Página Inicial » Suplementos » Betaína HCL – O que é, para que serve, benefícios, efeitos colaterais e contraindicações

Betaína HCL – O que é, para que serve, benefícios, efeitos colaterais e contraindicações

Durante anos o cloridrato de betaína foi utilizado no tratamento de algumas doenças e distúrbios do organismo. Novas pesquisas vem mostrando que ela pode proporcionar ainda outros benefícios ligados ao ganho de massa muscular.

Betaína HCL

A sua utilização para o combate de doenças cardíacas e ósseas tem sido amplamente incentivado e utilizado ao longo dos anos. Ela passa agora a ganhar espaço entre os atletas, os quais buscam na betaína a aquisição de força e massa muscular. Estudos tem se voltado para a comprovação do uso da betaína como suplemento eficaz para atletas.

O que é a Betaína?

A betaína pura também chamada de betaína anidra, trimetilglicina ou TMG trata-se de um composto químico encontrado naturalmente em níveis equilibrados em animais e plantas saudáveis, ela é derivada do aminoácido glicina. A sua composição consiste em três grupos de metila ligados ao átomo da molécula de glicina.

É importante destacar que essa betaína difere-se da betaína cloridrato, a qual possui estrutura química diferente e é indicada para o tratamento da hipocloridria e auxilio no processo digestivo. Essa ressalva é importante para que não se confunda esses dois componentes que atuam de forma diferente no organismo humano.

Além de poder combater diversas doenças ela pode ser utilizada como suplemento alimentar, isso graças a sua capacidade de sintetizar proteínas.Ela foi isolada pela primeira vez na beterraba, tendo se assim seu nome semelhante a esse alimento.  Além da beterraba ela é ricamente encontrada em frutos do mar, gérmen de trigo ou farelo e espinafre.

Para que serve a Betaína?

Ela desempenha diferentes funções e proporciona inúmeros benefícios aos seres humanos. Dentre eles se destacam a redução dos níveis de homocisteína no sangue (um aminoácido relacionado a doenças cardiovasculares, o seu controle é muito importante para prevenir doenças cardíacas).

Como um osmólito ela protege importantes estruturas do nosso corpo de estresse ambiental( falta de água, salinidade, alta temperatura, etc.), tais como, as células, enzimas e proteínas. Sendo assim, utilizada em cremes dentais para tratar os sintomas da xerostomia (boca seca). Além de reter água nas células o que permite a sua hidratação.

Aumenta a síntese de proteínas e consequentemente o ganho de força e massa muscular. Graças a essa sua capacidade, ela tem sido utilizada em suplementos alimentares para atletas que buscam o ganho de massa muscular. Vale lembrar que a mesma não apresenta ainda estudos sólidos que comprovem a sua eficácia no ganho de massa muscular.

Essa utilização e divulgação são feitas com base em alguns estudos internacionais, os quais se baseiam em testes com atletas que fizeram o uso da betaína e alcançaram êxito no aumento da massa muscular e ganho de força e resistência na prática de exercícios físicos.

A Betaína como suplemento para o aumento da massa muscular

O uso da betaína hoje como suplemento para o ganho de força e massa muscular se deve a estudos que focam a utilização desse composto por atletas. Dentre todos os benefícios desse complemento sem sombra de dúvidas o que tem ganhado mais destaque e pesquisas é o uso da mesma por atletas que buscam a aquisição de massa muscular e força de forma mais rápida e saudável.

Dentre os estudos que enfocam essa finalidade da betaína destaca se um que se baseou na observação de dois grupos de atletas. Em que um grupo consumiu diariamente doses indicadas de placebo e outro de betaína.  Ao final de um curto período de tempo(seis semanas) foi possível observar resultados significativos com os atletas que ingeriram betaína, tais como:

  • Aumento significativo da circunferência dos braços;
  • Melhor capacidade de trabalho no exercício supino;
  • Melhora significativa da composição corporal.

Outros estudos apontaram o aumento de cerca de 2 kg de massa corpórea e a redução de aproximadamente 3 kg de gorduras nos atletas que consumiram a betaína de forma seguida diariamente. Através do mesmo é possível observar a eficácia da betaína para definição e construção muscular.

