Página Inicial » Emagrecimento » Cardápio completo da dieta detox, seus benefícios e alimentos proibidos

Cardápio completo da dieta detox, seus benefícios e alimentos proibidos

Conhecida por ter muitos adeptos famosos, a dieta detox além de desintoxicar o organismo, ajuda a emagrecer. Conheça todos os seus benefícios e cardápio completo.

Apesar da expectativa de vida ter aumentado a nossa população sofre com outros tipos de doenças que há anos não matavam tanto. O depósito de gordura nas artérias, as elevadas taxas de açúcar no sangue e as modificações genéticas que produzem câncer são os grandes males do nosso século.

Se você observar bem, todas essas doenças são consequência dos alimentos que ingerimos. Até mesmo o câncer, pois sabe-se hoje que fatores externos do ambiente podem desencadear o fator que modifica a estrutura do nosso DNA, provocando doenças.

Dieta detox

Também existem os indivíduos que vivem entrando e saindo de dietas a fim de perder peso, mas os esforços parecem em vão. Não importa como façam ou o que façam, nada adianta. Você já parou para pensar que se você está se alimentando adequadamente e fazendo exercícios na medida certa, porém os quilos teimam em permanecer.

Então, o problema pode estar com o seu organismo, ou seja, pode ser que ele não esteja conseguindo responder ao estímulo de forma correta simplesmente porque não consegue.

Como funciona a dieta detox

Nosso corpo está repleto de toxinas nesse exato momento. Elas estão por toda parte como nos corantes, aditivos sintéticos, cremes, cosméticos e até no ar que respiramos. Não há como fugir dela, mas há como reduzir a sua presença dentro do nosso corpo e diminuir o impacto que ela provoca na nossa saúde.

As toxinas tendem a se acumular nos tecidos orgânicos, inclusive no adiposo e acabam bloqueando o metabolismo da gordura. Isso impede que, por mais esforço que você faça para perder peso, o organismo não vai responder de maneira favorável. Além disso o acúmulo de toxinas pode causar vários transtornos:

  • dor de cabeça;
  • acúmulo de líquidos;
  • problemas na pele;
  • constipação, entre outros;

O nosso corpo possui a habilidade de eliminar toxinas o problema é que a quantidade delas que entram no nosso organismo é muito maior do que conseguimos eliminar. Esse processo ocorre durante a madrugada, mas como o corpo não consegue retirar tudo acordamos inchados e muitas vezes sem fome. Pulamos o café da manhã e como resultado disso comemos muito mais durante o dia e engordamos.

Os benefícios da dieta detox

Por todos esses malefícios citados acima é que a Dieta Detox pode nos ajudar imensamente. Já que o corpo não possui a capacidade suficiente para eliminar as toxinas nada melhor do que ajudá-lo comendo os alimentos certos.

Ainda assim não estaremos completamente livres delas, porém quando ingerimos uma menor quantidade damos a chance para o corpo se recuperar mais rapidamente. O fígado não fica sobrecarregado e consegue fazer com que as toxinas possam ser diluídas em água o que as torna de fácil eliminação através da urina.

Leia também: Detox – Saiba tudo sobre a dieta dos famosos

Quais alimentos podem e quais não podem na dieta detox

Alimentos industrializados como congelados e enlatados devem ser riscados da sua lista de compras. Eles contêm uma grande dose de conservantes e principalmente sódio, que além de aumentar a pressão arterial também acumula líquidos no corpo. Gorduras trans, hidrogenadas, saturadas, açúcar refinado, qualquer tipo de bebida alcoólica e cigarros também devem passar longe.

Veja abaixo uma pequena lista de alimentos que são permitidos na dieta e que possuem poder anti-inflamatório.

Salmão: durante o processo de desintoxicação, a carne vermelha também deve ser evitada. Assim, a melhor opção é um bom peixe como o salmão que contém ômega 3, 6 e 9, excelentes para desintoxicar o corpo. Deve ser ingerido de 3 a 5 vezes por semana.

Frutas e legumes: nesses aqui você não precisa ter pena de colocar no prato. Se possível compre sempre os alimentos mais frescos que encontrar. As vitaminas e os minerais presentes nesses alimentos conseguem neutralizar a ação dos radicais livres, que são toxinas que prejudicam o organismo e podem ser um dos fatores que ajudam no desenvolvimento do câncer.

Chá verde: possui uma substância chamada de catequina em abundância. Ela ajuda a combater a inflamação, reduz a concentração de gordura circulante e ainda combate os radicais livres. Deve ser consumido várias vezes por dia, mas não deve ser ultrapassada a marca de um litro.

Gengibre: é comum você ouvir alguém dizer que gengibre é bom para dor de garganta. Isso porque ele possui duas substâncias chamadas de cineol e gingerois que atuam como antioxidantes, anti-inflamatório e bactericida. Ele deve ser sempre consumido cru.

Alimentos integrais: eles ajudam no bom funcionamento do intestino e assim conseguem auxiliar na excreção das toxinas com mais facilidade.

Água: esse líquido tão simples e tão fácil de encontrar é um grande aliado na desintoxicação no organismo. O acúmulo de radicais livres pode deixar o pH do organismo levemente mais ácido. A presença de água consegue equilibrar esses valores e, além disso, também ajuda na excreção.

Cardápio completo da dieta detox

Veja agora como fazer a Dieta Detox montando um cardápio completo para o dia com as 3 refeições e ainda você pode escolher entre as 3 opções para cada uma delas:

Café da manhã:

  • 1 fatia de pão integral com azeite de oliva e meio mamão papaia;
  • 1 kiwi, 1 colher de chá de mel com gergelim e 2 torradas integrais;
  • 1 fatia de mamão com aveia, 1 fatia de pão integral com geleia light e 1 xícara de chá verde sem açúcar (você pode colocar um pouco de mel para disfarçar o sabor amargo);

Almoço:

  • 1 prato de sopa e de sobremesa 1 pêra;
  • 1 filé de frango grelhado, 2 colheres de sopa de arroz integral e 1 prato de sobremesa de salada de alface, agrião, tomate e berinjela em cubos temperada;
  • 2 colheres de sopa de arroz integral, 1 filé de frango grelhado, 1 prato com verduras cruas misturadas com algum tipo de grão (de preferência aveia);

Jantar:

  • 1 prato de sopa com uma fatia de melancia;
  • 1 prato de sobremesa de salada com alface, rúcula, tomate e limão, 1 porção de suflê de chuchu, 2 colheres de sopa de arroz integral e 1 cacho de uvas;
  • 1 prato de sopa de beterraba e 1 prato de sobremesa de salada de alface com queijo branco e temperada com iogurte desnatado e hortelã;

Leia também: Receitas de sucos Detox para desintoxicar o organismo e emagrecer

Como não é aconselhável passar horas sem comer, os lanches também devem ser feitos e entre as opções que a dieta oferece estão: maçã, 2 castanhas do pará, 1 copo de suco, água de coco, 1 fatia de abacaxi com uma fatia de pão integral com queijo ricota.

Já para a hora da ceia é preciso maneirar no lanche já que está bem perto da hora de dormir. O ideal é 1 xícara de chá de sua preferência e não adoce com açúcar comum, prefira mel ou açúcar mascavo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Curta-nos no Facebook!