Página Inicial » Emagrecimento » O chá de gengibre emagrece sim! Veja como fazer

O chá de gengibre emagrece sim! Veja como fazer

Veja todos os benefícios do chá de gengibre. Sua ação termogênica no emagrecimento, um excelente anti-inflamatório natural e que ainda ajuda o sistema digestivo.

chá de gengibre

Gengibre se resume raiz tuberosa, vegetal nativo em relação à Ásia, e utilizado em culinária e também medicina. A planta possui múltiplos benefícios terapêuticos, apresenta ação bactericida, otimiza desempenho do sistema digestivo, circulatório e respiratório, e se caracteriza desintoxicante.

gengibre ainda tem reconhecimento como item termogênico, com capacidade de acelerar o metabolismo e contribui para queima da gordura do corpo.

Principais nutrientes da raiz

O gengibre possui substância denominada gingerol, que tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que fazem proteção do corpo contra bactérias e fungos. O gingerol é o causador do gosto picante do gengibre.

As propriedades terapêuticas da raiz se caracterizam por causa da ação em conjunto de muitas substâncias, em especial percebidas no óleo essencial do gengibre, rico em componentes medicinais felandreno, zingerona, zingibereno, e cafeno.

O gengibre ainda se caracteriza rico nas substâncias termogênicas que fazem ativação do metabolismo do corpo e para potência da queima da gordura do corpo. A raiz é formada pela vitamina B6, e em minerais magnésio, potássio, e cobre, porém estas propriedades se transformam pouco significativas quando se considera a ingestão diária do gengibre.

Como se resume a uma especiaria são necessárias somente pequenas quantidades da raiz no chá ou preparos culinários para que sejam aromatizados. Para 100 gramas do gengibre são encontradas 80 kcal.

Benefícios oferecidos pelo chá de Gengibre

O gengibre se determina referência em relação aos problemas estomacais, já que vai combater gases, indigestão, enjoos, náuseas geradas por tratar câncer, e falta do apetite. Ainda ajuda na digestão dos itens gordurosos. Não é por nada que a substância encontrada na raiz do gengibre seja utilizada em fabricar medicamentos antigases, antiácidos e laxantes.

A raiz ainda é muito usada para combate da cólica menstrual, ressaca e mau hálito. Pelo poder anti-inflamatório, o alimento também é utilizado para alívio das dores por causa da artrite, infecções do trato respiratório, dores musculares, bronquite e tosse. E faz parte da formulação dos xaropes devido a sua ação antibiótica e anti-inflamatória.

Leia também: Gengibre para emagrecer – Receitas, sucos e chás

O óleo com extração do vegetal tem apontamento como eficiente em tratar queimaduras. E, o gengibre exerce papel de importância na dieta, já que estimula paladar e olfato, favorecendo a redução da utilização do sal para tempero de alimentos. O chá vai aumentar ingestão dos líquidos, com favorecimento da hidratação, e auxiliando a dispensar toxinas.

Razão de o Gengibre auxiliar a emagrecer

Todas as atividades exercidas pelo organismo fazem consumo da energia. Isto considera o processo digestivo, que pode ser utilizado em favor para perder peso na situação em que se considera alimentos termogênicos, sendo exemplo gengibre. Tais alimentos têm capacidade de elevar gasto de calorias do corpo na digestão e processo metabólico.

Quanto maior a dificuldade acerca da digestão do alimento, superior será o próprio poder termogênico. As substâncias termogênicas presentes no gengibre possuem capacidade de elevar temperatura corporal, com metabolismo acelerado, e queima da gordura aumentada.

A termogênese se caracteriza processo regulado por sistema nervoso e articulações em tal sistema podem contribuir para perder peso. O gengibre pode tornar maior o gasto de calorias em mais de 10%.

Porém, é entendido que não há milagres quando se trata de emagrecimento. Para que a ingestão do gengibre com tal foco aponte resultado, é preciso aliar o mesmo com dieta de regra e atividades físicas.

Consumo do Gengibre

O gengibre é disponível nos supermercados e lojas de produtos naturais. E pode ser ingerido cru, na conserva, como óleo ou chá. E também tem uso nos alimentos e bebidas de agente aromatizante.

– Chá
A infusão dos pedaços de frescor do gengibre tem uso em tratar gripes, resfriados e tosses. E sem contar ser relaxante de eficiência, auxilia na eliminação de toxinas, hidrata corpo, auxiliando ainda na perda de peso, por causa da própria ação termogênica.

O preparo é caracterizado em deixar cascas, talos ou raízes em molho durante em torno de meia hora, e depois de tal fase, adicionar água e determinar o gengibre ao fogo durante mais meia hora.

– Em panela
O gengibre pode ter uso em preparar pratos doces e salgados. E com possibilidade de estar disponível fresco, desidratado, cristalizado ou na conserva. É importante não fazer substituição de uma forma por outra em receitas, já que seus sabores não são os mesmos.

– Suco
Possui ação anti-inflamatória, contribuindo para eliminar toxinas do corpo. O suco ocasiona maior disposição corporal, o aspecto da pele é melhorado e função intestinal. Para ficar mais delicioso, bater usando liquidificador, junto ao abacaxi, raspas da casca de limão e hortelã.

– Em pedaços
Aqui se mastiga lascas do gengibre, semelhante a chupar bala, auxilia para alívio da rouquidão e garganta irritada, porém é necessária cautela, já que as mesmas apenas mascaram dor. O gengibre aliviará sintomas até que organismo se responsabilize pela cura da enfermidade.

