Página Inicial » Emagrecimento » Dicas para emagrecer ou manter o peso no inverno

Dicas para emagrecer ou manter o peso no inverno

Dicas importantes para homens e mulheres não só para emagrecer, mas também evitar de engordar no inverno, já que comemos muito mais nessa estação.

É de praxe emagrecermos no calor e engordarmos no frio. Nosso corpo usa alguns artifícios durante as estações do ano e, a partir deles, o corpo sofre esse efeito sanfona que, na maioria das vezes, não é nada benéfico. Mesmo que para muitas pessoas isso seja quase uma situação sem saída e rotineira, é possível fugir disso e, até mesmo, emagrecer no inverno.

Durante os períodos mais frios o corpo precisa se manter aquecido, além de administrar a energia gasta, que é maior do que no verão. Por necessitar manter o corpo em sua temperatura normal, nos 36 graus centígrados, normalmente, o organismo busca por energia via o consumo de nutrientes calóricos. Esse é a grande problemática do efeito sanfona (emagrecer e engordar em curto período de tempo) durante o inverno.

Porque engordamos mais no inverno do que no verão?

No verão, seja devido às altas temperaturas, ou pelo consumo de alimentos mais leves, o corpo tende a emagrecer de maneira mais fácil e rápida. Deixamos de consumir alimentos muito calóricos ou, quando consumimos, eles são facilmente gastados, afinal no verão a disposição aumenta, a necessidade de estar ao ar livre, exercitando-se, também fica maior, para a maioria das pessoas. Mas não é somente isso, o organismo demanda por alimentos menos calóricos, por mais líquido (devido à grande transpiração), diminuindo o espaço no corpo para alimentos mais sólidos.

No inverno ocorre o inverso: o corpo diminui a transpiração, retendo mais líquido; demanda por alimentos mais calóricos, por necessitar de mais energia para usar no aquecimento interno; as pessoas se reúnem mais dentro de casa, gastando menos energia com esportes e atividades físicas. Tudo isso contribui para o aumento calórico e na diminuição da energia gasta.

Mesmo que tenhamos uma cobertura de gordura que mantém o corpo aquecido, no inverno gasta-se muito mais energia. O organismo, então, pede por alimentos que liberem caloria de maneira rápida, como os carboidratos simples (açúcar, pães, biscoitos etc.). Eles chegam rápido à corrente sanguínea e são absorvidos dando energia. Entretanto, como eles dão energia rápida e praticamente não possuem fibras, não ocorre saciedade. Por isso, as calorias absorvidas vão se acumulando, tornando-se reserva, ou seja, irão virar mais capa protetora, que é a tão famosa gordura localizada. É assim que engordamos no inverno.

O efeito sanfona que ocorre durante esse período, da passagem do verão para o inverno, é prejudicial para o corpo. Entre os problemas que podemos observar, a diminuição do metabolismo, estrias, celulites, além da diminuição da auto-estima são os mais conhecidos durante o efeito sanfona.

Como emagrecer e evitar de engordar no inverno

Para evitar que ele ocorra todos os anos, saber qual o verdadeiro empecilho em emagrecer e/ou não engordar é primordial. É muito fácil não engordar no inverno e é ainda melhor para emagrecer, devido ao imenso gasto energético que temos durante esse período. Vamos conhecer algumas dicas para evitar que nossos alimentos se tornem reserva corporal na estação mais fria do ano.

  • Troque os alimentos feitos a partir de farinha branca (pizza, pães, bolos) por aqueles que se usa farinha integral. Alimentos integrais possuem mais fibra e vitamina, passando saciedade e diminuído a fome, além de produzirem um bolo fecal maior, não tendo tantas calorias a serem armazenadas como reserva.
  • Faça mais exercícios. Como o corpo já gasta muita energia para te manter aquecido, o que você acha de fazê-lo gastar mais ainda fazendo exercícios? Claro, não é preciso passar frio, correr na rua sem blusa para causar esse efeito. A musculação ou um exercício aeróbico na academia, com pouca duração, já vão ser de grande valia.
  • Como são comuns os encontros com os amigos para comer neste período, especialmente aqueles alimentos típicos do inverno, como fundue, pizzas, entre outros, despiste a fome e os seus amigos também. Vá ao encontro depois de ter jantado em casa, quer dizer, vá sem fome. Para não fazer desfeita, somente coma um pouco, ou troque aquele queijo amarelinho do fundue por ricota.
  • Beba muito líquido. Em épocas que transpiramos menos é comum que esqueçamos de nos hidratarmos. A água é um ótimo diurético e sacia o apetite, assim como mantém seu intestino funcionando a todo vapor. Portanto, beba no mínimo um litro e meio de água por dia.
  • Diminua o intervalo entre uma refeição e outra. Quando você mantém seu corpo nutrido ele tende a aumentar o metabolismo. Claro, as refeições devem ser moderadas, nada exagerado, pois poderiam te fazer engordar.
  • Frutas, legumes e verduras. Como esses alimentos possuem pouca caloria, deixamo-los de lado no inverno. Por isso mesmo é importante mantermos tais alimentos no inverno, sendo eles os principais itens das nossas refeições.
  • Quer um alimento quentinho? Sopas e caldos a base de legumes são uma excelente opção, com baixo teor calórico e super saudáveis.
  • Os doces podem e devem ser consumidos (sem exageros). No caso do fundue de chocolate, opte por aquele com chocolate amargo ou meio amargo. Quanto mais cacau existir no chocolate, mais benefícios você encontrará, pois é usado menos açúcar nele. Doces com uma menor quantidade de açúcar refinado causam menos picos de insulina no corpo. A insulina é a responsável por levar a glicose para todas as regiões do organismo, especialmente para dar energia. Entretanto, quando ocorre picos de insulina, a mesma, normalmente, leva aquela glicose para a reserva corporal, não sendo gasta como energia. Separamos em outro artigo aqui no blog, dicas de alimentos que você pode substituir nas refeições e emagrecer.

Vá ao médico e ao nutricionista. Ambos poderão auxiliar na manutenção do seu peso e no emagrecimento. Não deixe de fazer os exames necessário, pois eles podem diagnosticar se existe algum problema além da dificuldade normal de emagrecer neste período.

Sobre Raquel Torres Costa Bressan

2 Comentários

  1. Giane Alves Pereira Machado

    Eu estou dançando 1 hora por dia, e comendo de 3 em 3 horas,consegui perder 4 quilos por mês, estou muito feliz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!