Dieta Dukan – Conheça tudo sobre a Dieta do Dr. Pierre Dukan

Dr. Pierre Dukan

A dificuldade de emagrecer não é uma vantagem somente das pessoas comuns, mas também de muitas celebridades que sofrem desse mal. Podemos ver, através das pessoas que estão sob os holofotes, quais as dietas que são mais eficientes no emagrecimento. A nova queridinha das famosas é a Dieta Dukan, também conhecida como Dieta Francesa ou Atkins Francês.

O médico francês Pierre Dukan, depois de 20 anos de pesquisa, publicou um livro que virou best seller na Europa chamado de “Não sei como emagrecer”. Em suas pesquisas, foi elaborada uma maneira de perder peso em quatro fases, tendo como principal apoio o corte de carboidratos e a alimentação baseada, principalmente, em proteínas magras. Este princípio nos remete à dieta de Atkins, que usa proteínas e gorduras como base para a alimentação durante a dieta. Dukan também planejou uma forma alternativa de fazer com que as pessoas que emagreceram não ganhassem o peso novamente.

 

Essa dieta tem como aliado não deixar seus usuários passarem fome. Talvez por isso tem feito tanto sucesso e angariado tantos adeptos. Algumas das celebridades que fizeram essa dieta ficar popular foram a Jennifer Lopez, que enxugou o peso extra que a gravidez proporcionou; a atriz Penélope Cruz, que passou pelo mesmo problema da cantora Jennifer Lopez, precisando apelar para dieta para perder os quilos da gravidez; e.a mais famosa entre as celebridades que fizeram a dieta, a qual proporcionou ainda mais popularidade à dieta, foi a atual Duquesa de Cambridge, casada com o príncipe William, Kate Middleton, que conseguiu passar do manequim 42 para o 38, entrando esbelta em seu vestido de casamento.

Como funciona a dieta Dukan e seu cardápio:

A dieta foi dividida em quatro fases: Fase do Ataque; Fase da Velocidade; Fase da Consolidação; Fase da Estabilização. Você deve planejar sua dieta, principalmente a duração, pensando em quantos quilos pretende e necessita perder. Caso você queira perder menos de 10 quilos, você deverá planejar a duração das fases em 3 dias; já se você pretende perder mais de 10 quilos, é interessante fazer 5 dias de dieta, normalmente. Cada fase terá uma certa duração, como veremos a seguir.

 

Estágio 1 – Fase do Ataque: Nesse período é necessário se alimentar somente de proteínas, principalmente de carne magra. As proteínas auxiliam na perda rápida de gordura. Os alimentos devem ser feitos na grelha, no vapor ou cozidos, pois não podem ter contato nenhum com gorduras, incluindo óleos. Os alimentos permitidos são as carnes magras sem gordura, frango, carne de boi, vitela; ovos; presunto, tofu; peixes, cozidos ou crus; laticínios magros, ou seja, queijos, iogurtes e leite desnatados. Consuma 1,5 litro de líquidos, podendo ser água, chá, café, estes sem adição de açúcar. A duração recomendada desse estágio é entre dois e quatro dias.

Estágio 2 – Fase de Velocidade: Agora é possível acrescentar legumes às refeições. Durante esta parte da dieta deve-se alternar os dias que serão somente consumidos proteínas magras, daqueles que poderão consumir proteína magra mais legumes. A duração dessa fase vai depender de quantos quilos deseja-se perder. Se a pretensão é perder menos de 10 quilos, é necessário consumir três dias de proteína e três dias de proteínas acrescidas de legumes. Caso forem mais de 10 quilos que se queira perder, é necessário fazer cinco dias de consumo de proteínas e cinco dias de proteína mais legumes. Os alimentos permitidos são aqueles correspondentes à fase 1, mais legumes como tomate, pepino, espinafre, alface, acelga, couve, pimentão, entre outros. Os alimentos que não podem ser consumidos são aqueles ricos em carboidratos, como batata, arroz, milho e abacate.

