Página Inicial » Saúde » Manjericão – Para que serve, seus benefícios, propriedades e como usar

Manjericão – Para que serve, seus benefícios, propriedades e como usar

Muito utilizado como tempero na culinária, o manjericão traz inúmeros benefícios para saúde. Veja agora quais são e como você pode utilizá-lo no dia a dia.

Manjericão

O que é

O manjericão (Ocimum sp) é uma planta aromática de pequeno porte de origem asiática e africana e atualmente é utilizada em praticamente todos os continentes. É uma erva muito predominante no Brasil utilizada para várias finalidades.

Para que serve o manjericão

Essa erva pode ser usada tanto para fins culinários quanto terapêuticos. Na culinária é mais utilizada como condimento em diversas receitas e na medicina terapêutica pode ser preparada na forma de infusão (chá), xarope, enxaguante, água para banhos e cataplasma.

O manjericão também é bastante usado para a extração de óleo essencial que é utilizado na culinária e na produção industrial de fármacos e cosméticos como cremes e sabonetes, além de fazer parte da produção de perfumes.

Composição nutricional e química do manjericão

A composição tanto nutricional quanto química do manjericão pode variar de acordo com a espécie da planta. É rico em nutrientes como as vitaminas A, C e vitaminas do complexo B, minerais como ferro, cálcio, fósforo, magnésio e manganês, além de substâncias antioxidantes como os flavonoides e os taninos.

Apesar de conter todos esses nutrientes, essa planta se destaca pela presença de óleos essenciais que podem conter até mais de vinte componentes, entre eles eugenol, linalol, citral, timol, cânfora, terpenos, estragol, eucaliptol, cineol, timol, entre outros.

Benefícios do manjericão

Entre os diversos benefícios que essa planta pode ofertar para a saúde, podemos citar:

1. Auxilia a digestão

Suas folhas possuem componentes que melhoram a digestão estimulando a produção de enzimas gástricas e entéricas. Combatem, ainda, sintomas da má digestão como azia, náuseas, vômitos, dores estomacais e sensação de empachamento.

2. Contribui para a saúde bucal

Essa erva é utilizada também para a manutenção e melhora da saúde bucal. Ela possui propriedades que previnem doenças da boca, além de combater aftas, mau hálito e até inflamações na garganta (amigdalite).

Para oferecer esses benefícios, as folhas devem ser fervidas com água para que sejam realizados bochechos e gargarejos.

3. Combate problemas renais

O manjericão é uma erva que possui ação diurética. Isso quer dizer que ela ajuda a aumentar o fluxo urinário, ou seja, aumenta tanto a produção quanto a eliminação de urina.

Esse efeito diurético é benéfico para o sistema urinário, pois estimula ainda mais o funcionamento dos rins prevenindo doenças como a insuficiência renal. Além disso, também auxilia no tratamento de problemas urinários e diminui a dor e ardor ao urinar.

A ação diurética dessa planta também ajuda a reduzir o inchaço do corpo por causa da maior eliminação de líquidos.

4. Ajuda a tratar problemas do aparelho respiratório

As propriedades expectorantes que essa erva possui ajudam a tratar problemas respiratórios e pulmonares como asma, tosses e tuberculose. Para isso, ele deve ser utilizado na forma de xarope/expectorante. Basta ferver as folhas de manjericão em água e acrescentar açúcar.

5. Combate a anemia

Esse benefício ocorre pela presença do ferro nas folhas dessa planta. O ferro é um nutriente presente no sangue que ajuda no transporte de oxigênio sanguíneo. A sua ausência é perceptível através dos sintomas da anemia como fadiga, falta de ar e, principalmente, palidez da pele, pois o ferro é o nutriente responsável em dar a cor ao sangue.

6. Ajuda a controlar a pressão arterial

Com o aumento da produção e eliminação de líquido, também ocorre maior eliminação de sódio, um nutriente que, quando em excesso no organismo, causa o aumento da pressão arterial podendo originar doenças como as insuficiências cardíaca e renal. Por isso, o manjericão ajuda nesse controle da pressão e, consequentemente, previne doenças renais e cardíacas.

7. Previne o câncer

As propriedades antioxidantes dessa planta ajudam a prevenir doenças como o câncer, além de outras como doenças cardiovasculares e doenças neurodegenerativas. Isso ocorre porque os antioxidantes presentes nas folhas do manjericão agem no organismo reduzindo a ação de substâncias instáveis, os radicais livres.

Esses radicais livres são moléculas que surgem no corpo frutos de processos biológicos naturais como a respiração ou por via externa como agrotóxicos e pesticidas, poluição, gorduras, sal, açúcar, aditivos químicos da indústria alimentícia como os conservantes, cigarro, álcool, radiação, estresse, entre outras fontes.

Os radicais livres atacam as células saudáveis do corpo causando danos ao seu DNA dando origem às doenças citadas, além de causar o envelhecimento precoce.

8. Mais benefícios do manjericão

Outros benefícios que essa planta oferece são:

  • Melhora a circulação;
  • Combate dores reumáticas;
  • Tem ação antibacteriana e antifúngica;
  • Possui propriedades calmantes e sedativas;
  • É analgésico;
  • Ajuda a reduzir a febre;
  • Combate a fraqueza;
  • Ajuda no tratamento de paralisia e epilepsia;
  • É repelente de insetos;
  • Ajuda a aliviar coceiras e mordidas de insetos;
  • Combate gripes e resfriados;
  • É antiespasmódico;
  • É anti-inflamatório;
  • Ajuda a controlar os níveis de açúcar do sangue;
  • Ajuda a combater cólicas em crianças;
  • É um anticonceptivo natural;
  • Trata afecções de pele;
  • Combate queda de cabelo.

Chá de manjericão

Para gripes e resfriados o recomendado é tomar o chá das folhas e cozinhar as folhas em água para que essa água seja utilizada para banhos.

Para as afecções de pele deve-se aplicar o cataplasma das folhas de manjericão sobre a afecção e cobrir com gases.

Para a queda de cabelo o recomendado é realizar a infusão com as folhas e aplicar no couro cabeludo friccionando-o.

Como usar

As folhas de manjericão podem ser encontradas nas formas in natura fresca e desidratada em feiras e supermercados.

As folhas in natura podem ser consumidas na forma de tempero em diversas preparações culinárias como:

  • Molhos;
  • Refogados;
  • Recheios;
  • Saladas;
  • Sopas;
  • Arroz;
  • Assados;
  • Carnes;
  • Peixes e frutos do mar.

Leia também => Chá de Alecrim – Para que serve, benefícios, propriedades, contraindicações e como fazer

O manjericão também pode ser utilizado para a preparação do sal de ervas para temperar receitas, principalmente por pessoas que têm problemas de pressão alta. Nesse caso, utilizam-se as folhas desidratadas. Também pode ser utilizado para a preparação de vinagre.

O óleo essencial obtido do manjericão pode ser utilizado na culinária para aromatização e sabor de alimentos e bebidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GSuplementos

GSuplementos

Curta-nos no Facebook!