Página Inicial » Saúde » O Colorau não faz mal a saúde e ainda ajuda emagrecer!

O Colorau não faz mal a saúde e ainda ajuda emagrecer!

Muita gente acha que o colorau por não dar sabor a comida, pode engordar ou fazer mal. Mas isso é apenas mito. Veja agora todos seus benefícios e como usa-lo!

colorau ou colorífico do urucum

O urucum, também chamado de colorau ou colorífico, é conhecido graças aos índios. Estes mesmos usavam a planta para pintar os rostos de vermelho. O colorau também é usada como cosmético, sendo chamada até de árvore batom.

Apesar de ser confundido com a páprica, o calorau apenas se parece em relação a cor, pois é bem diferente da páprica e nesse artigo explicamos o porquê.

Muitos não sabem dos benefícios para a saúde desta planta.

Como corante natural, o urucum é uma ótima pedida. Além de dar um aspecto mais bonito no prato, essa planta pode trazer muitos outros fatores bons.

Nesse artigo veremos esses benefícios do colorau e mais características importantes de suas sementes e folhas.

Função no corpo

Usada há milhares de anos e por muitos povos diferentes ao redor do mundo, esse fruto é especial. Além de ter um gosto muito bom, ela pode trazer benefícios para áreas como:

  • Melhorar a digestão;
  • Fortalecer os ossos;
  • Diminuir febres;
  • Curar algumas doenças.

Por muitos considerada a erva do futuro, o urucum é ótima escolha. Essa planta é muitas vezes usada na forma de semente. Sendo um corante natural, muitas pessoas já comeram a planta e nem se tocaram disso. Em queijos e cereais ela é muito usada.

Por ter uma coloração muito característica, o urucum é bastante apreciado. As  suas folhas coloridas são medicinais e podem ajudar na cura de várias doenças. Essa cor vem por causa da bixina, presente nas propriedades da planta. Sendo uma propriedade também encontrada em cenouras, a bixina é rica em carotenoides. Numa porcentagem de 70% e 80% de bixina no colorau.

Benefícios para o corpo

Melhorar a visão

Um dos maiores benefícios da presença de carotenoides é a proteção aos raios UV que o urucum proporciona.  Além de proteger os olhos de raios UV do sol as suas sementes também agem como antioxidante ocular. Esses benefícios melhoram a visão de quem consome o urucum e também previnem doenças como cataratas e degeneração ocular.

Impedir o envelhecimento

Por ter propriedades antioxidantes, o urucum também pode ajudar em tratamentos de pele. Propriedades antioxidantes podem acabar por trazer um efeito rejuvenescedor. O seu efeito funciona, pois os antioxidantes agem nos radicais livres que destroem a célula.

Estudos ainda comprovam que devido às propriedades antioxidantes e aos carotenoides, o urucum melhora o tempo de vida. Quem consome a planta e os nutrientes da mesma tem mais chances de não adquirirem doenças crônicas. Já quem não consome pode ter uma chance maior de adquirir, o que diminui a expectativa de vida.

A pasta dessa planta é bastante usada em tratamentos antienvelhecimento. Você pode consumi-la para evitar rugas, manchas e outros efeitos do tempo na pele.

Manter ossos fortes

Devido à quantidade significativa de cálcio presente no colorau ele ajuda muito na fortificação dos ossos. Por esse motivo, essa erva pode ser uma boa opção para quem deseja atingir a quantidade diária de cálcio recomendado. A osteoporose e outras doenças nos ossos pode afetar qualquer pessoa, então o nutriente é essencial.

Ajudar na perda de peso

Por ser um grande diurético, o urucum pode ajudar no objetivo de perder peso. Além disso, ele pode equilibrar a insulina do sangue e assim baixar a glicose. Com esse processo é possível diminuir a gordura corporal.

Melhorar digestão

Devido ao alto índice de fibras nas folhas desta planta, é muito benéfica a sua ação para o estômago. Estas fibras se conectam ao estômago de forma que a absorção dos nutrientes se torna mais clara.  Além disso, elas também podem ajudar a diminuir o colesterol e a diabetes.

Curar feridas

Como as folhas desta planta possuem propriedades anti-inflamatórias, é bom usá-la em feridas. Uma grande dica é misturar as folhas com álcool e aplicar sobre o corte ou machucado. Dessa forma, o ferimento não inflamará e nem infeccionará.

Ainda em feridas, a pasta desta planta pode ajudar a cicatrizar. Fazendo uma pasta com as suas sementes e aplicando sobre uma queimadura o machucado se curará melhor. Entre outros fatores, a pasta de urucum também ajuda a melhorar o aspecto de cicatrizes muito grotescas.

Evitar ataques cardíacos

As suas folhas são ricas em tocotrienóis. Isso limita o fígado em produzir o colesterol ruim. Limitando o fígado de produzir tal substância, haverá menos chances do colesterol entupir veias e artérias. Assim havendo menos chances de ataques cardíacos e outros problemas cardiovasculares.

Prevenir defeitos congênitos

Entre os benefícios dessa planta para a saúde do corpo humano está a sua capacidade de prevenir defeitos congênitos. A quantidade alta de ácido fólico presente na planta é responsável por diversos benefícios. Entre esses benefícios está a prevenção de defeitos no tubo neural de recém-nascidos.

É de suma importância que mulheres grávidas comecem a consumir em sua dieta o ácido fólico. Para aumentar a quantidade de ácido fólico em sua dieta, é basta consumir mais urucum.

Prevenir doenças como câncer

Já vimos que existem diversos efeitos benéficos na consumação dessa planta, mas há mais. Entre os benefícios mais importantes do urucum está a prevenção a doenças como o câncer.

Descobriu-se em pesquisas que a norbixina tem papel antimutagênico. Isso faz com que células saudáveis expostas às células cancerígenas e radicais livres não seja afetada. Com isso a prevenção ao câncer se torna algo possível.

Contraindicações e prevenções

Existem alguns grupos que devem tomar cuidado ao ingerirem essa planta. Como estamos falando de uma raiz abortiva, é importante que grávidas e lactantes mantenham-se longe dela.  

Também é importante lembrar que o consumo excessivo pode ser tóxico para o pâncreas e para o fígado. Esses efeitos estão presentes também na casca da semente. Então, quando consumir a planta, retire todos os resquícios de casca que tiverem. Além disso, esta mesma casca pode causar aumento nas taxas de insulina e hiperglicemia.

Leia também => Os 11 melhores termogênicos naturais

Modos de usar

Os modos de usar dessa planta variam em muitos. Como se trata de algo que pode ser aplicado e consumido de várias formas é indispensável o estudo antes.

É possível consumir o pó da semente em gargarejos para tratar de infecções na garganta. Outras opções de uso são:

1. Óleo de urucum: para proteção da pele. 50g de semente para 250 de óleo de amêndoas.

2. Repelente: também para proteção de pele. Espalhe pelo corpo uma colher de chá diluído do pó das sementes. Lembre-se de diluir o pó em 100 ml de óleo puro ou glicerina.

3. Bebida nutritiva: para reposição de carotenos e betacarotenos. Beba até 1g do pó das sementes por dia.

4. Bebida laxativa: para uma bebida laxativa e que melhora a digestão, faça um suco com o pó das sementes maceradas.

Isso é tudo que se precisa saber para consumir o urucum de maneira saudável e consciente. Não se esqueça de procurar um profissional para adquirir melhor conhecimento sobre esta planta!

O que você achou desse artigo? Gostou? Deixe nos comentários!

E não se esqueça de compartilhar com seus amigos o que sobre essas maravilhas do urucum!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!