Página Inicial » Dietas e Nutrição » Dieta para ganhar massa muscular, é possível gastar pouco?

Dieta para ganhar massa muscular, é possível gastar pouco?

Um dos maiores entraves para a maioria das pessoas, quando o assunto é hipertrofia, é o custo da dieta e suplementação para ganhar massa muscular. Veja neste artigo algumas maneiras de minimizar os custos e obter bons resultados, gastando menos.

Para crescer, você precisa gastar um monte! Isso é o que colocaram na cabeça das pessoas e em partes, até tem um fundo de verdade. Para que você consiga bons resultados em seu treino de hipertrofia, será preciso ter uma alimentação equilibrada e saudável, que muitas vezes é consideravelmente mais cara do que uma dieta “comum”. Mas isso também não quer dizer que apenas pessoas de classes A e B consiga manter uma boa dieta para ganhar massa muscular. existem diversas maneiras de minimizar os custos, sem perda de qualidade.

Dieta para ganhar massa muscular sem gastar muito dinheiro, é possível?

Mas antes disso, preciso te alertar sobre uma coisa bastante importante. Para gastar menos em sua dieta para hipertrofia, você precisará saber que isso te dará mais trabalho. É muito mais fácil ingerir um suplemento caro do que fazer uma refeição, não é? Por isso, se quer uma boa dieta para hipertrofia, sem gastar muito, é vital saber que isso te dará muito mais trabalho.

Como montar uma dieta para ganhar massa muscular gastando menos

 O primeiro item é saber escolher alimentos que custem menos e que tragam bons resultados. Além dos clássicos frango com batata doce, ainda temos opções como a mandioca, que tem um índice glicêmico menor do que outros alimentos (52). A mandioca é uma boa saída para quebrar a monotonia de quem come muita batata doce. Outra opção é a batata inglesa, que tem um índice glicêmico mais elevado, mas que ainda é uma opção bastante interessante para quem está em fase de construção e aumento de massa muscular.

Um outro alimento que vem ganhando bastante espaço é a farinha de tapioca, que tem uma grande quantidade de carboidratos e baixa glicemia. Ela pode ser preparada em menos de 10 minutos e oferece alta qualidade nutricional.

Creio que o maior problema para montar uma dieta para hipertrofia gastando menos, sejam as proteínas. Mas mesmo assim, com pesquisa e conhecimento, é possível conseguir bons resultados.

O filé de peito de frango é um dos cortes de carne que mais oferecem proteínas com baixo teor de gordura e custa entre 10 e 15 reais o quilo, na maior parte do Brasil. Outro corte bastante interessante, é o Sassami, que fornece boas quantidades de proteínas. No geral, a carne de frango é bem mais barata do que a carne de gado e é a mais indicada para quem busca a hipertrofia. Além disso, quando o assunto é hipertrofia, precisamos de outras fontes de proteína.

Além do clássico ovo, que é quase que obrigatório para quem quer gastar menos (apesar de ele ter ficado mais caro, ainda é uma opção bastante viável), temo ainda a sardinha, que além de fornecer uma boa quantidade de proteínas, ainda fornece altas quantidades de ômega 3. Outro peixe que tem um custo reduzido, pouca gordura e é uma excelente fonte de proteínas, é a tilápia.

Já no que se refere aos vegetais, legumes e frutas, temos uma infinidade de opções. As opções com maior quantidade de proteínas são o brócolis e o espinafre, que estão na lista dos vegetais e legumes mais baratos. Além disso, possuem alta concentração de vitaminas e minerais, fundamentais para a hipertrofia.

As frutas, fundamentais para este processo, possuem a variação de época para que o valor delas não seja tão elevado. Para que você escolha as opções mais barata, precisa verificar quais as épocas de cada um e qual é mais típica de sua região.

Gastando menos com os suplementos

Outro fator muito importante para uma dieta de hipertrofia que custe menos é a questão da suplementação. Se você quer usar diversos tipos de suplementos, prepare o bolso, pois quanto maior a qualidade deste, maior seu custo. Por isso, é possível substituir grande parte dos suplementos por refeições, reiterando o que eu falei no início do artigo, que uma dieta que custe menos, dá muito mais trabalho.

No caso de suplementos, quem ainda queira tomar sem gastar muito, pode substituir, por exemplo, a Whey Protein por albumina, quem também é uma proteína de alto valor biológico e com custo bem mais reduzido. Na questão dos carboidratos concentrados como dextrose ou maltodextrina, esses já possuem baixo custo.
No link abaixo você poderá tirar maiores dúvidas de como tomar a albumina corretamente e ainda conhecer as melhores marcas com preço reduzido.

Leia também: Albumina – O que é, efeitos e como tomar

Não fiz uma lista completa, pois cada região tem valores diferentes, assim como as opções. No geral, para fazer uma dieta para hipertrofia gastando menos, você precisa pesquisar bastante os valores, saber o que comer e ter tempo para preparar suas refeições. Mas que isso tudo é possível, você pode ter certeza! Bons treinos!

10 Comentários

  1. Ganho Massa Muscular

    Olá.

    Gostei muito do post.

    É uma boa combinação de nutrientes que vai nos trazer bons resultados, suplemento sozinho não faz milagre como muita gente pensa.

    Hoje temos mais condições de pagar por uma boa alimentação.

    Parabéns pelo conteúdo!!

  2. Oi..foi muito útil p mim este post…pois eu estava a base de ovo, frango e batata doce rsrsrs. Gostaria de saber se apenas com a alimentação correta sem suplementos eu consigo resultados de crescimento muscular. Obrigada.

    • Consegue sim Tathianne…suplementos são apenas um complemento a dieta, mas a alimentação será sempre o principal fator para ter bons resultados. Aliado sempre ao um treino bem elaborado e respeitando o descanso.

  3. Amei o post. Perfeito como os anteriores. Gosto de tudo isso que vc colocou, mas no almoço. Minha dificuldade é no café da manhã. Gosto de ovos, mas todo dia não dá.

  4. Estou começando dieta a base de proteínas, e tenho algumas duvidas sobre lanches entres as refeições, existe alguma recomendação ?

  5. Post bacana. Tipo whey, nao consigo ficar sem no pós treino entao, compro aqueles que vem no refil não no pote, por ser mais barato.

    • sim, comecei a fazer isso tambem… eu sempre utilizava carnpro da probiotica e pagava caro…. entao comecei a comprar o whey refil da integralmedica pela metade do preço… entao eu abro o refil e jogo dentro do pote… sobra pra um pre treino ou uma albumina e uma malto a diferença do valor rsrsrsrsrs

  6. Olá.
    Comecei faz pouco tempo a treinar buscando hipertrofia, leio bastante os artigos de vocês seja sobre alimentação, periodização, execução de exercícios, suplementação e tem ajudado bastante. Os resultados são bem visíveis rs. Eu moro em favela e a dieta necessita ser de baixo custo então tem muito ovo, frango, batata doce e muita salada sem refogar, as vezes com casca para aproveitar melhor as vitaminas. Por fim gostaria de tirar uma duvida sobre suplemento. Ouvi dizer que o suplemento “Protella” tem um custo bem em conta e não deixa a desejar no resultado e o gosto é semelhante ao da Nutella.

    Eaí ? Esse suplemento é uma boa ?

    Obrigado .

  7. Pelo que estou vendo não é necessário gastar com suplemento, desde você gaste com uma alimentação bem completa e rigorosa! Confere? Valeu!

  8. Com uma dieta boa e barata com o uso de suplementos básicos saberia me dizer qual seria o numero ideal de refeiçoes feitas ao dia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!