Como podemos ver a uma crescente investigação sobre os benefícios proporcionados pela betaína.

Podemos dizer que ainda há necessidade de estudos mais aprofundados sobre o uso da betaína. Pois algumas dúvidas ainda pairam, tais como se o uso da mesma é eficaz para pessoas que são sedentárias ou não praticam regularmente atividades físicas.

De 7 estudos realizados com a betaína no ganho de força e massa muscular, 2 estudos mostraram efeitos positivos. É necessário um aprofundamento nas investigações e utilização desse composto buscando se assim uma comprovação mais sólida e uma investigação em larga escala.

Os principais benefícios da Betaína:

Redução de doenças cardiovasculares, graças ao seu poder de reduzir os altos níveis de homocisteína no sangue, ela atua como fator de prevenção de possíveis doenças cardíacas, tais como AVC ou infarto cardíaco;

  • Redução da gordura corpórea;
  • Auxilio na produção de creatina, o que possibilita ao corpo ganho de força;
  • Auxilio na síntese de DNA e RNA, diminuindo se assim a existência de erros genéticos;
  • Ajuda na desintoxicação do fígado, os grupos de metilo presentes na betaína facilitam a remoção de toxinas solúveis em gordura as quais são difíceis para o fígado remover;
  • Aumento da massa corpórea;
  • Aumento da disposição para execução de tarefas rotineiras e exercícios físicos.

Dosagem recomendada

É importante se obter uma opinião médica antes de começar a usar a betaína. Ele vai lhe indicar a dosagem correta para cada situação, seja para a redução de altos níveis de homocisteína ou como suplemento alimentar para o aumento de massa muscular e ganho de força.

É importante consumir a mesma junto com outros alimentos, evitando se assim transtornos com o sistema gastrointestinal.

Recomenda se dosagens em torno de 500 mg por dia para redução de homocisteína; Para danos hepáticos de 1 à 2 gramas até três vezes por dia;

Já para o ganho de massa muscular a dosagem geralmente varia de 3 g a 4 g por dia, dividas em duas doses iguais. Sendo recomendada a sua utilização antes e depois do treino diário. Vale lembrar que a mesma dosagem deve ser usada em dias sem treinos. Isso fará com que a betaína atue no processo de recuperação muscular.

Preço e onde comprar

O suplemento de betaína pode ser encontrado em embalagem com 90 cápsulas contendo 300mg cada cápsula. Para ter mais informações sobre o produto e seu preço, clique no botão a seguir.

Comprar a betaína pelo menor preço

Efeitos colaterais do uso da betaína

Vale ressaltar que não é frequente a apresentação de efeitos colaterais por conta do uso da betaína.  No entanto, o seu uso de forma inadequada ocasiona o surgimento de alguns efeitos colaterais, os mais comuns são diarreias leves, perturbações estomacais e náuseas.

É importante destacar que a apresentação desses efeitos por um longo período de tempo deve se buscar procurar o médico.

Contraindicações

A betaína não é indicada para gestantes ou lactantes, isso porque não se tem conhecimento sobre a segurança oferecida por esse composto para esse grupo de pessoas. Não é recomendada para indivíduos que possuem úlceras ou que façam uso de medicamentos que possam causar úlceras.

Ela também não é recomendada para pessoas que apresentam altos níveis de colesterol, pois o consumo da betaína causa um aumento expressivo de forma geral nos níveis de colesterol. Por esse motivo pessoas que já apresentam colesterol elevado podem sofrer sérios problemas, não sendo recomendado assim o seu uso.

Como podemos ver a betaína, pode ser um importante suplemento na alimentação de atletas que buscam o ganho de força e o aumento de massa muscular, sendo assim, muitos profissionais da área estão recomendado a sua utilização. A qual deve ser feita de forma complementar aos treinos realizados diariamente. Sendo assim procure um profissional de saúde que possa orienta-lo no seu consumo.

Agora que você já sabe tudo sobre a Betaína que tal compartilhar com seus amigos essa baita informação. Deixe também seu comentário.

Referências:
J Strength Cond Res. 2017 Apr 15. doi: 10.1519/JSC.0000000000001959. Effects of Betaine Supplementation on Muscle Strength and Power: A Systematic Review. Ismaeel A1. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28426517

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *