Página Inicial » Emagrecimento » Lorcaserina, remédio para emagrecer, é eficiente?

Lorcaserina, remédio para emagrecer, é eficiente?

Artigo completo sobre o Cloridrato de Lorcaserina. Saiba se ele emagrece mesmo, efeitos colaterais, liberação da anvisa e seu preço.

Lorcaserina

O que é Lorcaserina?

A Lorcaserina é um medicamento, ou seja, uma droga sintetizada em laboratório. Seu nome técnico é cloridrato de lorcasserina hemihidratado. Na sua fórmula química, encontramos vários átomos de carbonos e de hidrogênio, além de alguns átomos de cloro. A Lorcaserina é produzida por uma indústria farmacêutica da Suiça, a Arena Pharmaceuticals. 

Para que serve a Lorcaserina?

A Lorcaserina vem sendo usada para combater a obesidade. A tarja vermelha na embalagem da Lorcaserina indica que é preciso ter uma prescrição médica para comprá-la. Esse medicamento potencializa a ação da serotonina, um neurotransmissor. Os neurotransmissores são substâncias produzidas por nossas células nervosas, os neurônios. Elas servem para fazer a comunicação entre eles.

Para que essa comunicação ocorra, os neurônios precisam ter sítios de recepção de sinais nas suas superfícies. Esses sítios são chamados de receptores. Um neurotransmissor só se liga a receptores específicos para ele. O neurotransmissor serotonina se liga a alguns tipos diferentes de receptores, que ficam na parte externa da membrana dos neurônios.

O papel da Lorcaserina é se fixar a um determinado tipo de receptor da serotonina. Ao fazer isso, o cérebro responde como se a própria serotonina estivesse fixada ali. Uma das sensações humanas influenciada pela quantidade de serotonina é a saciedade. Portanto, a Lorcaserina aumenta essa sensação. Ela faz com que o paciente se sinta satisfeito com um volume menor de alimento.

Leia também => Sibutramina: O que é, como tomar, efeitos, preços e onde comprar

A Lorcaserina foi liberada pela ANVISA?

A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) liberou o consumo da Lorcaserina no Brasil no final de dezembro de 2016. Com essa aprovação ocorrida recentemente, o brasileiro passou a contar com quatro medicamentos que dão uma “mãozinha” na luta para perder peso. Os outros já aprovados são: sibutramina, liraglutida e orlistat.

A Lorcaserina emagrece mesmo?

A Lorcaserina deve ser tomada quando o sucesso na tentativa de perder peso não é alcançado apenas com uma mudança no estilo de vida. Isso significa que primeiro você deve procurar praticar mais exercícios físicos e manter uma alimentação pouco calórica.

A Lorcaserina é indicada para adultos obesos com índice de massa corpórea (IMC) igual ou acima de 30. Também pode ser recomendada para adultos com sobrepeso e IMC acima de 27. Nesse último caso, é preciso que o paciente esteja apresentando algum problema de saúde associado ao sobrepeso, como pressão alta ou apneia do sono.

O seguinte estudo descreve o efeito da Lorcaserina sobre a redução do peso de homens e mulheres. Esses voluntários obesos ou portando um peso um pouco acima do esperado foram divididos em dois grupos: um grupo tomou Lorcaserina e o outro tomou placebo. Isso aconteceu durante de 52 a 104 semanas seguidas. Todos os participantes foram estimulados a reduzir o consumo de calorias e a praticar exercícios físicos.

O peso dos homens e mulheres que usaram a Lorcaserina nesse período foi reduzido de 3% a 3,7% a mais do que o peso das pessoas que tomaram placebo.

Em outro experimento, 10 mg de Lorcaserina duas vezes ao dia foi entregue a voluntários com sobrepeso e portadores de diabetes. Ao mesmo tempo, foi oferecida a mesma dose de placebo a pessoas com as mesmas características. O peso médio das pessoas que usaram Lorcaserina foi reduzido em 4,5% enquanto o peso dos que tomaram placebo apenas 1,5%.

