Página Inicial » Dietas e Nutrição » Dieta das proteínas – Conheça a dieta do Dr. Atkins

Dieta das proteínas – Conheça a dieta do Dr. Atkins

Dieta do Dr. AtkinsA cada ano novas dietas são lançadas ou caem no gosto popular. Entre tantas, provavelmente você já ouviu falar da dieta da lua, do abacaxi, da sopa, entre outras. Uma dessas dietas que se popularizou muito entre as pessoas, principalmente entre as celebridades, foi a dieta da proteína, também chamada de dieta de Atkins.

Atkins, ou Doutor Robert Coleman Atkins, foi um médico cardiologista que nasceu em 1930. Sua vida como cardiologista iniciou-se em 1955, quando se formou pela Cornell Medical College. Ele acreditava que era possível evitar cirurgias e a administração de fármacos somente com o consumo de vitaminas e na força das orações. Morreu em 2003 devido a uma queda em frente ao seu consultório.

Sua dieta é muito controversa, e dita como sendo problemática, principalmente por médicos e nutricionista. Porém, é considerada a que ocasiona maior perda de peso sem restrições na ingestão de proteínas e da grande vilã da saúde e da balança, as gorduras.

A principal característica da dieta é a restrição de carboidratos ou glicídios, também chamados de hidratos de carbono. Pertencentes a essa família, de hidratos de carbono, podemos dar como exemplo o açúcar, a farinha de trigo, entre outros. Os carboidratos são constituídos por moléculas de carbono, oxigênio e hidrogênio. São ricos em calorias e são responsáveis por dar energia ao corpo, de maneira rápida, normalmente.

A dieta de Atkins restringi, quase que drasticamente, a ingestão de carboidratos em todas as refeições. Ao retirar essa grande fonte de energia, adiciona-se alimentos ricos em proteínas, como carnes, peixes etc. Do mesmo modo, as gorduras, como o bacon, também são permitidas.

A teoria por trás da dieta é retirar a dependência do organismo por carboidratos. Quando o organismo não é suprido por carboidratos desencadeiam-se processos que fazem com que o fígado converta gordura, que temos no corpo, em ácidos graxos e cetoses. Estes dois podem ser usados como energia pelo organismo, o que é o grande segredo do sucesso da dieta, a conversão rápida da nossa gordura corporal em energia.

Normalmente, a dieta das proteínas do Dr. Atkins é dividida em quatro fases:

A introdução, a perda de peso, a pré-manutenção e o período de manutenção.

A introdução é considerada a fase mais difícil. Além de ser o começo de uma alimentação diferente, ela é o estágio mais restritivo de carboidrato. Limita-se o consumo para, somente, 20 gramas de hidratos de carbono por dia, ou, às vezes, nenhum consumo. Os carboidratos permitidos são, somente, as saladas, com exceção dos tubérculos.

A Perda de peso é a fase mais agradável, devido aos resultados vistos. Agora é possível acrescentar alguns carboidratos à dieta. Ao invés de 20 gramas, é possível comer 25 gramas. A partir de agora, toda semana acrescenta-se mais 5 gramas de carboidratos. É feito isso até que o corpo pare de perder peso. Neste ponto, subtrai-se 5 gramas, fazendo, dessa forma, a manutenção do seu peso.

Pré-manutenção é a fase em que você para de perder peso. Acontece quando se chega ao peso ideal, mantendo-se, então, ele equilibrado. Para regularizar a perda de peso, acrescenta-se 10 gramas de carboidrato ao o que já está sendo consumido naquela semana.

O período de manutenção ainda tem restrição de carboidratos, porém é possível comer uma gama de outros alimentos. Este estágio auxilia a manter o peso adquirido, sem engordar.

Por mais eficaz que seja a dieta, é necessário ver os contras também: o organismo usa, basicamente, a glicose como combustível. A glicose é proporcionada pela ingestão de carboidratos. Quando se limita a ingestão desse nutriente, o corpo tende a procurar outras formas de energia, como foi dito mais acima. As cetoses podem ser usadas como combustíveis para o cérebro, contudo não é tão eficiente quanto a glicose, sua principal fonte de energia. Quando o cérebro utiliza a cetose ao invés da glicose, podem ocorrer vários problemas, como falta de concentração, tonturas, alterações de humor, sono, entre outras coisas. Além disso, ocorre um aumento de gorduras saturadas, o que pode elevar o colesterol ruim. A grande problemática é a falta de reeducação alimentar. Por ser uma dieta muito restritiva, a pessoa sente uma grande falta de certos alimentos e, caso aconteça de voltar à alimentação normal, será consumido muito mais carboidratos que anteriormente, na intenção de suprir aquela época que estava em falta no organismo. Na maioria das vezes, ocorre um ganho de peso muito rápido, o que também é chamado de efeito sanfona.

Para qualquer dieta é necessário e imprescindível consultar um médico. Converse com seu médico, vá a um nutricionista e veja qual a melhor dieta para seu caso. Cada pessoa tem um organismo, e ele trabalha de maneira diferenciada. Perder peso sem manter a saúde não vale a pena. Alimente-se bem e moderadamente; diminua o consumo de açúcar, farinhas brancas e sal; faça exercícios regulares; e beba muito líquido.

Por Raquel Torres Costa Bressan Redatora formada em Letras pela Universidade Federal de Viçosa.

Sobre Raquel Torres Costa Bressan

2 Comentários

  1. Fiz essa dieta a um tempo atrás e gostei dos resultados, o difícil mesmo é ficar sem carboidratos, como dito ai, é a fonte principal de energia e é a que o organismo sempre esteve acostumado……mas depois de alguns dias o organismo vai se adaptando….
    Pretendo fazer novamente essa dieta se for necessário.

  2. Sou adepta da dieta e faço sempre exames de sangue e outros. Mês passado meu cardiologista elogiou meu exame de sangue dizendo que a muito tempo não vê um colesterol como o. Meu , somente atletas possuem. Fiquei super envaidecida . Essa dieta acabou com minha insônia , passei a ter muita energia , não senti mais fome, não tenho desejo de comer doces e salgadinhos pois acabou com minha compulsão alimentar . Mudou completamente minha vida . Tenho muita energia e durmo super bem não tenho mais Azias e outros problemas . Amigo essa dieta que me reeduca a cada dia é me trouxe uma nova pespectiva de vida . Indico a todos . Eu e minha família temos tendência a ter colesterol alto e esse era minha preocupação , mas para alegria minha meu colesterol está normal e eu como bacon, picanha e contra filé com bastante gordura , linguiça , carne seca gorda , torresmos e etc mas eliminei completamente o açúcar e carboidratos lixo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!