Página Inicial » Doenças » Escoliose e musculação – O que evitar

Escoliose e musculação – O que evitar

Conheça as causas e os sintomas da escoliose, além dos exercícios que devem ser evitados na musculação.

A musculação não fica restrita apenas a questão estética ou da melhora do desempenho físico. Em diversos casos ela é usada para fins profiláticos (de prevenção) e de tratamento de certas patologias. No caso da escoliose, que é o encurvamento da coluna vertebral, que pode ocorrer na parte lateral ou medial.

Existem 3 causas de escoliose:

  • A congênita: que ocorre graças a um problema com a formação dos ossos da coluna vertebral (vértebras) ou então da fusão das costelas durante a fase de desenvolvimento do feto ou do recém-nascido.
  • A neuromuscular: que é causada por problemas como baixo tônus muscular ou então um controle precário dos músculos. Outra provável causa são os casos de paralisia decorrente de doenças como paralisia cerebral, distrofia muscular, pólio e espinha bífida.

  • A idiopática que ainda não possui causa conhecida. A escoliose idiopática que ocorre em adolescentes é o tipo mais comum.

Os sintomas mais comuns de escoliose são desvios de postura nos quadris e nos ombros, que ficam assimétricos, dor na região lombar, fadiga excessiva. Esta doença é mais comum do que muitos pensam. Cerca de 3% da população mundial sofre dela, sendo que muitos nem sabem disso.

Para melhor entender a escoliose, veja a figura abaixo:


Todos nós temos duas curvaturas na coluna que são consideradas normais, a cifose e a lordose. Somente quando estas curvaturas se tornam muito amplas é que são consideradas patológicas. Já a escoliose sempre é patológica e nã esta enquadrada nas curvas naturais da coluna. Ela pode ser em formato de C ou de S, sendo que o tratamento muda conforme sua forma.

Uma pessoa que tenha escoliose, tem uma amplitude de movimento e estabilização mais reduzida, portanto não pode praticar a musculação como uma pessoa que tenha uma coluna normal. É lógico que existem diversos graus de escoliose, e dizer que todos os portadores podem fazer tal exercício, ou não podem fazer, seria totalmente errado de minha parte. A escoliose se divide em vários graus e as causas também são de extrema importância para que possamos ter um treino que ajude, e não piore a situação.

Que exercícios evitar quando se tem escoliose

Como a escoliose se encontra na parte de corpo responsável por ajudar na absorção do impacto e no processo de estabilização, devemos ter muitos cuidados para que a musculação ajude a melhorar o problema e não agravá-lo. Inicialmente podemos falar que os exercícios que promovam uma carga vertical sobre a coluna tem de ser evitados, pois eles acabam agravando em muito o problema. Em escolioses estruturais, onde temos um quadro crônico, os exercícios já não são mais suficientes para resolver o problema e na maioria dos casos apenas uma cirurgia é a solução. Porém mesmo nesses casos, a musculação, aliada com trabalhos de flexibilidade, podem fazer com que se melhore e previna outros problemas advindos da escoliose, como a hérnia de disco.

Um dos exercícios que deve ser evitados por indivíduos escolióticos é o agachamento. Apesar de ser um dos melhores exercícios para membros inferiores com pesos livres, o agachamento necessita de estabilização da coluna lombar, e consequentemente, joga uma carga vertical sobre a coluna, o que é contra indicado para estes casos. Além disso, o levantamento terra também deve ser evitado, pelo mesmo motivo do agachamento. Exercícios para ombros, como desenvolvimento ou remada em pé, também jogam uma carga tensional muito elevada sobre a coluna e são contra indicados. Exercícios como rosca direta e tríceps na polia até podem ser executados por indivíduos escolióticos, mas em casos de graus reduzidos. A remada curvada é outro exercício que deve ser evitado, por sua carga vertical aplicada sobre a coluna. 

Nota:

Esse artigo é de caráter informativo e não substitui de forma alguma a consulta ao ortopedista ou outro profissional de saúde.
Lembre-se de procurar ajuda de um bom profissional para monitorar seus exercícios, bons treinos!

Sobre Sandro Lenzi

Educador físico apaixonado pelo desenvolvimento humano. Atuo como produtor de conteúdo, personal trainer e com consultoria online.

20 Comentários

  1. Gostaria de saber se realmente não posso executar o agachamento e levantamento terra, pois tenho uma leve escoliose, cheguei a fazer 2 meses de tratamento, e melhorou bastante, ja tem 4 meses que voltei a fazer musculação, me sinto super bem, e sei da importância desses exercícios, faço um exercício para fortalecer a lombar, e comecei a fazer o agachamento com peso leve, mas depois desse texto fiquei com certo receio, poderia me dar uma sugestão.

    Grato!

    • Eu tbm queria muito poder executar o agachamento e outros exercícios mas também tenho escoliose, a minha é de 44° graus. O médico viu o meu raio x e me disse para voltar daqui a um ano para ver se a escoliose aumentou ou se ja estabilisou, mas eu acho que é muito tempo pra esperar. E quando eu fiz o agachamento durante 3 semanas eu não senti e não sinto qualquer tipo de dor. Eu só queria que a minha coluna fosse reta 🙁

  2. Olá Douglas.
    Na verdade cada caso é único. Variáveis como seu treinamento, tratamento e condição física atual deveriam ser avaliadas. Converse com seu médico e com seu professor para tirar uma conclusão mais acertada.
    abs

  3. Entendi, obrigado!

    Ao meu ver, creio que como estou fazendo os exercícios mas corretamente, pode ser que isso está me ajudando até a melhorar minha postura. Com isso continuarei fazendo a não ser que sinta algo diferente quando executar, mas seguirei acompanhado de um profissional.

  4. Achei bem interessante o seu artigo e dicas sobre a escoliose pois quem é portador como eu fica perdida..já passei em consulta com diversos especialistas e nenhum especificou o meu tipo de escoliose congênita, neuromuscular ou ideopática. O pior é que tenho muita dor, e descobri que tinha escoliose quando estava fazendo aulas de spinning porque comecei a sentir muita dor e procurei um ortopedista onde, através de um raio x foi detectada a escoliose. O mais estranho é que os ortopedista dizem que a escoliose é leve e não tem motivo para tanta dor. Já fiz alguns tratamentos como fisioterapia por eletro-choque, rpg, mas nada deu resultado! Quando fui diagnosticada com escoliose em 2011 o ortopedista pediu que parasse com a academia, no final de 2013 passei com outro ortopedista que me liberou academia aconselhando a natação ou pilates e musculação e disse que minha dor é pela má postura e que preciso fortalecer a musculatura..Eu gostaria muito de uma opinião sua! Porque eu gostaria muito de fazer musculação e com objetivo na hipertrofia! Só que fico totalmente perdida.. Obrigada!!!!

  5. Olá, adorei o texto é muito informativo, e da uma grande ajuda para quem tem certas dúvidas sobre o assunto. Assim como a Natália fico perdida em relação aos exercícios que posso ou não fazer na musculação. Já consultei vários médicos (ortopedistas, traumatologistas e neurologistas) bem como fisioterapeutas e educadores físicos, o problema é que enquanto alguns dizem que devo fazer musculação outros dizem que não. Tenho escoliose em “S”, 11º a nível dorsal e 17º a nível dorso-lombar. Já fiz rpg, faço pilates, e agora comecei a fazer musculação. O meu objetivo principal seria o fortalecimento da musculatura para ter melhor sustentamento da coluna, e o secundário também seria a hipertrofia. No entanto, meu treino foi limitado, não poderei fazer nenhum tipo de agachamento, nem abdominais. Queria sua opinião, será que tem como criar massa muscular e definir o abdomen mesmo nao fazendo esses tipos de exercícios?
    Muito obrigada desde já.

  6. Bom dia Sandro, Eu tenho tenho escoliose lombar e toráxica. Fiz pilates e resolvi meu problema de dores. Pilates e yoga sempre me beneficiaram bastante. Resolvi retornar a musculação pq sou muito magra e estava ficando mesmo sem forças, achei q por uma questão de saúde seria importante (30 anos). Pronto, retornou dores nas costas. Escolhi uma academia maior ( e cara), só na esperança de bons profissionais. Fiz avaliação física onde meus problemas de coluna ficaram evidentes. Mas parece que a maioria dos profissionais da musculação são bastante ignorantes sobre a escoliose, pois no meu segundo mês já estou com dores na coluna, coisa q eu não sentia a anos (meu desestímulo e vontade de parar é enorme, pois é um sofrimento). O que fazer nessas horas? Imprimo isso aqui e levo pro professor? Pq ao que parece tenho q ser autodidata e fazer minha própria pesquisa :/ isso me frustra muito, como confiar no profissional? Estou quase desistindo da musculação, vou levar uma listinha do que não posso fazer e ver o que acontece. Ótimo o seu texto, gostaria de ter um profissional assim na academia que pratico exercícios. Se você puder me dar mas alguma dica ou caso você faça alguma consultoria, me avisa, tenho interesse.

