Página Inicial » Dietas e Nutrição » Como os aminoácidos interferem na questão hormonal?

Como os aminoácidos interferem na questão hormonal?

A utilização de diferentes formas de aminoácidos, pode fazer com que tenhamos uma otimização de toda a questão hormonal. Veja agora como os aminoácidos interferem e estimulam a questão hormonal do corpo.

Aminoácidos interferem na questão hormonal

Uma dieta equilibrada, que contenha todos os nutrientes necessários, faz com que o corpo funcione da melhor maneira possível. Neste sentido, quem treina visando a hipertrofia, o emagrecimento ou a melhora do desempenho, precisa ter a preocupação de utilizar os nutrientes da forma correta. No caso dos aminoácidos, por exemplo, estes podem estimular uma série de reações.

As mais conhecidas, são a reconstrução das fibras musculares ou de outros tecidos. Porém, o que muitas pessoas não levam em conta e até não conhece, é a interferência dos aminoácidos, na secreção hormonal.

Eles têm relação direta com a melhora na secreção de determinados hormônios. Porém, quando falamos em aminoácidos, estamos nos referindo a uma classe de nutrientes enorme.

Por isso, vamos nos referir mais especificamente aos aminoácidos essenciais, aqueles que precisam ser ingeridos a partir de fontes externas. Neste caso, o foco será nos conhecidos aminoácidos essenciais isoleucina, leucina e valina.

Estes são os aminoácidos que compõe o conhecido BCAA.

Como o BCAA influencia, de forma positiva na excreção hormonal?

Os aminoácidos essenciais, como o BCAA, precisam ser ingeridos por uma fonte externa. Seja através da dieta, seja através da ingestão de suplementos, precisamos tê-los em nossa dieta, para que tenhamos um bom funcionamento do corpo.

Estes aminoácidos não podem ser formados pelo organismo e com isso, sua falta na dieta, ocasiona uma série de problemas.  Além disso, segundo Rogero (2008) em indivíduos adultos, os aminoácidos essenciais são fundamentais para a manutenção das proteínas corporais, além de serem fonte de nitrogênio, que é usado também na síntese de alanina e glutamina.

Falando especificamente da questão hormonal, o BCAA atua diretamente na excreção e no controle de uma série de hormônios.

Veja alguns casos onde o BCAA influencia diretamente na melhoria da eficiência do sistema endócrino.

1- Modulação da função anabólica

Nair (2005) preconiza que os aminoácidos que compõe o BCAA, mais especificamente a Leucina, auxiliam na modulação da função anabólica do corpo. Isso ocorre, devido ao controle da excreção de hormônios anabólicos, como é o caso da testosterona e do GH, somados ao fato de que ela estimula consideravelmente a síntese proteica.

Neste sentido, somente por este fator, já temos razões mais do que suficientes para usar em nossa dieta, alimentos e suplementos que sejam ricos na utilização de BCAA.

2- Melhora da excreção e síntese de testosterona e redução do cortisol

Em um estudo de Kraemer (2006), foram avaliados 17 homens bem treinados, que foram divididos em dois grupos. Um deles, ingeriu BCAA. O outro, era o grupo placebo. Ambos os grupos foram expostos a um treinamento de alto volume, para que fosse instaurado um processo de overtraining.

O objetivo do estudo foi avaliar até que ponto, a ingestão de BCAAs iria interferir na resistência ao overtraining e otimizar a resposta anabólica do corpo. O estudo durou 4 semanas.

O grupo placebo teve uma redução significativa no desempenho do agachamento e supino, exercícios usados como base. Já o grupo que fez a utilização de BCAA, não teve alterações negativas.

Foram observadas elevações significativas na creatina quinase sérica e no ácido úrico no grupo que não usou BCAA.

No grupo placebo, foi possível verificar reduções significativas na testosterona total, quando comparados ao grupo que fez a utilização do BCAA.

3- Redução na excreção de cortisol

Como não é de se espantar, com as ações acima citadas, é natural que a utilização adequada dos aminoácidos essenciais, influenciasse positivamente no controle de cortisol. Como hormônios anabólicos e catabolicos são antagonistas, com o aumento na excreção de testosterona e GH, é natural que haja uma redução de cortisol circulante.

É importante entender que o cortisol é na verdade, um hormônio de defesa. Porém, se conseguirmos reduzir sua ação, teremos melhores resultados em nossos treinos.

Além disso, o BCAA melhora consideravelmente a recuperação após o final do treino. Com isso, ele reduz bastante a ação do cortisol, no período que chamamos de janela anabólica.

O controle do cortisol é uma das principais vantagens para a utilização dos aminoácidos essenciais.

4- Aumento da ação anabólica da insulina

Principalmente a leucina, um dos aminoácidos essenciais, causa um melhor aproveitamento da insulina pelo organismo. Como a insulina é um dos principais hormônios que auxiliam na síntese proteica, temos um efeito anabólico enorme.

A insulina, dentro dos mecanismos de anabolismo, tem um papel fundamental. Ela estimula a entrada dos aminoácidos nas células, bem como da glicose e com isso, aumenta o aproveitamento dos mesmos. Desta maneira, a síntese proteica é estimulada ao máximo, quando temos um equilíbrio no funcionamento da insulina.

Estas são vantagens mais do que suficientes para que você utilize em sua suplementação e dieta, uma boa quantidade de aminoácidos essenciais. Mas como eles devem ser ingeridos e usados na dieta?

Aminoácidos essenciais, como utilizá-los da maneira correta?

Este é um ponto importante. Afinal, todas as vantagens acima citadas só serão de fato práticos, se a ingestão for correta.

Dentro da dieta, nem sempre é fácil ingerir as quantidades ideais de aminoácidos essenciais. A variedade de alimentos que temos que ingerir no dia a dia, dificulta as vezes a ingestão de todos os aminoácidos.

Neste caso, o mais adequado é uma boa suplementação. Os aminoácidos essenciais podem ser obtidos de diferentes formas. Alguns suplementos mais completos, como o Whey Protein, já podem trazer em sua formulação, a quantidade necessária de aminoácidos de cadeia ramificada. Em outros casos, é necessária a utilização de um suplemento específico de BCAA.

Tudo depende de sua individualidade e necessidades diárias, bem como da sua dieta.

Leia também => Qual o Melhor suplemento de BCAA do mercado? – Veja agora nossa lista atualizada!

Os aminoácidos de cadeia ramificada, os chamados essenciais, são fundamentais para que você tenha um estimulo hormonal adequado. Por isso é muito importante ter o acompanhamento de um bom nutricionista na montagem de sua dieta. Sempre treine com a orientação adequada. Bons treinos!

Referências:
NAIR, KS. Hormonal and signaling role of branched-chain amino acids. J Nutr. 2005.
ROGERO, M.M. Aspectos atuais sobre aminoácidos de cadeia ramificada e exercício físico. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas, 2008.
Kraemer WJ. The effects of amino acid supplementation on hormonal responses to resistance training overreaching. Metabolism. 2006.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!