Batata doce: uma importante aliada dos atletas

A alimentação é essencial para o treinamento de qualquer atleta. Sem os nutrientes necessários, o corpo não consegue reconstruir o tecido muscular danificado durante o treino e ao invés de ganhar massa muscular, a pessoa acaba perdendo. É preciso manter uma dieta equilibrada e rica em proteínas e carboidratos.

Um alimento que marca presença no cardápio da maioria dos praticantes de musculação, principalmente os que buscam a hipertrofia, é a batata doce. Muito apreciada no norte e nordeste do Brasil, ela pode incrementar a dieta de quem treina pesado. Mas qual o motivo da preferência por este tipo específico de batata?

Considerada o “carboidrato dos atletas”, o sucesso da batata doce está no seu baixo índice glicêmico (IG). Alimentos com baixo IG liberam lenta e gradualmente a energia, evitando os “picos” de insulina no sangue e o acúmulo de gordura, também proporcionam maior sensação de saciedade. O índice da bata doce é 44, relativamente baixo perto do arroz branco – índice 64 – ou o pão branco – índice 71.

Grande parte dos atletas opta por utilizá-la como principal fonte de carboidrato junto com o peito de frango, principal fonte de proteína. O ideal é consumi-la durante o dia e, principalmente, entre uma e duas horas antes de treinamentos com pesos.

Além do baixo índice glicêmico, a batata doce possui alta taxa de vitamina A, que age como antioxidante e atua na manutenção dos ossos, tecido epitelial e sistema imunológico. É rica também em vitaminas do complexo B e sais minerais, como cálcio, ferro, potássio e fósforo.

Cada 100g de batata doce tem em média 116 calorias – 1,16g de proteínas, 30,10g de carboidratos e 0,32g de lipídios.

Batata doce X batata inglesa

É muito comum as pessoas confundirem batata doce com batata inglesa. Mas não caia nesse erro. Elas até podem ter valores nutricionais similares, mas há uma grande diferença no índice glicêmico das duas. O IG da batata inglesa é muito maior que o da batata doce. A batata doce também possui cinco vezes mais cálcio que a inglesa.

Vale lembrar que a inclusão da batata doce na dieta, assim como qualquer outro alimento, depende de fatores que apenas profissionais da área de nutrição podem avaliar. Por isso, consulte sempre o seu nutricionista antes de modificar seu cardápio.

Veja nossa tabela completa com todos os índices glicêmicos dos carboidratos.

Stéphanie Mulder Perrone
jornalista MTB 15.577 / produtora audiovisual

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (15 votes, average: 4,67 out of 5)
Loading ... Loading ...

Um comentário

  1. Ingiro batata doce antes dos meus treinos diários. E, isso me da um resultado FANTÁSTICO. Muito bom o artigo. Parabéns

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


1 + 8 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top

 Faça parte dessa turma e receba nossas atualizações!