Estágio 3 – Fase de Consolidação: Esta fase deve começar somente após o usuário ter chegado ao seu peso ideal ou àquele que havia sido pretendido no início. Esse período tem duração de 10 dias por quilo perdido, ou seja, se você perdeu cinco quilos, é necessário fazer 50 dias desta fase, com o intuito de fugir daquele velho conhecido das pessoas que fazem dieta, o “efeito sanfona”. Os alimentos proibidos são ricos em carboidratos, como pães, arroz, milho etc. Porém, eles podem entrar nas refeições, em pequenas porções, duas vezes por semana. Normalmente, as pessoas que fazem essa dieta consomem os alimentos com muito carboidrato durante os fins de semana. Os alimentos permitidos são: carnes magras, ovos, peixes, laticínios desnatados, pão integral (duas fatias por dia).

Estágio 4 – Fase da Estabilização: Este é o período mais importante, pois o usuário da dieta volta aos alimentos normais, contudo é necessário fazer, uma vez por semana, a primeira fase da dieta, cuja a base alimentar é os alimentos ricos em proteínas. Esta fase somente será um sucesso se as outras fases forem feitas de maneira correta. O propósito deste estágio é manter o peso alcançado e não ganhar todos os quilos perdidos.

Algumas das dicas principais que o Dr. Dukan passa para suas clientes, logo quando elas finalizam a fase 3, é: consumir todos os dias farelo de aveia e farelo de trigo, os quais auxiliam no bom funcionamento do intestino, além de beber muito líquido.

Efeitos:

Alguns efeitos colaterais podem ser causados, principalmente durante as primeiras fases da dieta, como: cansaço, prisão de ventre, carência de vitaminas e sais minerais, fadiga, entre outros. Por mais eficiente, esta dieta deixa pontos importantes faltando. A alimentação saudável e a reeducação alimentar ainda são mais eficientes do que dietas que emagrecem rápido, porém que deixam o corpo com falta de nutrientes essenciais para o ótimo funcionamento.

Por mais tentadora que seja esta dieta, é necessário fazer uma consulta prévia com um médico e com um nutricionista. É necessário fazer exames para que sua saúde seja preservada até acabar as fases mais restritivas da dieta.  

Por Raquel Torres Costa Bressan Redatora formada em Letras pela Universidade Federal de Viçosa.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (9 votes, average: 4,44 out of 5)
Loading ... Loading ...