    • Para com a musculação de vez e vai atrás de um tratamento ou até uma cirurgia, se esta doendo é porque está incomodando e pode aumentar muito o seu desvio

  7. Todos os sites falam sobre quem tem escoliose e nunca pra quem operou. Nunca vi uma matéria falando sobre a musculação pra quem JA operou ha anos desse problema. Eu tinha uma escoliose bem acentuada em torno de uns 50 graus depois da cirurgia foram pra 24 graus, nunca corrigi 100%. Sinto ainda dores na coluna ao acordar, ao ficar muito tempo sentada, ao realizar algum exercício, mas ha 2 anos faço musculação inclusive com o agachamento. Não sei se pra quem operou isso pode se tornar relevante ou se ainda tenho chances de entortar mais mesmo operada com esses tipos de exercícios.

    Ninguém nunca sabe me responder de uma forma concreta, nem mesmo o Ortopedista que me operou, ele disse que eu estava liberada pro agachamento pra começar pegando leve, mas nem eles mesmos sabem me responder se ha chances e riscos de eu agravar mesmo operada com 12 pinos segurando.
    Meu ortopedista me liberou, os professores da minha academia nao concordaram muito com isso mais aceitaram, afinal era um médico falando, mas nem o próprio médico disse afirmando.
    Entao quem sofre disso tem MUITAS dúvidas, cada um fala uma coisa!

    • Eu fiz também a cirurgia, resultando na artrodese de 12 vértebras. Com relação ao que pode ou não se fazer, é muito individual, vai depender de quais segmentos seus foram fixados. no meu caso eu preservei o movimento de 3 vértebras lombares, o que teoricamente me permite fazer agachamento. Entretanto optei por não fazer porque não quero arriscar danificar os 3 discos livres que tenho na lombar. Acredito que para quem tem mais vértebras lombares fixadas o agachamento seja inviável. Quanto aos outros exercícios, os que envolvem torção torácica são impossíveis de executar. Em membro superior, de novo, vai depender de quantas vértebras cervicais têm movimento preservado.
      Infelizmente há pouca vontade de informar bem os portadores de escoliose, ficamos à deriva mesmo. O importante é conhecer bem o próprio corpo, ter uma boa consciência postural e ir com calma.

  8. Olá, não sei o grau da minha escoliose, mas sinto muitas dores nas costas,que diminuíram mais, com a correção postural e evitar pegar pesos elevados para não sobrecarregar a coluna, mas preciso fazer musculação, tanto para facilitar com o cuidado de meus idosos quanto para manter a saúde física. Porém, na minha cidade não tem um profissional que entenda nada de exercícios para este problema. mesmo com orientação do ortopedista, mas sem profissional qualificado na minha cidade, devo prosseguir com exercícios que pesquisei aqui? Seria bom se um profissional pudesse nos orientar nas variantes de exercícios e intensidades.

  9. Eu, assim como centenas de milhares de brasileiros tenho escoliose do tipo “c”, e o que mais tenho dúvida é se com a cirurgia eu irei sentir dores pelo resto da minha vida? Não vou poder praticar exercícios que costumo fazer, como jogar futebol, correr?
    Agradeço aos que me explicarem desde já !

  10. Que tipo de atividade ou exercício não são recomendadas para pessoas com problema de coluna?

  11. Esse artigo é excelente.
    Tenho problemas de coluna e através desse post tirei as minhas duvidas a respeito de academia.

  12. Olá,tenho escoliose também,faço treino funcional há seis meses mas sinto muitas dores,volto de lá pior do que antes de ir,estou pensando seriamente em desistur,acho que o limite pra saber se é bom ou não é a dor,se estivesse fazendo bem, não doeria tanto,vc tem que se sentir bem depois do treino,e não precisar de entupir de remédios pra aguentar.

  13. Tenho escoliose leve a coluna não esta muito curvada ainda, mas eu tenho uma dúvida, gostaria de saber se portadores de escoliose pode fazer o exercicio na academia chamado Remada Cavalinho

  14. Eu já fiz a cirurgia de escoliose, coloquei pinos na coluna. Quais exercícios físicos eu poderia fazer na academia?

  15. Minha filha tem escoliose 42 0 ela não quer operar ela quer fazer academia qual exercício pode fazer? Ela não sente dor

  16. eu só preciso dos CUIDADOS da escoliose! PARA O MEU TRABALHO DE ED FISICA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!