Leia também: Gengibre: Benefícios para saúde e emagrecimento

Contraindicações à Ingestão do chá de Gengibre

De princípio, a ingestão do gengibre se caracteriza segura para a maior parte dos indivíduos. O consumo da raiz pelas gestantes tem controvérsia. Determinados especialistas fazem defesa que o gengibre pode atingir hormônios sexuais do feto e até contribuir para aborto.

Os estudos fazem sugestão, no entanto, que a chance da malformação nos recém-nascidos de mulheres que usavam gengibre não se apresentou mais elevado em comparação com o normal.

A raiz também não possui associação com malformações ou partos prematuros. Mesmo nesta condição, a recomendação é que o item seja evitado, em especial próximo ao dia do parto, já que o mesmo pode elevar chance da hemorragia. Não se entende bastante sobre segurança da ingestão do gengibre em período de amamentar, e desta maneira, o melhor é evitá-lo.

A ingestão dos alimentos termogênicos, sendo exemplo gengibre, não tem recomendação para as pessoas que apresentam hipertireoidismo, notado que o metabolismo já se encontra bastante elevado, o que eleva a chance da perda da massa muscular.

E, gestantes e crianças, indivíduos com enxaqueca, úlcera, cardiopatias, e alergias, não devem fazer abuso de itens termogênicos, já que os mesmos podem acarretar pressão arterial aumentada, insônia, hipoglicemia, taquicardia e nervosismo.

Riscos da Ingestão do Gengibre

O gengibre pode contribuir com hemorragias, e desta maneira, deve ser evitado em relação aos pacientes apresentando distúrbios hemorrágicos. E, a raiz indicou piora nos quadros das enfermidades cardíacas, devendo ter banimento de dieta, nesta situação.

O vegetal também reduz taxas da glicose em sangue, podendo ser preciso reajustar doses da insulina por indivíduos que enfrentem diabetes. Em relação aos efeitos colaterais da ingestão do gengibre, existem relatos de diarreia, desconforto de estômago e azia depois da ingestão do gengibre. Nesta situação, o mesmo deve ter exclusão da dieta.

Interações com Gengibre

O gengibre é capaz de retardar coagulação sanguínea, com contraindicação aos pacientes que já utilizam medicamentos anticoagulantes por elevar chance dos sangramentos e hematomas.

A raiz também reduz taxas da glicose em sangue, podendo se resumir perigosa para pessoas que ingerem medicamentos para controlar diabetes. Como já existe função de diminuir açúcar pelo sangue, a ingestão do vegetal pode diminuir ainda mais glicemia, apresentando perigo de hipoglicemia para paciente.

Ainda devem se precaver pessoas que utilizam medicamentos para redução de hipertensão. A raiz atua de maneira a reduzir pressão arterial, que pode permanecer bastante baixa com utilização concomitante da medicação, apresentando riscos cardíacos para paciente.

Quantidades Adequadas do Gengibre

Mesmo não havendo quantidade correta do consumo determinada, estudos fazem sugestão que benefícios podem ser atingidos com ingestão de 2 a 4 gramas do gengibre ao dia.

Para conquistar benefícios termogênicos deste alimento, o recomendado é ingestão diária, porém obedecendo limite determinado para que o aumento de metabolismo não inicie a prejudicar. Na situação do gengibre, a recomendação é a fatia média ou uma colher de café do tipo em pó.

Preparo do Chá de Gengibre para emagrecer

Para alívio da dor de garganta, afastamento de resfriados e gripes, e também auxílio a perder peso. Todos são benefícios provenientes do gengibre, raiz poderosa que oferece mais saúde e elimina gordura.

Uma das maneiras mais conhecidas da ingestão do item se caracteriza chá de gengibre, sendo boa opção para acrescentar no cardápio e aproveitar dos benefícios para vida saudável.

No entanto, para que o chá seja na realidade potente, o mesmo deve ser feito de modo adequado. A principal atenção deve ser com exposição do gengibre para calor, pois existem profissionais que dizem que o mesmo pode ter perda das suas propriedades na situação de posicionado na água bastante quente.

Receita do Chá de Gengibre

De ingrediente é usada uma xícara de chá da água, e uma colher de chá do gengibre ralado ou 4 rodelas da raiz. Há duas opções para preparar o chá de gengibre.

  • Receita 1 – Dispor a água na panela ao fogo e despejar o gengibre ralado na mesma. Determinar exposto para calor até que iniciem as bolinhas da água, porém anteriormente a levantar fervura. Então, desligar o fogo.
  • Receita 2 – Deixar a panela com água ao fogo até que alcance o mesmo ponto de gerar bolinhas, anteriormente a levantar fervura. Neste instante, acrescentar rodelas do gengibre para água, tampar a panela e desligar o fogo. Aguardar descansar durante 10 minutos, coar e consumir na seqüência.

Leia também: Chá de limão e gengibre – Auxilia na perda de peso e tem efeito detox

Dicas de Consumo

Para perder peso, a recomendação é evitar acréscimo do açúcar ao chá.

Ingerir chá de gengibre anteriormente a dormir, pode auxiliar a perder peso pelo sono, pois o mesmo se caracteriza alimento termogênico com capacidade de acelerar metabolismo e estímulo para queima da gordura.

Se for desejado potencializar efeitos do chá para afastar resfriados e gripes, acrescentar uma rodela do limão e adoçar usando mel a esta bebida. Os dois auxiliam para que a imunidade seja aumentada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!