Página Inicial » Treinos » Como definir o abdômen sem fazer abdominais

Como definir o abdômen sem fazer abdominais

A utilização de abdominais em seu treino nem sempre se faz necessária, pois existem diversas maneiras de melhorar a definição destes músculos.

definir abdomen sem fazer abdominais

Quantas vezes já vi pessoas se vangloriando de que fazem milhares de abdominais por semana e este é o “segredo” de sua boa forma. Pois bem, além de sentir pena de pessoas que pensam assim, me sinto na obrigação de te dizer que isso não passa de enganação. O número de abdominais que você faz não tem relação alguma com a qualidade muscular desta região. Até posso te afirmar que existem maneiras de melhorar esta musculatura, tornando-a mais forte e resistente, sem a presença de tais exercícios.

Isso não significa que você precise tirar totalmente de sua planilha de treinamento os famosos abdominais, que na maior parte das vezes, são caracterizados por movimentos de flexão de tronco. O que eu quero, é te mostrar que existem possibilidades de trabalhar com estes músculos, sem que haja a necessidades dos tradicionais abdominais.

Além disso, é muito importante deixar claro que cada caso tem suas especificidades e que nem todas as pessoas terão bons resultados com exercícios variados. Por isso, é muito importante que você tenha acompanhamento de um bom profissional!

Veja agora algumas maneiras de melhorar a sua definição muscular na região do abdômen, sem a necessidade de ficar fazendo abdominais!

Abdômen definido sem abdominais, como fazer isso?

Este é um ponto que gera muitas dúvidas, pois nem sempre as pessoas aceitam que é possível conseguir bons resultados em termos de definição muscular, sem que haja um “treino milagroso”. Para isso, precisamos entender como ocorre esta definição.

De maneira geral, um grupo muscular terá o aspecto de “definido”, se ele for hipertrofiado e a camada de gordura subcutânea da região for pequena. Partindo deste pressuposto, a definição muscular ocorre com a realização de treino para a hipertrofia muscular, seguidos de medidas para reduzir o percentual de gordura.

Como o percentual de gordura está diretamente relacionado com a dieta, este é um ponto fundamental a ser levado em conta, pois sem uma dieta equilibrada, não haverá a mínima possibilidade de você apresentar algum grau de definição muscular. Para entender mais sobre este assunto, veja este artigo (7 dicas para conseguir uma boa definição muscular até o verão).

Desta maneira, as alternativas que irei te mostrar aqui adiante estão relacionadas com a hipertrofia e também com a redução de seu percentual de gordura, já que é este o conjunto que de fato nos importa.

Veja agora algumas alternativas de exercícios e métodos que podem te trazer uma melhor definição muscular, sem que haja a necessidade de realizar os exercícios abdominais!

1. Agachamento:
Algumas pesquisas mostram que o agachamento tem uma ativação de quase 73% dos músculos abdominais, devido a sua necessidade constante de estabilização. Não que toda e qualquer pessoa que agache terá tal estímulo, mas no geral, se a sua consciência corporal for boa, haverá muito mais trabalho muscular da região abdominal. Neste sentido, é muito importante a segurança na execução, mantendo as curvaturas da coluna preservadas e mantendo a região lombar fortalecida. Tendo isso, o agachamento em si pode ser uma excelente maneira de trabalhar com os músculos da região abdominal.

2. Pilates:
O Pilates se baseia em vários princípios e um deles é o de fortalecimento da região medial do corpo. Como grande parte dos problemas se originam pela falta de fortalecimento da região do Core, este é um dos focos principais do Pilates. Por isso, seus exercícios movimentam toda a região do Core, seja de maneira dinâmica ou estática. Com isso, teremos um fortalecimento e consequente hipertrofia destes músculos.

3. Yoga:
Assim como no Pilates, a Yoga é muito interessante para quem busca um maior fortalecimento da região abdominal. Ela usa movimentos controlados e que tem grande foco na respiração. Com isso, toda a região do abdômen é solicitada de maneira acentuada.

4. Lutas:
De maneira geral, todas as lutas se baseiam no controle dos movimentos do quadril, para então, partir para os movimentos mais complexos. Este controle do quadril faz com que seja necessária uma maior ativação dos músculos abdominais, que deverão apresentar melhoras de força, potência e resistência com o decorrer dos treinos. Modalidades como o Muay Thai e o Boxe, que são lutadas em pé, utilizam muito os músculos abdominais nas movimentações de perna e na aplicação dos golpes. Lutas “agarradas” como o judô e o Jiu Jitsu, usam muito o quadril no encaixe dos golpes e das defesas, o que necessita de grande solicitação muscular dos músculos abdominais. Com isso, temos uma grande possibilidade de trabalho muscular da região do abdômen de maneira indireta.

5. Treino HIIT:
Todas as possibilidades apresentadas até aqui diziam respeito ao trabalho da musculatura abdominal. Agora, irei tratar de uma possibilidade de redução do percentual de gordura. Como já mostrei neste artigo (
Treino HIIT – Um dos mais eficientes métodos de queima de gordura), o HIIT é uma possibilidade muito interessante para quem busca emagrecer. Por sua elevada intensidade, ele permite que você elimine gordura por mais tempo, devido aos processos adaptativos que ele gera. Por isso, é muito importante que em seu programa de treino, o HIIT seja utilizado, a fim de potencializar a eliminação de gordura!

6. Dieta:
Ponto básico, mas por vezes, esquecido. Muitas vezes as pessoas se preocupam demais em fazer milhares de abdominais e esquecem da dieta, que é a base de qualquer abdômen definido. Se a dieta não estiver alinhada com as suas necessidades, de nada vai adiantar fazer tudo o que mostrei acima ou qualquer outro método de treino. Desta maneira, o primeiro passo para que você possa alcançar um abdômen definido, é justamente estabelecer uma dieta regrada e alinhada com esta meta!

Perceba que o famoso abdômen de tanquinho é conquistado com uma série de variáveis e não apenas com a realização de determinado exercício. Salvo casos específicos, onde temos um desequilíbrio muscular, é possível sim conseguir um abdômen definido sem que haja a presença de exercícios tradicionais para os músculos abdominais.

Leia também: Dicas de como definir o abdômen – Conheça todos os mitos e verdades

Ou então, estes exercícios não precisam estar presentes de maneira ostensiva, sendo que em muitos casos, podem ser incluídos em 1 ou 2 treinos apenas. Tudo isso vai depender de suas individualidades, objetivos e dieta. Bons treino!

Sobre Sandro Lenzi

Educador físico apaixonado pelo desenvolvimento humano. Atuo como produtor de conteúdo, personal trainer e com consultoria online.

4 Comentários

  1. O melhor de todos é o exercicio prancha!

  2. Baita site tão me ajudando pacas! Virei fão do site e o post tá mt bem explicado!

  3. Boa noite
    Gostaria de saber a dieta para ganhar massa magra.
    Pós tenho 1.65 de altura 54k.
    Pós já treino já 5 anos e nada.
    Não tenho pernas trabalhar e nem barriga de tanquinho

    Obrigado. ..

  4. Gostei muito das dicas, já pratiquei muay thai e realmente ajuda muito na parte do abdômen e o mais importante de todos é a dieta sem isso esquece não defini nada sem a querida dieta. Parabéns pelo site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!