Página Inicial » Emagrecimento » Como evitar o efeito sanfona e emagrecer de vez

Como evitar o efeito sanfona e emagrecer de vez

9 dicas importantes que vão evitar que fique emagrecendo e engordando constantemente, o chamado ioiô ou o mais popular efeito sanfona.

Um dos maiores problemas quando queremos manter o peso ou emagrecer é à volta aos hábitos normais de alimentação depois de uma dieta mais drástica. Ocorre com muitas pessoas que buscam o emagrecimento rápido, através de dietas que não usam a reeducação alimentar como principal apoio. Mudanças de estação também contribuem para ganho de peso, especialmente porque o corpo muda os padrões de manutenção da temperatura corporal interna.

Emagrecer de maneira rápida, às vezes, não é tão benéfico como pinta as revistas que compramos no supermercado; este efeito pode ser muito prejudicial, especialmente para quem pretende voltar a emagrecer em um futuro próximo.

como-evitar-o-efeito-sanfonaQuando emagrecemos rápido, sem a reeducação alimentar, é muito mais fácil de retornarmos aos nossos hábitos alimentares anteriores, pois o corpo sente falta, e o psicológico também. As dietas ditas como milagrosas podem até diminuir seu peso na balança de forma rápida, mas não quer dizer que você realmente emagreceu (veja o artigo sobre as diferenças em perder peso e emagrecer), você pode ter perdido certa quantidade de gorduras, especialmente aquela camada mais superficial, mas o que você perdeu mais foi líquido e sais minerais.

Problemas causados com o efeito sanfona

Entre os problemas gerados pelo efeito sanfona, também chamado de ioiô, aqueles em relação ao metabolismo são responsáveis pela dificuldade em voltar a emagrecer, além de patologias como a hipertensão arterial, câncer, colesterol alto, anemia e diminuição da resistência do sistema imunológico.

9 Dicas para se evitar o efeito sanfona e emagrecer de uma vez

1° Para conseguir evitar esse problema é imprescindível que você inicie uma reeducação alimentar, sem fazer dietas que restrinjam sua alimentação ao extremo, como passar muitas horas sem comer ou cortar itens necessários para a constituição física e funcional do seu corpo, como carboidratos e proteínas. Isso só facilitaria a volta à alimentação antiga, ocorrendo, consequentemente, à volta ao peso novamente.

2° O processo de emagrecimento deve ser lento e de uma maneira que o corpo se adapte a ele, não no “susto”. Ele precisa se ajustar, estabelecendo o equilíbrio de suas funcionalidades à nova alimentação, com menos calorias e com a retirada de alguns alimentos, de forma gradativa e lenta.

3° Além da reeducação alimentar, principal ponto contra o efeito sanfona, é importante praticar exercícios físico regulares. Eles auxiliarão na perda de peso, dando um incentivo a mais no processo.

4° Seus hábitos, alimentares e físicos, contribuem muito para uma mudança não somente física, mas psicológica também. Além de você perceber mudanças em seu corpo e em seu organismo, vai ver diferenças no seu psicológico, como os hábitos saudáveis influenciam no bem estar da mente. A mudança no psicológico também estimula a manter-se na reeducação alimentar, pois dá mais disposição para continuar evoluindo nesta área.

Algumas pequenas, porém importantes, dicas são fundamentais para alterar essa rotina de emagrecer e engordar. Siga-as e você poderá dar adeus aqueles quilinhos que insistem em continuar voltando à sua vida.

6° Troque os alimentos refinados por integrais: o alimento refinado é aquele que, durante o processo de fabricação, é retirado a casca. A casca é uma parte rica em fibras e vitaminas. Ela contribui para dar saciedade e limpar o organismo, pois é rico em fibras, as quais são, em grande parte, eliminadas pelo corpo. Por isso, pães, arroz, farinhas integrais são ótimos para ajudar na reeducação alimentar, pois são saborosos e auxiliam na perda de peso. O artigo que falamos sobre a troca de alimentos nas refeições para emagrecer também vai te ajudar muito nessa empreitada.

Leia também:
+ 5 benefícios de se consumir alimentos integrais
Escolha alimentos que apeteçam seu paladar: não adianta seguir a dieta de uma amiga ou de uma atriz famosa, por mais que esta seja saudável. Você tem que escolher alimentos que te encham os olhos, que deem prazer na hora das refeições. Comer alimentos que você não gosta somente para emagrecer torna a dieta uma tortura, facilitando à fuga da mesma.

Alimente-se mais vezes por dia: quanto mais vezes você se alimentar por dia, com pequenas porções de baixa caloria e glicemia, mais irá acelerar seu metabolismo e aumentar a saciedade. O corpo, normalmente, quando passa por períodos extensos sem se nutrir, tende, quando é finalmente alimentado, a guardar calorias em reservas corporais, no intuito de usá-las no caso de ocorrer outros períodos de ausência de alimentação. Quando você se alimenta mais vezes durante o dia, ele, o corpo, naturalmente percebe que não haverão tais períodos, gastando aqueles nutrientes recém consumidos, além de diminuir a reserva corporal.

Beba muito líquido: o líquido é um emagrecedor natural. Ele auxilia em várias funções, inclusive na diminuição da fome e na restituição das funções normais do corpo, especialmente do intestino. Portanto, por mais que você não esteja com sede, tome, no mínimo, 2 litros de água por dia. Você pode, também, trocar a água (não o tempo todo) por chás, como chá verde, que possui efeito diurético, ajudando ainda mais no emagrecimento. Leia o artigo onde falamos da água no auxilio do emagrecimento.

Consulte seu médico e um nutricionista para que eles avaliem seu problema de emagrecimento. Eles mostrarão em que pontos você está sendo falho na busca pelo objetivo de emagrecer e quais você está sendo correto.  

Sobre Raquel Torres Costa Bressan

3 Comentários

  1. Justina ngunza catanha

    Eu tenho 24 ano peso 65 liko, estava doente durante 3 mês, perdi 10 kilo,o que que eu faço para voltar ao peso normal.

  2. estou começando fazer a reeducação alimentar e não consigo ficar 3hs. sem comer, cómo faço para aguentar? por favor me orienta!!!

  3. O efeito sanfona e que fazem as mulheres desistirem de emagrecer pois não adianta só emagrecer e preciso permanecer magra e isso não e tao fácil mas com essas dicas isso poderá mudar obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!