Página Inicial » Dietas e Nutrição » Agrião – Seus principais benefícios, tipos, propriedades e como preparar

Agrião – Seus principais benefícios, tipos, propriedades e como preparar

Por ser rico em vitamina A e C, o agrião é um excelente antioxidante. Conheça agora todos os seus benefícios, se ele ajuda emagrecer e melhores formas de preparar.

Agrião

O agrião é um alimento utilizado há milhares de anos, de diversas formas. É característico pelo seu sabor levemente picante e forte. Tem origem na Europa e Ásia, e atualmente é cultivado com facilidade também nas Américas.

São conhecidos diversos benefícios do agrião, visto que é uma folha rica em vitaminas, sais mineiras e outros nutrientes necessários para o pleno funcionamento do organismo. Sendo assim, além de controlar as funções vitais básicas, ele pode ajudar também na prevenção e combate de determinadas doenças (como câncer e anemias).

Quais são os tipos de agrião?

Existem diversos tipos e espécies de agrião, que podem variar com a forma de plantio e lugar de cultivo. Abaixo, mencionaremos alguns deles.

1. Agrião-da-terra: é uma planta extremamente resiste, e por isso levou este nome. Possui folhas pequenas, e com um sabor muito marcante devido a sua picância.

2. Agrião-de-horta: tem folhas crespas e verde-escuras. Pode ser plantado em qualquer solo, pois se trata de um organismo de fácil adaptação e de muita resistência. Também, tem um sabor forte e picante.

3. Agrião-do-México: não chega a ser um agrião propriamente dito, mas recebe a nomenclatura pelo sabor semelhante.

Você pode conhecer também outras espécies, originárias de outros países.

Como utilizar o agrião nas receitas?

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Existem diversas formas e benefícios destas utilizações do agrião. Conheça algumas delas a seguir:

Compressas: podem ser usadas em manchas, acnes, ou apenas para descongestionar a pele.

In natura: a forma de folha do agrião é muito consumida durante as refeições, na forma de salada.

Cremes de agrião: podem auxiliar na melhora de feridas e abcessos.

Infusões: visto que o agrião tem diversas propriedades medicinais, é interessante realizar a infusão e tomar desta água rica em vitaminas e nutrientes.

Mastigação das folhas: esta forma pode ser benéfica no sentido de ativar a salivação e reforçar as gengivas.

Sopa: pode ser feito um caldo verde com o agrião, ou aproveitá-lo como vegetal adicional em outro tipo de sopa.

Sucos: pode ser utilizado através do esmagamento. Em alguns casos, ajuda a reduzir febre persistente, escorbuto e ictérica (“amarelão”).

Estas são apenas algumas das formas de consumir o agrião. Você pode também, utilizar da imaginação para criar receitas e pratos que utilizem a folha, de modo a trazer benefícios para a sua saúde e de sua família.

Leia também => Todos os benefícios da rúcula para saúde

Quais são os benefícios do agrião?

1. Ação antioxidante:
O agrião é rico em vitaminas A e C, e clorofila. Todos estes compostos são poderosos antioxidantes, que evitam o envelhecimento precoce, e até mesmo algumas doenças, como o câncer.

2. Pode auxiliar a sistema imune:
A presença das vitaminas mencionadas anteriormente é essencial para fortalecer a defesa do organismo. Isso facilitará o combate de infecções virais, fúngicas e bacterianas.

3. Auxílio na digestão:
Como já foi dito, o agrião possui alta quantidade de clorofila. Esta, é rica em enzimas digestivas que facilitam o processo de digestão e absorção de nutrientes, permitindo um maior aproveitamento de nutrientes.

4. Prevenção da osteoporose:
O agrião é rico em cálcio. Este mineral é responsável por fortalecer os ossos e dentes, e sendo assim, evita doenças como osteoporose (muito comum em mulheres no pós menopausa).

5. Melhora o aspecto da pele:
Devido a alta quantidade de vitamina A presente nas folhas, garante-se uma renovação e proteção (pela atividade antioxidante) da pele. O ácido retinoico é responsável por renovar as células da epiderme, remover manchas do sol, e muito mais.

6. Melhora e prevenção de anemias:
Se trata de um alimento rico em ferro e ácido fólico. Seu uso pode ajudar a normalizar os níveis de hemoglobina no sangue, e consequentemente, reduzir ou ajudar no tratamento de anemias.

7. Combate de doenças respiratórias:
O agrião pode ser útil em gripes e alergias, visto que possui uma ação expectorante e descongestionante, semelhante à de alguns medicamentos utilizados em gripes e resfriados.

8. Redução da pressão arterial:
Um estudo publicado no British Journal of Clinica Pharmacology demonstrou diversos benefícios do agrião sobre a pressão arterial. Provou-se que o agrião pode melhorar a pressão arterial, mantendo seus níveis normais, e também melhorar o sistema vascular.

9. Pode reduzir ou evitar a diabetes:
O agrião possui um composto chamado de ácido lipóico, responsável por reduzir os índices corporais de glicose, e concomitantemente, elevar os de insulina e aumentar a sensibilidade da mesma.

Existe uma relação entre consumo de agrião e emagrecimento?

Acredita-se que o alto teor de potássio presente no agrião esteja relacionado com a facilidade de emagrecer após o consumo do alimento.

Também, ele pode ser amplamente consumido durante a dieta, pois possui baixíssimo valor calórico (apenas 18 kcal), se comparado à outros legumes e verduras.

Torna-se importante durante alimentações com restrição, pois como é rico em nutrientes e sais minerais, pode servir para repor compostos deficientes com a dieta.

Leia também => Espinafre – Guia completo com todos os seus benefícios mais receitas

Contraindicações

O agrião possui algumas propriedades que se tornam alertas para alguns públicos. Não se recomenda o uso de agrião para:

  • Pacientes com gastrite e úlceras estomacais: pode provocar irritações no estômago.
  • Gestantes: não se sabe ao certo, mas existe a possibilidade de haver propriedades abortivas na folha.
  • Pacientes com problemas renais e urinários.

Além de não se recomendar o uso nestes grupos, deve-se estar atento a qualquer sintoma e suspeita de reação alérgica ou sintoma ocasionado pelo consumo de agrião. Um médico, nutrólogo ou nutricionista deverão ser consultados.

Um comentário

  1. Posso consumir com azeite também ??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *