É muito importante manter alguns padrões de movimento, para que o exercício seja, de fato, efetivo!

1- Suba no aparelho e ajuste o corpo, de forma que ele fique reto e estável em cima do aparelho.

2- Mantenha os pés apoiados totalmente nos encaixes. É fundamental que você mantenha o pé inteiro apoiado durante a execução do movimento, para que não haja sobrecarga articular em joelhos e tornozelos.

3- Durante a execução do elíptico, é fundamental manter o corpo estável. Desta maneira, a sobrecarga muscular ficará apenas com os membros inferiores e superiores. O tronco, deve estar “parado” e estável.

Se ainda tem alguma dúvida sobre a execução, veja este vídeo:

Basicamente, o elíptico é um movimento interessante, do ponto de vista aeróbico. Mas como usá-lo corretamente?

Aparelho elíptico, vantagens, desvantagens

O elíptico, também conhecido como transport, é um aparelho pensado para pessoas que apresentam alguma limitação de movimento. Isso é via de regra? Não! Mesmo pessoas totalmente saudáveis, em dados momentos de sua periodização, podem usar o elíptico de forma a ter muitos benefícios.

Neste sentido, é muito importante que as vantagens e desvantagens de seu uso sejam compreendidas.

Vantagens da utilização do elíptico

– Menor impacto articular:

Como todos os membros estão fixos durante o movimento, não temos impacto articular oriundo da gravidade na execução do elíptico. O que temos, é a apenas o impacto articular entre as articulações, que é praticamente impossível de ser eliminado. Desta forma, ele é muito interessante para pessoas com limitações de movimento em joelhos, tornozelo e quadril, desde que aplicado e executado da forma correta.

– Possibilidade de trabalho muscular mais acentuado:

Como podemos envolver tanto membros superiores como inferiores no movimento, temos um trabalho muscular mais acentuado. Desta maneira, podemos aumentar o gasto calórico total do movimento.

– Execução facilitada:

Por ser um aparelho que não permite muitas variações de execução, não temos grandes dificuldades em sua execução. Como já citei acima, temos poucas situações a serem atentadas. No geral, a execução do elíptico é bastante fácil.

Desvantagens do elíptico

– Dificuldade em aumentar a intensidade:

De forma geral, quando comparamos o elíptico com outros exercícios cíclicos, como a corrida e a bicicleta, vemos que sua principal desvantagem é a intensidade. Pela mecânica do movimento e tamanho do aparelho, muitas vezes é difícil conseguir um aumento considerável da intensidade do exercício.

– Risco de carga excessiva no quadril

Se por um lado, temos um controle melhor do impacto, por outro, temos uma carga mais forte no quadril. Isso porque, em alguns casos, o aparelho não permite adaptações anatômicas para cada praticante. Ou seja, em alguns casos, o alinhamento do acetábulo (cavidade do quadril) com o fêmur, acaba prejudicado. É importante salientar que isso não é via de regra e que nem todas as pessoas terão tal desalinhamento.

Vamos agora a algumas perguntas acerca do elíptico e das formas como ele pode ser usado em seu treino!

Leia também => 10 Exercícios para emagrecer que você pode fazer em casa

Elíptico, dúvidas mais comuns

1. Elíptico emagrece?

Sim, dependendo do cenário. O elíptico é um exercício cíclico e aeróbico, então, em tese, ele ajuda a emagrecer sim. Porém, ele precisa ser feito da forma adequada e principalmente, combinado com outros exercícios. Apenas o elíptico, sem exercícios mais intensos e resistidos, não será o bastante para ter resultados de fato expressivos.

Neste sentido, é importante buscar estratégias que, em conjunto com o elíptico tragam melhores resultados. Sem esquecer que exercício, sem dieta, jamais será o suficiente para emagrecer. Portanto, se quer apostar no elíptico para emagrecer, vá em frente, mas lembrando de todos estes detalhes.

2. É possível fazer HIIT no elíptico?

Possível é, confortável nem tanto. Se formos buscar na literatura, praticamente todos os protocolos de HIIT são feitos com corrida ou bicicleta. Isso, porque quanto mais confortável e seguro for o movimento, mais intenso será o HIIT. Como a eficiência do movimento é um fator primordial para o HIIT, executá-lo no elíptico nem sempre é a melhor saída.

Leia também => Qual atividade devo escolher para fazer o HIIT?

3. “Caminhar” para trás no elíptico solicita mais os músculos posteriores da coxa?

Não. Isso apenas traz um movimento que não é natural e que em tese, prejudica o resultado do movimento. O ideal é que o elíptico seja feito da maneira mais natural possível, para que ele se assemelhe ao movimento da caminhada. Usar o movimento ao contrário, apenas vai dificultar mais o movimento!

Elíptico, caminhada ou bicicleta, o que escolher?

Depende de quem é você. Um iniciante, por exemplo, que possua problemas articulares no joelho, tem melhores resultados no elíptico. Um indivíduo altamente treinado, que quer melhorar os processos lipolíticos, terá melhores resultados com o HIIT na bicicleta ou corrida.

De forma geral, em meus alunos, acabo prescrevendo o elíptico para casos específicos de iniciantes ou pessoas com algum problema articular. Outra situação em que uso bastante o elíptico é com corredores, nos treinos regenerativos.

A escolha entre elíptico, caminhada ou bicicleta depende muito do que estamos buscando. Um estímulo mais acentuado? Algo mais “leve” e regenerativo? Em ambos os casos, com os devidos ajustes, podemos ter resultados excelentes com o elíptico.

Leia também => Esteira, elíptico (transport) ou bicicleta: qual a melhor opção para queimar calorias?

Um treino bem periodizado, pode sim incluir a utilização do elíptico, desde que tenhamos clareza dos objetivos e certeza de que ele é uma boa opção. Para isso, sempre treine com o acompanhamento de um profissional! Bons treinos!

Sobre Sandro Lenzi

Professor de educação física formado pela Uniasselvi Fameblu, pós graduando em fisiologia do exercício e em Personal Trainer. Atua como treinador pessoal e com consultoria online para treinamento. Também é redator na área da saúde, treinamento físico e qualidade de vida.

2 Comentários

  1. Eu sou um homem simples, eu vi esta foto, então cliquei

  2. gostei muito do artigo, aparelho incrível, vai me ajudar muito e com certeza outras inúmeras pessoas a chegar em seus objetivos com muita facilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GSuplementos

GSuplementos

Curta-nos no Facebook!