5 comentários

  1. Carolina Silva de Oliveira

    Com o objetivo de perder peso sem com isso perder músculos, iniciei esta dieta por indicação médica no início de setembro. Meu objetivo era perder 6 kg: iniciei a dieta com 64 kg e pretendia terminar a fase de ‘perda de peso’ aos 58kg. Hoje, em dezembro, desisti da dieta e estou com os mesmos 64 kg de quando iniciei. Parte dos kilos extras são de músculo, é verdade, mas de qualquer forma não consegui cumprir meu objetivo inicial e estou muito chateada, quem sabe se eu tivesse lido esta matéria eu teria ido até o fim. Parte do meu insucesso se deu por falta de informações contidas nesta matéria por parte do meu médico. Vou relatar brevemente como foi a experiência para mim, a fim de informar quem gostou da idéia da dieta (assim como eu) e para que tenham o sucesso.
    Para mim o melhor desta dieta é que você não passa fome. Os resultados dos dias da chamada ‘fase de ataque’, ou ‘fase de iniciação’ foram excelentes, me animou muito e eu me sentia muito disposta para fazer exercícios, em suma, tudo correu muito bem. Já na fase de ‘perda de peso’ eu tive uma recaídazinha, e comi um bolinho de festa e aí eu me assustei! Eu mantinha um controle diário: me pesava na balança do meu quarto todo dia de manhã antes de me vestir; e qual não foi minha surpresa quando constatei que o crime do dia anterior tinha sido fatal! Engordei 1kg em um dia! Merda! E pior, desse dia pra frente mantive a dieta direitinho mas a perda de peso estava muito reduzida em vista da que eu estava observando antes. Duplamente merda! Mesmo assim, tive resultados satisfatória e na consulta 1 mês depois de iniciada a dieta eu estava 2 kg mais magra no geral, e com ganho de massa magra! Então, continuei a dieta, feliz da vida. Mas viajei por uma semana e volteia comer carboidrato na viagem. Aí que entrou a desinformação da minha parte, pensei que não seria tão ruim, mas foi! Eu fiquei meio obsessiva, exatamente como está relatado nesta reportagem!! O pão, antes meramente um alimento inanimado como qualquer outro que poderia ser facilmente substituído por qualquer ovinho de manhã numa boa, agora tinha ganho uma cara atrativa, sedutora e com uma abordagem de ataque agressiva, quase imoral! Eu só pensava em pão, sorvete, pão-de-queijo e bolo! Foi muito estranho, e ao contrário do que parece, nada engraçado! Sabe aquele lance de comer escondido? Era eu! Eu estava com aquele comportamento típico de pessoas que fazem dietas a vida inteira e não emagrecem… porquê? Porque elas comem escondido, dã! Resultado, na consulta seguinte eu tinha praticamente voltado ao meu peso inicial! Ah, fiquei muito p*** da vida e minha motivação de fazer dietas e ser educadinha e comer tudo certinho foi pro buraco! Poxa, se no primeiro deslize voltaria tudo de novo? Procurei outro médico, que me passou uma dieta muito mais restritiva e que me deixa com fome! Mas estou tentando seguir direitinho…
    O fato é que eu entrei recente nesse mundo das dietas e não sei se vou ter sucesso nesta empreitada, infelizmente. Por um motivo muito simples: falta de disciplina da minha parte. Além disso, eu me saboto muito fácil e fico com sentimento de culpa e isso acaba com a minha motivação. Percebi que a motivação é fundamental, mais que qualquer outra coisa, não somente no mundo das dietas, mas nas demais áreas da vida também, ter uma visão positiva dos acontecimentos é fundamental para o sucesso de qualquer empreitada. Ter paciência com você mesmo, saber que emagrecer/ melhorar no trabalho/ ir para a academia todo dia/ dormir em horários regulares/ blá blá blá , tudo isso é difícil mesmo, por isso se você não consegue uma vez, não desista! Adapte-se! Quem sabe uma dieta menos restritiva funcione melhor pra mim e pra você?
    Era isso que eu queria dizer: motive-se, tenha paciência com você mesmo e saiba que a decisão de iniciar uma dieta tão restritiva como esta da proteína ou outras tantas é antes de tudo um ato de coragem! Sim, porque existem muitas pessoas insatisfeitas e tristes com a sua forma física atual e nem por isso são capazes e suficientemente corajosas para tomar uma atitude em relação a isso e mudar seus hábitos alimentares. Preferem continuar comendo as coisas que gostam mesmo sabendo das conseqüências associadas a esse hábito, mesmo se sentindo infelizes em relação a sua aparência. Por isso, sintam-se parabenizados desde já pela iniciativa de fazer uma dieta, você faz parte das pessoas que fazem acontecer! Faça acontecer essa transformação na sua vida! Boa sorte para todos nós, guerreiros das dietas!
    Um abraço,
    Carolina

  2. Estou fazendo essa dieta dukan que minha nutricionista indicou e estou gostando dos resultado!!

    Já havia lido alguns cometários e relatos na internet, tomei coragem e comecei a 2 meses, perdi 8 kg nesse tempo. Vou começar uma incluindo um pouco de carboidratos agora e depois retorno a essa novamente.

  3. Eu estou fazendo a dieta Dukan há 5 semanas, comecei com 64kg e agora estou com 59kg, minha meta é 58kg. Por uns 3 anos estive acima do peso, e sempre tive uma alimentação saudável: não uso açucar, arroz integral, nada de batata frita, refrigerante só raramente nos fds etc. E malho! Então, no meu caso, teria que ser algo bem regrado e radical para fazer efeito. Por isso busquei a dieta Dukan. Uma coisa que me ajudou muito foi me inscrever no Forum do site da dieta e participar sempre das discuções, diariamente. Nesse mês que estive na dieta, fiquei mais tempo no Forum da dieta do que no Facebook, imaginem! E isso me ajudou muito, a troca de experiências e ansiedades, acompanhar as conquistas das outras pessoas, e ajudar os que eram ainda mais fracos do que eu… Inexplicável! Agora que estou quase no meu peso, falta só 1kg, estou focando mais na musculação e suplementação, para dar uma forma, pois fiquei uma régua. Mas isso pra mim é fácil, malhar pra ganhar massa. O pior foi perder as gorduras localizadas. Enfim, indico a dieta! Apesar dos contras… só as mulheres vaidosas me entenderão! É muito bom estar magra :)

  4. Estou na dieta ja perdi 9kls mas minha duvida e possível tomar bcaa nesta dieta?
    Parabéns pelo site excelente!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


1 + 3 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top