Quais os benefícios e vantagens da Lorcaserina?

A Lorcaserina foi adicionada ao mercado farmacológico brasileiro depois que a fenfluramina foi retirada dele. Como se comprovou que a fenfluramina causava problemas cardíacos, uma expectativa enorme apareceu em torno da Locarserina. Supostamente a Lorcaserina não provocava esses males, o que ficou claro depois da realização de alguns testes.

A ação da Lorcaserina é diferente daquela de outros medicamentos que combatem a obesidade e o sobrepeso. A Lorcaserina é a única droga que atua diretamente sobre os receptores dos neurônios do hipotálamo.

O hipotálamo é uma região do cérebro. É aí que a Lorcaserina, ao se ligar ao receptor da serotonina, estimula o aumento da produção do hormônio melanocortina. A melanocortina é responsável por amenizar a sensação de fome. Assim, mesmo comendo menos do que o costume, o paciente se sente saciado.

Leia também => 17 Remédios para emagrecer que são naturais e não prejudicam a saúde

Quais são os efeitos colaterais da Lorcaserina?

Refrescando a sua memória: a Lorcaserina é indicada para obesos com IMC igual ou maior do que 30. Dependendo das circunstâncias, também é indicada para aqueles com excesso de peso e com IMC igual ou maior do que 27. Se você não se encaixa em uma dessas duas categorias e seu médico não a prescreveu, não faça uso da Lorcaserina.

A razão é que, como qualquer medicamento, a Lorcaserina pode apresentar efeitos colaterais. Assim, conviver com os riscos à saúde traz recompensa somente se os benefícios da Lorcaserina forem maiores do que eles.

Os efeitos colaterais gerados pelo consumo da Lorcaserina geralmente são leves, como:

  • dor de cabeça;
  • enjoo;
  • sensação de secura na boca;
  • e constipação intestinal.

Alguns estudos mostram que alguns usuários de Lorcaserina podem desenvolver doenças na válvula cardíaca. No entanto, o número de pacientes em que isso ocorreu é muito menor do que o observado com outros medicamentos usados no combate à obesidade e no controle do peso corporal.

Em estudo publicado em 2014 recomenda que mais testes com Lorcaserina precisam ser realizados. O motivo é que, assim como para outros medicamentos modernos indicados para combater a obesidade, os pesquisadores ainda desconhecem se a Lorcaserina é segura de fato.

Quais são as contra-indicações da Lorcaserina e quais são recomendações de uso?

Se o seu médico prescrever Lorcaserina a você, não use ao mesmo tempo outro medicamento que faça aumentar o nível de serotonina no cérebro. Exemplos de medicamentos que fazem isso são alguns indicados para o tratamento de enxaquecas, ansiedade e depressão.

Pesquisadores registraram alguns poucos casos de problemas cardíacos com o uso de Lorcaserina. Com maior freqüência, a válvula Mitral do coração não funcionava adequadamente. Assim, pode ser que a Lorcaserina não seja indicada para portadores de doenças cardíacas.

Muitos outros experimentos com a Lorcaserina estão sendo realizados no momento. Então, a melhor opção é conversar bastante com seu médico se a Lorcaserina é a alternativa mais vantajosa para o seu caso.

Preços e onde comprar

Aqui no Brasil o medicamento Lorcaserina pode ser encontrado sendo distribuído pelo laboratório Instituto Bioquímico, pela empresa Belviq e por várias farmácias de manipulação. Os preços nessas farmácias de manipulação podem variar, de R$99,00 até R$136,00. Esse valor refere-se a embalagem com 60 cápsulas com 10mg cada cápsula. É necessário a entrega de receita controlada para comprar esse medicamento. O uso dessa substância só pode ser indicada por um profissional da saúde.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GSuplementos

GSuplementos

Curta-nos no Facebook!