Página Inicial » Treinos » Consciência corporal e o sucesso em seu treino

Consciência corporal e o sucesso em seu treino

Um dos fatores determinantes no processo de treinamento na musculação é a consciência corporal. Veja neste artigo mais sobre este, que é um dos pontos que geralmente é deixado de lado no treino.

Mexa somente o que tem de ser mexido! A questão da consciência corporal é muito importante para que você consiga bons resultados em seu treino de hipertrofia. O conceito de consciência corporal transcende a questão da hipertrofia e é muito mais amplo. Dentro da educação física, uma das áreas que mais estuda a questão da consciência corporal é a psicomotricidade, muito usada em trabalhos com crianças pequenas ou com necessidades especiais. O conceito de consciência corporal deve ser trabalhado com qualquer pessoa que queira viver de maneira saudável.

consciência corporal Dennis Wolf
Dennis Wolf, top 4 do Mr. Olympia 2014

Diversos autores traçam diferentes definições, mas uma das mais aceitas é a de Lê Boulch (1983),

esses aspectos consistem em coordenação óculo-manual, coordenação dinâmica geral, lateralidade, interiorização, segmentos corporais, percepção-temporal, percepção-espacial.

Trazendo isso mais especificamente para a musculação, a consciência corporal tem haver com a correta execução de determinado movimento e eliminação de musculaturas auxiliares em determinados exercícios. Por exemplo, alguém que execute um treino para determinado grupamento muscular e sinta mais cansaço ou mesmo contração muscular acentuada em um grupamento que não deveria ser trabalhado.

Por exemplo, se você fizer um treino para dorsais, é normal sentir as musculaturas auxiliares trabalhando, como o bíceps braquial e o deltoide. Porém, uma pessoa sem a a devida consciência corporal, pode sentir musculaturas como peitoral e tríceps sendo ativadas. Isso é altamente prejudicial e não permite um treino eficiente.

Além disso, uma pessoa com uma boa consciência corporal e com o treinamento bem executado, tem menos necessidade de isolamento de músculos menores. Por exemplo, alguém que faça um treinamento para peitoral, usando exercícios de supino, não tem necessidade de fazer inúmeros exercícios para tríceps, pois este já foi bastante solicitado no primeiro treino.

Por isso, a divisão de peito/tríceps e costas/bíceps é bastante interessante, sendo que o segundo grupamento não precisa de mais do que dois ou três exercícios para um treino eficiente. É bom deixar claro que isso não é uma receita e que deve ser avaliado por um bom profissional de educação física, para que ele possa mensurar a devida intensidade do treinamento.

Alguns profissionais pregam que quem tem uma consciência corporal altamente desenvolvida, não tem a necessidade de isolamento de grupos musculares menores, como dos braços, para conseguir bons níveis de treinamento e hipertrofia. Diversos estudos apoiam esta ideia, porém este nível de consciência corporal necessita de muito treino e acompanhamento.

Leia também: Treinar e puxar peso, entenda qual é a diferença

Como desenvolver a consciência corporal para a hipertrofia

Este é um ponto bastante específico, mas para desenvolver a consciência corporal o ponto mais importante para qualquer exercício é uma correta execução. Um dos pontos importantes é quando falo da questão da carga. Você tem que encontrar uma carga que seja suficiente para causar a sobrecarga, mas sem prejudicar a execução do exercício.

Por exemplo, uma pessoa que faça uma rosca direta e compense o tempo todo, auxiliando o movimento com a coluna lombar, vai criar um padrão de movimento diferente do ideal e também uma consciência corporal inadequada.

Quando se é iniciante, a primeira coisa a fazer é aprender o movimento. Se você vai treinar com um exercício novo, tem de fazer ele primeiro sem carga e em alguns casos, como no agachamento, usar educativos antes.

Mas não tem jeito, consciência corporal só se adquire com treino, feito de maneira consciente, sempre priorizando a qualidade do movimento ao invés da carga elevada. Treino tem que ser feito de maneira inteligente, a não ser que você queira ficar estagnado. Bons treinos!

Sobre Sandro Lenzi

Educador físico apaixonado pelo desenvolvimento humano. Atuo como produtor de conteúdo, personal trainer e com consultoria online.

2 Comentários

  1. Excelente dica!
    Estou buscando a cada dia melhorar meus treinos com carga leve, execução correta e principalmente consciência corporal.
    Parabéns pela matéria.

  2. Ótimo post, treino e estou tentando melhorar a minha consciência cada vez mais, sei que isso exige tempo, no entanto é sempre bom adquirir conhecimento por isso sempre procuro melhorar o meu conhecimento. Obg por compartilhar o seu cmg .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!