Página Inicial » Frutas » Ameixa – Seus principais benefícios para saúde, propriedades e recomendações no consumo

Ameixa – Seus principais benefícios para saúde, propriedades e recomendações no consumo

A ameixa ajuda a reduzir o colesterol e por ser rica em fibras, seu consumo moderado ainda tem efeitos positivos no controla da obesidade e favorece o emagrecimento.

Ameixa

A ameixa é um fruto de cor vermelha, muito suculenta e carnosa. Infelizmente, não tem suas propriedades muito conhecidas pela população, e por isso elas serão listadas na sequência.

São importantes por possuírem um alto valor nutritivo, sendo rica em sais minerais, açúcares e vitaminas. Também, desempenham alguns papéis importantes no corpo, no que diz respeito a regulação, manutenção do equilíbrio, atividade antioxidante, e outras.

Seu período de safra em geral, é de dezembro a fevereiro, que coincide com o verão no Brasil. É muito cultivada na região sudeste (principalmente Minas Gerais), Distrito Federal e Bahia. Também, é muito produzida na América do Sul pela Argentina.

Ela pode ser consumida in natura, na forma conservada, ou e meio a diversas receitas. Estas possibilidades irão variar conforme a disponibilidade do fruto e época do ano em que se encontra.

Quais os principais tipos de ameixas e ameixeiras?

Como já mencionado, os tipos de ameixa variam muito conforme a estação do ano, visto que maturam em períodos diferentes conforme a espécie. Conheça as 4 espécies mais importantes:

Prunus salicina: árvore que dá a ameixa japonesa.

Prunus domestica: origina a ameixa européia.

Prunus insititia: também é ameixa europeia.

Prunus cerasifera: ameixa mirabolão.

É interessante conhecer todas as variedades presentes, porém vale destacar que a única presente e consumida no Brasil é a ameixa japonesa. Isso ocorre devido a intolerância das demais espécies ao clima do Brasil.

As demais, estão adaptadas a climas amenos e temperaturas extremamente baixas, característicos da Europa.

Quais os principais benefícios da ameixa para a saúde?

1. Possui vantagem sobre a coagulação sanguínea:
Por ser um alimento rico em vitamina K, propicia a qualidade da coagulação sanguínea, e evita problemas relacionados.

2. Cuida e melhora a aparência da pele:
Como se trata de um fruto com alto teor de vitamina A (ácido retinóico), é responsável pela renovação da pele e manutenção do aspecto jovem e radiante. Também, ajuda na prevenção de rugas e reduz o número de manchas.

3. Manutenção da homeostase corporal:
A homeostase é atingida quando todos os sistemas e órgãos estão em pleno funcionamento. E para que isso ocorra, é necessário que todos os sais minerais e nutrientes estejam presentes nas proporções corretas. A ameixa é rica em potássio, que ajuda a manter este equilíbrio.

4. Prevenção do câncer:
O alimento possui diversos compostos responsáveis por atividade oxidante corporal. Esta, é capaz de eliminar as células cancerosas e tumorais através de um mecanismo de morte programa chamado de apoptose.

Também, pela presença de ácido clorogênico, podem ter um efeito curativo sobre o câncer de mama, sem que isso prejudique as células saudáveis.

5. Controle da ansiedade:
A ameixa tem efeitos ansiolíticos, semelhantes aos dos antidepressivos. Assim, pode-se ter uma melhora em sintomas relacionados ao estresse e crises de ansiedade.

6. Efeitos sobre a obesidade:
A ameixa possui compostos flavonóides e fenólicos, que podem ser essenciais para lutar e eliminar os efeitos ocasionados pela Síndrome Metabólica. Esta doença tem atingido diversas pessoas na atualidade, e é ocasionada pela obesidade.

7. Manutenção da integridade óssea:
As ameixas podem se tornar importantes aliadas no tratamento e controle da osteoporose. Isso ocorre devido a presença de potássio e outros compostos que inibem a degradação óssea (como flavonoides e rutina).

8. Auxílio na digestão:
A presença de muitas fibras no fruto auxilia na regulação do sistema digestivo. Tanto é, que elas são famosas pelo efeito laxativo e tratamento de constipações.

9. Controle do colesterol:
As ameixas auxiliam no controle e manutenção das taxas de colesterol. Deste modo, conseguem manter altas as taxas de HDL (o bom colesterol) e diminuir as de LDL (o colesterol ruim). Isso auxilia na prevenção de doenças cardíacas e formação e depósito de placas de gordura nos vasos sanguíneos.

10. Melhora o funcionamento do sistema nervoso:
Pelo fato de serem alimentos ricos em vitaminas B6, auxiliam na transmissão e condução de sinais nervosos. Também, propiciam o aumento da produção de serotonina, que desempenha importante papel no sono e concentração.

A ameixa pode ser uma aliada no emagrecimento?

Apesar de o alimento ser conhecido por alto teor calórico e grande concentrações de açúcar, ele pode sim ser aliado durante regimes.

Isso ocorre pois se trata de um alimento rico em fibras: elas exercem uma importante função no trânsito intestinal, e também provocam um aumento na saciedade.

Esta saciedade está relacionada com uma diminuição da fome e do apetite.

Soma-se a isso, o fato de as ameixas terem também uma ação sobre a ansiedade: a partir do momento que os sintomas de estresse e ansiedade diminuem, observa-se uma redução na compulsão alimentar, que pode também ajudar no processo.

Ainda assim, é ideal que pessoas obesas evitem o consumo de ameixas, devido seu alto teor calórico.

Como consumir a ameixa?

Na América do Sul, os maiores produtores são Brasil, Argentina e Chile. Esta facilidade de adquirir o produto permite que o fruto seja consumido em sua forma fresca e pura.

Porém, existem outras variáveis também para o consumo:

  • Geleias;
  • Licores;
  • Bebidas;
  • Forma desidratada;
  • Ameixa seca.

Existem receitas que ensinam e dão dicas de como preparar o fruto em todas as suas formas.

A forma pura pode ser utilizada por você mesmo para preparo de salada de frutas, sobremesas especiais, molhos, e outras alternativas aos produtos industrializados (que geralmente, são ricos em conservantes).

Quem não pode consumir ameixa?

O alimento possui poucas restrições e contraindicações. Porém, seu consumo não é recomendado a pessoas que possuem elevada acidez estomacal, visto que o quadro pode piorar após o consumo de ameixa.

Também, em mulheres que estão amamentando, é ideal que seja evitada, para eliminar possibilidades de distúrbios intestinais e estomacais no bebê.

Visto que possuem um alto valor energético e de carboidratos, é melhor que sejam evitadas ou consumidas em baixa quantidade por diabéticos e obesos.

Recomenda-se ainda, que sempre sejam preferidas as formas naturais às industrializadas, visto que as últimas possuem altas concentrações de corantes e conservantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Curta-nos no Facebook!